PIB do RS já apresenta recuo de 0,3% no acumulado do ano (janeiro a agosto)

- O número desmente completamente 
a propaganda enganosa feita pelo governo Tarso Genro no primeiro semestre. 

O Indicador de Atividade Econômica do Rio Grande do Sul (IBCR-RS) – aproximação para o PIB da região,– apresentou crescimento de 1,5% em agosto, frente a julho. "Apesar disso, “o resultado positivo não foi o suficiente para mudar o quadro de desaceleração da economia"”, analisa Gabriel Torres, economista da CDL Porto Alegre.

. Os dados divulgados pelo Banco Central mostram, ainda, que houve um aumento de 1,6% do IBCR-RS na comparação com agosto de 2013, uma leve aceleração no ritmo de crescimento acumulado em 12 meses (de 1,3% para 1,4%), mas um resultado ainda negativo (-0,3%) no acumulado de janeiro a agosto de 2014. “

. Ao contrário do primeiro trimestre, a comparação com igual período do ano passado agora não é superestimada, pois a contabilização da Safra Agrícola ocorreu a partir de abril. Logo, o crescimento do setor neste ano ocorre sobre uma base forte – já que o desempenho de 2013 não sofreu com a estiagem, como ocorreu em 2012”, afirma Gabriel Torres.

. Chama a atenção do economista a deterioração dos desempenhos nos diversos segmentos, pois há quedas reais na indústria de Transformação, Varejo e Serviços. “Contudo, como o indicador do Banco Central não considera a pesquisa de Serviços (pelo seu pouco tempo de disponibilidade), é possível que o desempenho da economia gaúcha tenha sido superestimado”.

. Comparando os resultados do indicador com aqueles desagregados para os principais setores, as pesquisas por atividade apontaram:

Agropecuária: estimativa no crescimento na produção de grãos e cereais reduziu-se para 0,9% em 2014.
Indústria de Transformação: queda real de 7,4% na comparação com agosto/13;
Varejo: queda real de 4,6% sobre agosto/13;

Serviços (exceto Comércio, Financeiros e Públicos): crescimento nominal de 1,1%; no entanto, considerando a inflação do período pelo IPCA para o segmento (8,6%), estima-se uma queda real próxima a 6,9%; 

5 comentários:

Anônimo disse...

Já começou a escrever "Herança Maldita 2" Polibio?!

Ivo Leo Hammes disse...

O sr. Atraso Genro deveria reembolsar o dinheiro público que elle gastou para mentir em suas propagandas.

Anônimo disse...

Políbio,

Qua o Sartori não seja BURRO e antecipe a sua "posse" como quer o Tarso.

Sartori, não aceite a "esperteza" do Tarso.

Já vai ter que engolir o aumento da CEEE que será USADO em 2018!!

JulioK

Anônimo disse...

Se a Dilma quer unir o Brasil é só perguntar para o Corinthians como fez para unir o Grêmio e o Inter na decisão do STJD.Não precisa importar Know-how,é só ir no Parque São Jorge.O Corinthians fez uma missão quase impossível.

Anônimo disse...

É o efeito Sartóri.