Veja pega pesado com Marcelo Odebrecht

A revista Veja resolveu pegar pesado com o empreiteiro Marcelo Odebrecht. Nem é preciso ler a reportagem a seguir, porque basta examinar as fotos ao lado. Elas costumam emoldurar fichas policiais e quase sempre são obtidas em cima de criminosos. 

O Odebrecht que aparece nas fotos nem de longe lembra o homem que depôs ontem perante o juiz Sérgio Moro, arrogante e senhor de si como sempre foi pintado.

Ele não baixa a guarda.

É da mesma estirpe de gente como Lula e seus companheiros de organização criminosa.

Leia tudo:

No domingo do dia 18 de outubro, o empresário Marcelo Odebrecht passou o aniversário de 47 anos no pavilhão superior do Complexo Médico Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde está preso há quatro meses. No dia seguinte, o juiz Sérgio Moro decretou pela terceira vez a sua prisão preventiva, em uma nova ação penal. Agora, sua defesa, que já havia desistido de conseguir a soltura na primeira instância, aposta todas as fichas nos tribunais superiores. O principal indicativo se essa tática poderá ter resultado virá em breve.
A defesa de Odebrecht avalia que o julgamento do habeas corpus de dois executivos da Andrade Gutierrez no Superior Tribunal de Justiça, previsto para as próximas semanas, será a senha para avaliarem se a mudança na composição do tribunal no início de outubro significará também uma mudança no destino de seu cliente. Se o resultado for favorável aos executivos da Andrade, apostam os advogados, Marcelo Odebrecht será o próximo beneficiado.

Nos dias 1º e 2 de outubro, deixaram a quinta turma do STJ Newton Trisotto e Leopoldo Raposo, dois desembargadores que até então vinham votando contra os réus da Lava-Jato.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

12 comentários:

Anônimo disse...

Certamenta e revista, prestes a quebrar de tanto processo que leva na cola tá brabinha por achar que o Marcelo ia dedurar até a mae do badanho depois de estar preso 130 dias PROVISÓRIAMENTE na Prisão de Quantanamo do Paraná.
Porem Marcelo, ao contrário dos outros delatores que disseraram "o que o juiz moro queria para serem soltos - ou seja, delatar alguém do PT mesmo que sem provas para ser solto", entregou um memorial com todas as respostas e questionamentos do MPF na denuncia e não respondeu as perguntas do Juiz Moro, sob argumento que todas as respostas estavam no memorando. Ou seja, se o MPF e a PF querem condenação façam como a ex-governadora Yeda, do PSDB respondeu aos detratores, apresentem as provas.

Anônimo disse...

Que pegue pelo menos 20 anos de cadeia .

Anônimo disse...

esta sorrindo levemente na foto da direita?

Justiniano disse...

Se ele é inocente como alega, porque que teme tanto as contas bancárias da Suiça sejam enviadas para o MPF???

Porque no e-mail encontrado esta "cuidado cta Suiça", que abasteceu e irrigou a campanha de Lula em 2006.

Esse Marcelo é tão criminoso quanto Lula, porque ambos sabiam que estavam fazendo falcatruas visando perpetuar o esquema do Petrolão.

Anônimo disse...

É só tirar o terno a gravata e a arrogância costumeira que e esses vigaristas ficam parecendo ladrões comuns. O marcelo na foto tá parecendo um ladrão de galinha e tomara que fique preso por muitos anos!

Anônimo disse...

Marcelo está furioso com esta exposição exagerada na mídia.
Mas é assim mesmo que funciona.
Quanto mais importante e influente for a figura maior é o escândalo quando ela é pega em algum ilícito.

Anônimo disse...

O sorrisinho amarelo da foto da direita denuncia a falta de caráter desse meliante. Cadeia por muito tempo é o tu mereces, safado. Mataste muitos brasileiros com tuas roubalheiras com o dinheiro público (BNDES+PETROBRÁS+...)

Anônimo disse...

O petralha das 16:15, confirmando mais uma vez que eles não pensam, apenas repetem a cartilha da organização criminosa, como fazem os Mavs mortadelas, os militantes CCs e apaniguados, os pixulequeiros e os estafetas travestidos de jornalistas ou auto intitulados de intelectuais(da sem-vergonhice). Um dos mantras da Orcrim é esta agora, que para serem soltos pelo Juiz Sérgio Moro os delatores entregam a própria mãe, argumento este usado pelo ídolo milionário da esquerdalha, ex-operário, ex-retirante, ex-metalúrgico,ex-sindicalista, atual lobista nacional e internacional, o camelô das empreiteiras. Pois eles esquecem, pois tem a memória seletiva que é tipica dos canalhas, de que para a delação ser aceita tem de haver PROVAS do que é delatado, e ainda assim a delação quando envolve nome de políticos tem de ser homologado pelo STF, que não se pode dizer de maneira nenhuma que seja rigoroso somente com os petistas, sendo que dos 11 membros somente 3 não foram indicados pela dupla dinâmica lula-dilma. Eu ainda ainda não consegui identificar o que é maior na corja petista, o cinismo, a hipocrisia, a corrupção, a calhordice, a safadeza,a desonestidade intelectual ou o talento para manipular os fatos e tornar a verdade em uma mentira, ou como na lição de Goebbels, pela repetição transformar a mentira em verdade.
Pedro Z

Anônimo disse...

Se 100 mil salvam uma pessoa, 10 bi de roubo mataram 100 mil pessoas !
O PT causou um genocídio no Brasil !

Anônimo disse...

As 16:15 bateram minha carteira. Olhei para trás e vi um cara deitando o cabelo, de camiseta vermelha e uma cachorrada atrás.

Anônimo disse...

Alguém avisa o anônimo das 22:37 que ninguém é culpado até a condenação transitada em julgado? O Collor foi cassado pelo Congresso mas foi absolvido pelo STF. O Dep Ibsen Pinheiro foi cassado e absolvido pelo STF. A Ex-Governadora Yeda Cruzius de indiciada virou vitima em um processo. Ou eu to mentindo?

Anônimo disse...

A qualidade da mortadela distribuída pelo pt deve ter caído muito, e com isto acabou tendo reflexos na já diminuta capacidade intelectual dos Mavs, que conseqüentemente foi rebaixada mais ainda. O novato petralinha, recém amestrado, pode se constatar isto facilmente ao se passar os olhos na forma que reproduziu algumas lições da cartilha da Orcrim, primeiramente ás 16:15 do dia 31/10, e após eu tê-lo identificado, resolveu replicar ás 22:56 do dia 01° de novembro, véspera do dia dos finados, mas contrariando o adágio popular, que só o peru morre de véspera, ele, o petralinha mortadela, assim como o peixe, morreu pelo boca. Primeiramente em sua réplica adotou mais uma velha tática da petezada, só que de uma maneira bem primitiva, confirmando a sua recente diplomação, apelou para o juridiquês, exibindo seu vasto conhecimento jurídico e dos preceitos legais, com aquele verniz característico dos malandros, do formalismo vazio, para enganar os incautos. Iria destrincha-ló com seus argumentos de rábula de balcão de buteco de beira da estrada e desmascará-lo, mas o nível dele é tão rasteiro que não vou perder o meu tempo, apenas respondi para que outros leitores não ficassem com a desconfiança de que me impressionei com a sua formação jurídica-política-sociológica. Mas é impossível não chamar a atenção dos leitores de que o noviço rebelde petralha, mistura alhos com bugalhos, primeiro ataca a delação premiada e o Juiz Sérgio Moro, depois vem com a lorota juridiquês do trânsito em julgado da sentença( terminologia correta e não condenação, viu petralinha!), e por fim o pobre infeliz beneficiário do bolsa mortadela, assassina não só a gramática, mas faz uma salada com a cassação de mandato pelo legislativo, com o julgamento criminal no STF. É deeemaaais!
Pedro Z.