Tuminha afronta Lula diante do leito de morte de Tumão: "Você não merece ver meu pai !"

Foto do velório de Tumão na Assembléia de SP. Afrontado pelo filho, Tuma Júnior, o agente Barba, alcaguete do Dops na ditadura, o presidente Lula não teve coragem de comparecer.



Ao visitar no leito de morte o senador Romeu Tuma no dia 25 de setembro de 2010, o então presidente Lula da Silva deu de cara com Tuma Júnior, o ex-secretário nacional de Justiça do seu governo, a quem pouco antes ajudou a derrubar, fazendo vazar pela Polícia Federal uma série de grampos selecionados.

. Tuma Júnior, que antes de ser nomeado secretário nacional da Justiça, já tinha sido deputado estadual e deputado federal, conta no seu livro Assassinato de Reputações, que some das livrarias na mesma hora em que desembarca nelas, o tipo de conversa que teve com o presidente na porta da UTI do Hospital Sírio-Libanês, no 2o andar do bloco C, ala 1:

- Oi, Tuminha, tudo bem
- O senhor sabe que ele está aqui porque o senhor não teve na democracia a coragem que ele teve na ditadura
- O que é isso, Tuma
- É isso, presidente. A sua covardia fez com meu pai exatamente o contrário do que a coragem dele fez com sua mãe há 30 anos. Ele se preocupou em preservar a saúde dela, enquanto senhor ajudou a acabar com a dele (...) Espero que ele fique bom para o que o senhor possa olhar nos olhos dele em pé, porque deitado não vai olhar não.

. Lula não respondeu. Virou as costas e foi embora. "Lula saiu no sapatinho, como se estivesse vazando dali da mesma forma que uma prova vaza sob o Enem do seu governo", escreve Tuma Júnior no seu livro, para completar:

- Ele veio ter comigo da forma petista: a facada ardida pelas costas, vazada como a conta-gotas pelass mãos de lugares-tenentges e demais teleguiados aparatados de dossiês.

. Em outro trecho, o livro registra, na página 37:

- A íntima covardia do boquirroto, que já identificara, se confirmava.

. O velho Romeu Tuma, senador por São Paulo, viveu ainda alguns dias, pelo menos o tempo suficiente para receber a notícia de que as acusações vazadas por Lula contra seu filho tinham sido arquivadas na Comissão de Ética do governo. Nada foi adiante contra Tuma Júnior. Tumão morreu no dia 26 de outubro de 2010, as 12h45min. Lula não foi ao enterro.  

. Tuma Júnior não estava magoado apenas porque foi defenestrado pelo governo em meio a vazamentos seletivos feitos pela Polícia Federal a mando de Lula e do PT, mas porque o presidente desrespeitou a figura do seu pai, Tumão, que o recrutou na década de 70 para ser alcagüete e aprendiz do Dops, um dos gansos do então delegado do Dops em São Paulo, para quem informava tudo sobre o que acontecia no movimento sindical e no seu projeto de criação do PT, sempre com a cobertura dos seus beneficiados, os dirigentes do Dops e os militares ligados ao general Gobery do Couto e Silva.


CLIQUE AQUI para saber como é que Lula transformou-se no dedo duro dos seus companheiros de CUT e do PT, como também para conhecer seu treinamento pela AFL-CIO e Universidade John Hopkins.

14 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Várias gerações de brasileiros foram iludidos e enganados pelo PT+Lulla.

Tenho amigos e conhecidos, notórios defensores do PT em outras épocas, que não falam mais em política!!

O PT morreu no coração desta gente!!

JulioK

Anônimo disse...

...e o cara ainda é visto como líder por alguns aloprados.

Anônimo disse...

SE ENGANAR É HUMANO

PERMANECER NO ENGANO É DE NESCIO E BEÓCIO

Carlos Poa disse...

Políbio, apenas uma correção quanto ao nome do livro do Tuma Júnior:O nome correto é ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES UM CRIME DE ESTADO; O mencionado livro Cabo de Guerra, é de tua autoria. É compreensível esse ato reflexo, na troca dos nomes dos livros, uma vez que os temas tratados têm as mesmas origens.

Anônimo disse...

Sr Polibio Braga

O vendedor de linhas vai aparecer?
Tadinho,está cuidando da horta de leguminosas,mais conhecidas como abobrinhas.
O barba ou boi não vale o ar que respira
Saudações


Anônimo disse...

O problema não é apenas o PT...

O problema é o marxismo cultural e a mentalidade esquerdalha.

Anônimo disse...

Que coisa , hein ?
Que tipinho sem caráter governa esse país há 13 anos !

Anônimo disse...

O Brasil está pagando caro por ter eleito um bêbado, analfabeto fanfarrão, como o Lula, para presidente.

Anônimo disse...

Romeu Tuma morreu aos 79 anos, em 2010, por falencia múltipla de orgãos, no Hospital Libanez, portanto teve o melhor hospital e melhores médicos. Ganho um pirulito o elemento que achar um recorte de Jornal ou noticiário relacionando a morte de Tuma Jr com a demissão do filho Tuminha Jr, este último, que se aposentou como Delegado de Policia Civil (estadual) com um MS para não ser demitido por Justa Causa no Governo do PSDB, procurem na internet que os motivos.

Anônimo disse...

Não sai da minha cabeça um samba do Moreira da Silva que tinha o refrão "era alcagüete,sim, era alcagüete,sim...
Lula, o X9 da crasse operária.

Anônimo disse...

E AI SEUS SGARBIS, MARIANOS, ETC, NADA A COMENTAR? QUE DECEPÇÃO O CHEFÃO DEDURANDO TODO MUNDO, AGORA ENTENDO PORQUE NINGUÉM TOMOU PROVIDENCIAS QUANTO AO GENUINO, ESTE PARTIDO É COMPOSTO POR LADRÕES, CORRUPTOS, ALCAGUETES E RUMINANTES QUE SAEM EM SUAS DEFESAS E VOTAM NELES.




EDUARDO MENEZES

Anônimo disse...

Então nos diga, anonimo das 16:37, porque GOLBERY protegeu esta desgraça?

eunice oliveira disse...

MEU DEUS!!!!! PROTEJA O POVO BRASILEIRO DESSES JUDAS SENHOR... AMEM!!!!!!

Anônimo disse...

Acho bom nós maneirarmos nos comentários. Essa gente é bandida. O caso Celso Daniel e Toninho do PT é característico de regimes ditatoriais(nazismo, fascismo, comunismo, tudo igual, são regimes genocidas.)