Bandeira tarifária de energia será amarela em novembro (tarifa menor)

Com isto, o IPCA do mês a uma variação próxima a zero.

Conforme definido na última sexta-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a bandeira tarifária referente a novembro será amarela, após cinco meses de vermelha patamar 2. Com isso, haverá um acréscimo de R$ 1,00 a cada 100 kWh consumidos na conta de energia do próximo mês. Segundo a agência, com o início do período chuvoso houve uma redução importante do preço de energia no mercado de curto prazo (PLD) e uma melhora significativa das projeções para o risco hidrológico; desde novembro do ano passado, esses dois elementos foram incorporados na metodologia de acionamento das bandeiras tarifárias. 

Quem calculava o IPCA, considerava uma mudança para a bandeira vermelha patamar 1 . Incorporando essa surpresa, o mercado agora acha que o IPCA de novembro apresente uma variação próxima de zero. 

Além disso, a queda recente no PLD e as melhores perspectivas para o nível de geração hidráulica aumentam a probabilidade de termos acionamento da bandeira verde em dezembro, se a tendência positiva do nível de chuvas prosseguir nas próximas semanas. 

Um comentário:

Adilio Faustini disse...

O Brasil está mudando para melhor.