Estes bancos abrirão amanhã para renegociar dívidas com descontos que podem chegar a 90%

O governo Bolsonaro conseguiu convencer alguns dos maiores bancos do país a fazer um mutirão a partir de segunda-feira para renegociar dívidas de clientes em atraso. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os débitos serão negociados em condições especiais, com descontos que podem chegar a 90%.

O Banrisul é um dos bancos.

O mutirão faz parte de um acordo de cooperação com o Banco Central, e vão participar Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú e Santander. De 2 a 6 de dezembro, mais de 200 agências bancárias dessas instituições em todo o país vão ficar abertas até as 20h (veja a lista de agências ao final desta reportagem). Além de renegociação de dívidas, será possível obter orientação financeira.

A entidade afirmou que o percentual de desconto será decidido por cada instituição. Os bancos poderão negociar, ainda, parcelamento, extensão do parcelamento e nova linha de crédito com juros menores, entre outros.

2 comentários:

Anônimo disse...

.



UÉ, PENSEI QUE ERA O CORONEL SARDINHA QUE QUERIA TIRAR TODO MUNDO DO SPC!
KKKKKKKKKKKKKKKKK


.

Anônimo disse...

que bom...

quem paga suas contas em dia sai mais uma vez como OTARIO...

ja nao bastavam as CDLs, agora os bancos resolveram fazer os bons pagadores de manés...