Índice de Atividade da Construção Imobiliária registrou queda em abril. Retomada só ocorrerá no ano que vem.

O Índice de Atividade da Construção Imobiliária recuou de 0,6% entre março e abril, excetuados os efeitos sazonais, conforme divulgado ontem no Monitor da Construção Civil (MCC), elaborado pela consultoria Tendências em parceria com a Criactive. Na comparação interanual, o recuo foi de 7,2%. Quanto ao Índice de Lançamentos, que traz leitura defasada de dois meses em relação ao IACI, houve retração de 32,3% na margem em fevereiro. A queda dos lançamentos reflete a necessidade de redução dos estoques de imóveis residenciais e da absorção de empreendimentos comerciais e shoppings center. 

Esse cenário de recuo deve perdurar ao longo deste ano, de forma que a retomada da atividade imobiliária aconteça somente em 2017.

- Em São Paulo, hoje, o Secovi informou que em abril caíram 16% as vendas de imóveis novos na cidade.

Um comentário:

Anônimo disse...

De tempos em tempos surgem atividades da moda com seus cursinhos, já teve a onda da enfermagem, da radiologia, curso para vigilante. Durante a farra do crédito lulopetista e especulação imobiliária surgiram cursinhos para os corretores de imóveis, tem cidade na região metropolitana com mais imobiliárias do que farmácias.