Arrecadação do ICMS gaúcho cresceu espetaculares 8,8% em junho. No semestre, avanço é de 5,1% (R$ 11,5 bilhões)

Junho foi outro mês de muito boa arrecadação do ICMS no RS, mas isto se deve à base reduzida do mês de junho do ano passado, mês de cotejo. O editor também buscou comparar as rubricas de despesas e constatou que elas prosseguem altas. O economista Darcy Carvalho dos Santos, com quem o editor conversou na manhã desta terça-feira, disse que mantém suas previsões de déficit gigantesco de R$ 2 bilhões para este ano.

. Outro dado preocupante é a redução das transferências de receitas federais, mas sobre elas o governo Tarso Genro não se pronuncia, aceitando tudo submissamente.

. Em junho, a receita do ICMS fechou em R$ 1,9 bilhão, um crescimento real de 8,8% quando os valores são ajustados pelo IGP-DI, portanto avanço real.

. No semestre, a arrecadação somou R$ 11,5 bilhões, crescimento ajustado de 5,1%. 

Um comentário:

Justiniano disse...

Isso tudo ao poder do agronegócio da soja, que a vanguarda do atraso abomina.

Houvesse irrigação que ficou somente no papel e não há energia disponível para os motores elétricos no RS, ainda que haja água sobrando para irrigação, haveria uma arrecadação muito maior.