Saiba como o Congresso examinará, hoje, em comissão mista, o parecer sobre o remanejo de ministérios

O relator da MP que trata da organização administrativa do governo Bolsonaro, senador Fernando Bezerra Coelho, pretende manter em seu parecer o Coaf sob o comando do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

O Centrão quer o Coaf fora das mãos de Moro porque teme pelo pior para seus integrantes.

Apesar da indicação política de que o governo defenderá o seu desenho administrativo no relatório que será apresentado à comissão mista hoje, não há garantias de que no plenário da Câmara ele será mantido.

É provável que pelo menos três mudanças sejam feitas pelos deputados:
1) remanejar o Coaf para o Ministério da Economia,
2) revolver a Funai para o comando do Ministério da Justiça,
3) e transferir da Justiça para a Economia os processos de pedidos de registros de sindicatos.

Nenhum comentário: