Repórteres sem Fronteira critica lista negra de jornalistas apresentada pelo PT

“Repórteres sem Fronteiras”, a mais importante entidade internacional de proteção ao trabalho de jornalistas, critica “a lista do PT” de “inimigos da pátria”. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Acredito que seja uma honra para estes profissionais fazerem parte desta listinha petralha, porque isto mostra que preferem divulgar a verdade e são pessoas éticas, incorruptas, íntegras de caráter, honestas e justas com a sociedade, e que não se vendem e não se intimidam, como a maioria dos colegas, à esses canalhas fascistas da esquerda que querem o controle total da mídia!

Anônimo disse...

a lista não é do PT, e sim de 1 partidário.
embora seja absolutamente procedente.

Anônimo disse...

é... o william bonner é ético, incorrupto, íntegro de caráter, honesto e justo com a sociedade VAI VER.

Anônimo disse...

Eles detestam gente inteligente e crítica. Marcelo Madureira, por exemplo, além de um sujeito inteligente ele comete sempre um pecado imperdoável para as hostes petistas: é bem-humorado e de bem com a vida, sempre tirando um sarro com a cara feia dos petistas que parecem comer limão azedo o tempo todo..!

Anônimo disse...

Na ditadura militar, censuravam os jornais por apresentarem textos contra o regime, nunca por serem contra a pátria. Só os fascistas acreditam que eles têm a única verdade, não aceitando oposição, num maniqueísmo, similar ao dos torcedores fanáticos. Enquanto houver imprensa livre e crítica, um país tem esperança de democracia e liberdade. Porquê esses jornalistas e homens de comunicação não podem falar o que pensam? É pecado pensar diferente?