Análise - Sondagens de agosto reforçarão expectativa de retomada gradual da economia brasileira neste terceiro trimestre

Os economistas do Bradesco produziram há pouco a seguinte análise sobre a conjuntura da economia:

Na próxima semana, as sondagens empresariais e do consumidor de agosto serão relevantes para consolidar nossa expectativa de retomada gradual da economia brasileira. Além disso, teremos a divulgação das notas do Banco Central, do setor externo e do crédito de julho, na quarta e na quinta-feira, respectivamente. O déficit em conta corrente deverá chegar a US$ 3,8 bilhões e a entrada de investimento direto no País deverá somar US$ 4,8 bilhões no período. Quanto aos indicadores de inflação, destacamos o resultado do IPCA-15 de agosto, para o qual esperamos alta de 0,40%. Por fim, ainda sem data definida, conheceremos o resultado da arrecadação do mês passado, para o qual projetamos R$ 108,6 bilhões, o que representa uma queda inter-anual de 1,4% em termos reais.

2 comentários:

Fernando Bender disse...

reforçarao, futuro.
retomada, ainda no negativo
gradual, lento.
e essa eh a noticia bom.
um super factoide que ainda nao eh, virah depois, e serah lento.
que loucura!!!

Anônimo disse...

Pelo menos comeca a sair da pior recessao de todos os tempos causada pelo pt nanico