Greve dos professores entra no quinto dia. Governo e Cpers só negociarão de novo quando o secretário da Educação voltar do seu tour turístico pela Europa.

O governo Ivo Sartori continua sem secretário da Educação para mediar a greve de professores estaduais, que hoje entrou no quinto dia, agora com o apoio dos alunos, que ocupam pelo menos 100 escolas.

O secretário continua seu tour turístico pela Europa.

Sabendo disto, os professores avisaram que vão esperar pelo fim do tour de Vieira da Cunha para sentar na mesa e negociar de verdade.

O que é possível que não ocorra, porque o secretário está demissionário e é provável que nem reassuma.

Sartori não tem plano B.

O governo não tem pressa.

CLIQUE AQUI para ler artigo de Percival Puggina, "A ocupação fascista das escolas".

8 comentários:

Anônimo disse...

Se fosse uma empresa privada já estaria demitido mas como a "coisa" é publica é uma farra.

Anônimo disse...

No retorno dos insensatos incensados, os Professores deveriam "tomar a tabuada" dos trabalhadores em educação do cpers. Talvez tenham estudado um pouco.

Anônimo disse...

Editor

A vagabundagem e os lixos de esquerda nunca estiveram tão a vontade. Protestar contra o péssimo currículo de vários professores, ninguém? Os cortes da Dilma, nem um pio? Hipocrisia no seu estado de arte, duvido se haveria um movimento desses com o atraso genro no Piratini.

Anônimo disse...

Enquanto isso na FDRH,TVE,EGR e na CEEE, todos com salários em dia e polpudos salários.

Alberto disse...

Vergonha de ambos os lados!

Anônimo disse...

O CPERS NÃO ESTÁ PREOCUPADO COM OS ALUNOS E SEU APRENDIZADO. O CPERS É UMA ORGANIZAÇÃO CONTRÁRIA AO PROGRESSO E O DESENVOLVIMENTO.
SOU PROFESSOR E VOU PROCURAR OUTRA COLOCAÇÃO JÁ QUE O MEU SALÁRIO DE PROFESSOR NÃO É SUFICIENTE. PORQUE OS DESCONTENTES NÃO FAZEM O MESMO??

Anônimo disse...

Pressa por quê? Quanto mais destroçada a Educação, mais ganha e engana quem está no poder! Só os professores, os idiotas úteis mais numerosos do Brasil, não sabem disso! Acham que estão "lutando contra o sistema". Dá vontade de chorar!!!!

Anônimo disse...

E tu, professor anônimo das 11:48, tá preocupado com os alunos e seu aprendizado? Parece que não, já que os abandonou por o seu salário não ser suficiente, né? Aliás se o salário não é suficiente pra ti então por que os demais professores tem que se contentar com ele? Já pensou se todos tomassem a mesma decisão que tu tomou ao invés de lutar por melhores condições? E ainda quer inocentar os governos criminosos e culpar o CPERGS!