Eduardo diz que alta segurança na posse é resultado do atentado do psolista Bispo de Oliveira

Eduardo usou as redes sociais para falar sobre a segurança na posse do pai.

O deputado eleito Eduardo Bolsonaro chamou Adélio Bispo de Oliveira, o autor da facada em Jair Bolsonaro, o que aconteceu no dia 6 de setembro, de "psolista".

Eduardo fez a referência ao analisar as condições de segurança armadas para a posse do pai: 

- A segurança para a posse de @jairbolsonaro é inédita, pois certamente a sua avaliação de risco é a maior da história. Isso se deve ao fato de um antigo PSOLista ter esfaqueado o Presidente durante a campanha eleitoral.

5 comentários:

Anônimo disse...

Feliz Natal, Polibio!

Anônimo disse...

Guerra de gangues : esquerda X direita.

Anônimo disse...

FALOU A VERDADE, TODO MUNDO SABE.

Anônimo disse...

NAAAO !!! Na posse com o tal desfile no Rolls Royce aberto, está MUUUUITO MAIS PERIGOSO.... a facadinha foi brincadeira.... notem as presenças convidadas (haverá infiltraçōes de todas as cores e credos).... eu, particularmente, não gostei do tal desfile (não é desfile de carnaval).

Anônimo disse...

Queremos os nomes dos mandantes!!!

Se conversar direitinho, eles falam!!

Há, se tivéssemos em 1964, os nomes já tinham sido dados.