PT, seus aparelhos e aliados, começam a mandar ativistas para Brasília

O MST, aparelho ongueiro do PT para a área rural, começou a enfiar nos ônibus seus ativistas mais experientes para Brasília.

Junto com o PT, aparelhos como MST e CUT, mais aliados, os ativistas querem acompanhar o pedido de registro da chapa Lula- Haddad no TSE, dia 15.

É tudo factóide e manobra esperta para garantir transferência de votos do preso por corrupção Lula da Silva.

7 comentários:

Anônimo disse...

A PF, quem de direito e qualquer do povo deve gravar a "curriola". Celulares a postos, minha gente. Todos esses serão monitorados e, depois, processados devidamente. Motivos não faltarão.

Anônimo disse...

Afinal essa gente é vagabundo mesmo, que nem o chefe deles de 9dedos...trabalhar não mesmo. Bolsonaro neles...!!!

Anônimo disse...

Seria aquilo que nos falta,se as autoridades se rendessem às vontades dessa massa de ignorantes e satélites teleguiados por Stédile et caterva ,massa de manobra permanentemente na reserva para movimentos ditos "sociais"que de sociais não têm nada;são uns infelizes,manobrados por meia dúzia de espertalhões.Se vendem por um pão com mortadela.Sustentados com dinheiro público nas ditas reformas agrárias que não produzem nada.Produzem bêbados,vagabundos,bandidos,(assassinos do cabo Valdeci)prostituição,etc.etc.
São tão bandidos,que aqui em Bagé,numa invasão no tempo do Truta,queimaram até o cachorro do invadido.
Carnearam 15 vacas.
Cabanha Ana Paula foi embora porque não aguentou ver vacas puras sendo carneadas para vender.

Anônimo disse...

Meu Deus! Quando alguém vai dar um basta nisso. Chega! Ninguém aguenta mais. Lula pelas Leis brasileiras deve cumprir no mínimo 1/6 da pena para ir para o semi-aberto.

Anônimo disse...

Vamos acompanhar. Eles prometeram mobilizar 80.000 pessoas. Vamos ver o poder deles hoje.

Justiniano disse...


Joguem carteiras de trabalho, que eles fogem na hora!!!

Anônimo disse...

Ativistas ,leia-se bandidos em potencial, estilo Sininho, dispostos a fazer o diabo em prol do chefe bandido.