Melhora ainda mais a confiança de serviços e da indústria da construção

O indicador de confiança de serviços da FGV apresentou ligeira queda de 0,1 ponto entre outubro e novembro, atingindo 87,7 pontos na série com ajuste sazonal. Esse resultado se deveu à retração do componente de situação atual, que passou de 83,8 pontos para 83,0 pontos, enquanto o índice de expectativas avançou de 92,0 pontos para 92,7 pontos. Est e movimento simboliza ligeira estabilização após quatro meses de alta, e vai em linha com o movimento apresentado pelo indicador de confiança do comércio, mas não altera nossa perspectiva de recuperação do setor nos próximos meses. Já o indicador de nível de atividade da indústria da construção avançou 0,5 ponto na passagem de setembro para outubro, atingindo 46,9 pontos, enquanto o indicador de número de empregados recuou 2,1 ponto, chegando a 43,1 pontos, de acordo com os dados divulgados ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). 

Para os próximos meses, os empresários estão mais confiantes e estimam melhora do nível de atividade, em linha com a expectativa de recuperação da atividade econômica nos próximos trimestres.

Um comentário:

Anônimo disse...

Graças ao bom desempenho da equipe econômica do governo Temer.