Hospital Conceição atende número igual ao da Santa Casa e custa cinco vezes mais aos cofres públicos

Sobre o Grupo Hospitalar Conceição, mamute operado pelo governo federal em Porto Alegre, cujos servidores estão hoje em greve, vale a pena registrar o que disse para a revista Veja o industrial Jorge Gerdau (PGQP e Movimento Brasil Competitivo), 27 de abril 2005, páginas amarelas:

- A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, adepta da qualidade total, atende 4.000 pessoas por dia e tem um custo para o estado de 95 milhões de reais. Outro hospital público em Porto Alegre que oferece um atendimento de pior qualidade, que pertence ao governo federal e atende 4.400 pessoas por dia, custa 495 milhões de reais aos cofres públicos.

3 comentários:

Aquiles disse...

GRANDE NOVIDADE...

QUEM NÃO SABE QUE ONDE A ESQUERDALHA PETISTA E COMUNISTA PISA NÃO NASCE NEM GRAMA MAIS?

SÓ FAZEM MERDA, NADA SE SALVA NEM PRESTA.

Anônimo disse...

Acho que estão utilizando gazes e mercúrio cromo demais.

Anônimo disse...

E sobre a refinaria de Pasadena o que sr. Gerdau tem a dizer...