FipeZap diz que preços de imóveis residenciais continuaram apresentando queda em agosto.

Os preços nominais de venda de imóveis residenciais recuaram 0,12% entre julho e agosto, considerando 20 municípios brasileiros, conforme pesquisa divulgada ontem pela Fipe em parceria com a empresa de busca de imóveis Zap. 

A retração observada no mês passado ocorreu em 14 municípios, especialmente no Distrito Federal, Rio de Janeiro e Goiânia. Por outro lado, houve elevação dos preços em Florianópolis, Recife e São Paulo. 

O resultado negativo se repetiu pelo sexto mês consecutivo, acumulando queda de 0,5% nos primeiros oito meses deste ano e de 0,07% em 12 meses. 

Nos meses à frente, deve-se observar preços praticamente estáveis em termos nominais, ainda refletindo o elevado nível de estoques em algumas cidades brasileiras. Entretanto, o mercado espera alguma recuperação dos preços em 2018, diante da reversão gradual do mercado de trabalho, redução das taxas de juros e redução dos estoques de imóveis novos pelas incorporadoras.

Nenhum comentário: