Agência de Desenvolvimento apóia e empresário Seligman critica Lista Burmann-Schlosser

O presidente da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (Adesm), Vilson Serro, defendeu neste sábado a posição da Reitoria da UFSM e defendeu a Lista Burmann-Schlosser que identifica alunos e professores israelenses, atendendo pedido de entidades ligadas à Palestina, portanto ao grupo terrorista Hamas:

- Tem gente de longe querendo se meter numa guerra que existe há mais de dois mil anos para tomar partido. A UFSM tem que ter liberdade de pensamento.

A posição da Agência não tem nada a ver com nenhum dos 11 objetivos disponibilizados em seu site. Ela é mantida com recursos públicos da prefeitura, cujo titular é o ex-deputado Cesar Schirmer, PMDB, mas sobretudo por contribuições de empresas privadas. O reitor da UFSM é membro nato da Agência. Trata-se de uma entidade privada. 

Na ocasião do acordo com a empresa israelense Elbit e a UFSM, agora questionado, e que deu ensejo ao pedido da Lista Burmann-Schlosser, visando torpedear o convênio, a Agência apoiou vivamente o negócio. 

O contraponto à posição ridícula e inaceitável de Vilson Serro, que parece nem ter lido a nota oficial do MEC de crítica à Reitoria, foi feito pelo  empresário santa-mariense Milton Seligman, que  também se manifestou sobre o episódio pelas redes sociais:


- Família de judeus, é bom que se diga. Nunca fomos discriminados, mas agora estamos sendo. O próprio reitor sustenta que identificar pessoas de origem israelense ou outra, faz parte da lei brasileira. Erra o reitor, há crime sim. Imagine que o pedido fosse para identificar pessoas de origem africana? Como o Professor Schlosser e o professor Burmann reagiriam? Acredito que o caso irá para justiça onde se deve dirimir essa dúvida. Está havendo ou não judeofobia na “nossa” Universidade?.

12 comentários:

Anônimo disse...

Eu imaginei que o vice-reitor fez uma "cagada" inadvertida. O reitor, de maneira, corporativa, deu força para o seu subordinado. Hoje, eu já acho, que nada foi por leviandade. Foi bem orquestrado para mostrar serviço ao radicalismo palestino. O Dep. Federal Paulo Pimenta que criou a Associação Pró-Palestina em Santa Maria sabia disto tudo? Até agora ele não se manifestou.

Anônimo disse...

É ótimo que as esquerdas e seus aliados mostrem sua real face, assim agora não enganam mais ninguém, mesmo os ignorantes que sempre os apoiaram.

Anônimo disse...

Maria do Rosário não vai se manifestar? Assassino, estuprador e "dimenor" são vítimas da sociedade, na opinião de Ossário. Judeu não é digno de defesa da deputada? E se entre eles houver gays e lésbicas, ela vai se manifestar?

Anônimo disse...

Políbio,

Estes barnabés simpáticos a regimes totalitários adeptos de perseguições étnicas, políticas ... devem levar ferro da Justiça.

É uma vergonha esta Lista Burmann-Scholosser, mas é bom conhecermos os inimigos da democracia e do estado livre.

JulioK

Anônimo disse...

Tudo isto é gerado nos porões das universidades onde se cultiva o ódio e o sectarismo contra a nossa civilização. Isto foi cultivado e é incentivado a algumas décadas. Agora, com tantos adeptos e cooptados, já não estão conseguindo dissimular este ranso asqueroso. São inimigos dá democracia e da República que precisam ser enquadrados, antes que seja tarde demais.

Anônimo disse...

Já que censurastes algo que escrevi, acreditando não ter ofendido, pergunto pra ti Polibio? O BRASIL é um Páis LAICO?


Anônimo disse...

Seria muito bom os empresários começarem a abrir o olho e prestarem mais atenção em que tipo organizações eles andam apoiando e colocando dinheiro. O Brasil está tomando um rumo muito perigoso depois que a esquerda chegou ao poder.
Comunistas e nazistas são ideologias semelhantes apesar da mídia e as escolas nos ensinarem que os nazistas eram facistas, uma ideologia de direita, ou no mínimo omitirem as brutalidades cometidas pelos adoradores do deus Marx, que começaram a matar muitos anos antes dos nazistas. Por exemplo, no inverno de 1932 o povo da Ucrânia, que hoje luta contra a Russia de Putin (parece que a história está se repetindo), sofreu um horrendo plano de ação por Stalin e tiveram todos os seus alimentos confiscados no inverno, foi feito um cerco e ninguém poderia fugir, nem comprar ou buscar comida, e sete milhões de pessoas morreram de fome, inclusive pessoas já sem força eram enterradas vivas. O comunismo sempre foi genocida assim como o nazismo que é o nacional socialismo, e o próprio Hitler admite, foi buscar inspiração na ideologia marxista.
O nazismo de Hitler foi apoiado por Stalin, sustentado materialmente por esse, e inclusive devolveu milhares de judeus para a Alemanha nazista depois que esses fugiram para a Rússia, existe documentação sobre isso, a justificativa até hoje é da luta contra o "facismo judaico".
Stalin continuou o genocídio étnico mesmo depois da guerra terminar, e não era só contra os judeus, foi feita uma "limpeza" étnica nos Balcãs, campos de concentração foram construídos (os gulags), e esse genocídio nunca foi condenado pelo ocidente, que inclusive financiou a Rússia do pós guerra.
Alerta: São esse tipo de psicopatas que estão tomando o poder no Brasil e América Latina e para não bastar ainda andam de mãos dadas com os assassinos islâmicos!
Assistam o vídeo 'A História do Socialismo: Porque Matar é Fundamental', em:
https://www.youtube.com/watch?v=9lFj_Ozt0BI&feature=youtu.be

Anônimo disse...

O deputado Pimenta entendo muito, pelo que me consta, de bordéis e assemelhados.
Grande cretino e salafrário.
Onde está o governo federal que não pune estes radicais????

Anônimo disse...

É hora de convocar os cineastas oficiais do petismo, a família Barreto à frente, para o projeto nacional de um filme épico. Com farto dinheiro público de estatais, poderíamos produzir "A Lista de Scholosser" . Sucesso absoluto em Havana e Caracas!

Anônimo disse...

Nada como mostrar a cara ou sao covardes pois nao falam nada e ficam quietinhos, bem tipico desta gente.

Anônimo disse...

O Paulo Pimenta quando descobriram a MUTRETA que aprontou na CPI do Mensalão escafedeu-se, sumiu, não apareceu mais. Agora, fotogrado com a Associação pró-palestina está fora,escafede-se de novo não tem nada a dizer? Ou fará de novo como na CPI do mensalão onde fez igual ao gato, DEU O TAPA E ESCONDEU A MÃO?

Anônimo disse...

Sr. Polibio - O senhor tocou exatamente no ponto crucial e que muitas pessoas "acham" ser impossível acontecer, ou seja, tal lista pode até começar questionando número de docentes e discentes, e tão logo confirmem, com certeza solicitarão nomes e demais dados para uma verdadeira caça as "bruxas", ainda mais quando envolve entidade terrorista. Meus cumprimentos.