Artigo, João Domingos, Estadão - A jogada de Toffoli

Decisão amarrou o ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro.

A decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, que suspendeu inquéritos e ações penais que utilizam dados compartilhados da Receita Federal e do Coaf sem autorização judicial, carrega em si muito mais do que a polêmica a respeito de danos à investigação sobre a suspeita de envolvimento do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na retenção de parte do salário dos servidores de seu gabinete nos tempos em que foi deputado estadual. Ou, por ter repercussão geral, por suspender também centenas de outros casos semelhantes em todo o País. Ou até mesma à especulação de que agora o golpe na Operação Lava Jato foi forte demais.

Na terça-feira, quando tomou a decisão de suspender as investigações com dados compartilhados a pedido do primogênito do presidente Jair Bolsonaro, Dias Toffoli atingiu por tabela o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e uma porção de outros personagens da política. Mesmo que o Congresso tenha retirado o Coaf do Ministério da Justiça, devolvendo-o ao Ministério da Economia a contragosto do ministro Paulo Guedes, Moro continua a ser o chefe informal do órgão de controle das atividades financeiras. A estrutura é a mesma do início do governo, quando a medida provisória que mudou a Esplanada dos Ministérios foi editada por Bolsonaro e fez a transferência do Coaf para a Justiça.

Tem mais, de acordo com informações que chegam aos líderes partidários no Congresso. Hoje a Receita Federal também estaria sob a influência do ministro Moro.

CLIQUE AQUI para ler mais.

16 comentários:

José Corrêa disse...

O tal collunista do Estragão omitiu que essa solicitação de suspensão havia solicitada mais de um ano antes, e que a defesa de Flávio Bolsonaro ingressou como parte!!!

Omitiu ainda que os principais interessados erma o próprio Toffoffolli, por causa da mulher, muito semelhante ao caso do Gillmalla!!!

Anônimo disse...

Caro Polibio,
Sempre fui descrente, ceticismo completo, quando o assunto era políticos. Todos, cafajestes, em meu entendimento. Ano passado, fiz força para confiar no Jair.
Hj vejo que é verdade: velhos (como eu, beirando 60) ficam mais tolos com o passar dos anos, ficamos susceptíveis de ser iludidos! Meu eu jovem SEMPRE teve razão. Políticos são CANALHAS. Dê poder a um homem e revele seu mau caráter! Não é por chamar nordestinos pelo nome: são "PEBAS" MESMO. É q para PROTEGER O filho canalha... Flávio.. .vendeu a nossa confiança. Pactuou com Tofoli. Vendeu a alma ao diabo!

Anônimo disse...

Quem te viu quem te vê.........

Bolsonaro foi eleito pra defender a lava jato.......

Acabou com ela, em pouco mais de 6 meses.

Nem o congresso, nem os advogados de lulla conseguiram.

Mardição disse...

O Exército já está fazendo suas manobras e Tofolli deve ir pra trás das grades.

Anônimo disse...

VELHOTE COM 60, DE PIJAMA, COM SAUDADE DO ENROLADOR E ENRABADOR LULADRÃO! BABACAS NÃO MUDAM.

Anônimo disse...

ALÉM DE JUMENTO, É BABACA!

Anônimo disse...

Sério isso? Não é "wishful thinking"? Sua fonte de informação é confiável? 🤔

Anônimo disse...

Não se trata de proteger filho de Bolsonaro ou outro politico, se trata isto sim da própria mulher sob investigação.

Anônimo disse...

TOFFOLI deu um golpe sobre as instituições. Veremos se foi xeque mate ou ele vai ter que entregar a sua rainha.

Unknown disse...

O ex advogado de José Dirseu, o ex advogado do PT, que não conseguio aprovação em concurso para ser juiz achou uma maneira de pagar o favor a organização criminosa. Graças a ela conseguiu ser ministro dessa porcaria de STF que juntamente com parte do congresso só serve para envergonhar o Brasil descente. Temos que fechar essa merda.

Emmanuel disse...

Essa decisão não vai se firmar: Tofoli tem que explicar a mesada ... da mesma forma que Gilmar.
A pergunta que fica é: o que será que consta das delações que essa gente quer evitar?
No futuro, o Brasil precisa erar menos nas escolhas ... dos escolhidos e dos escolhidos dos escolhidos.

Anônimo disse...

Toffoli apenas está favorecendo Flavio Bolsonaro, a pendido de quem?

Anônimo disse...

Quando a investigação chegou na famiglia Bolsonaro o Tofolli mandou parar tudo.

Anônimo disse...

Afinal, foi ou não foi para prteger o filho 01 do Bolsonaro?

Anônimo disse...

Toffoli de petista a Bolsominion?

Anônimo disse...

A isso chama-se GÓRPI! O STF se tornou a maior Instituição do Brasil a defender bandidos. Toffoli tem que sofrer IMPEACHMENT para que a mais Alta Corte do Brasil seja novamente moralizada. Toffoli rasgou a Constituição Federal para defender sua mulher e Lewandowisk para defender os Direitos Políticos de Dilma para que ela continuasse sugando o dinheiro público. Bandidos