Humor - Caso Fortunati promulgue emenda da psólica Fernanda Melciona, 20% dos motoristas do Uber vão autodeclarar-se mulheres

Os vereadores de Porto Algegre aprovaram a emenda, sim, mas depois da sessão de segunda-feira, quando todo o projeto terá sido votado, o prefeito José Fortunati ainda poderá vetar qualquer novidade enfiada na sua proposta, inclusive a ridícula disposição que obriga o Uber a criar uma quota de 20% de vagas para as mulheres.

A emenda é da vereadora Fernanda Melchionna, Psol.

Sobre a iniciativa, o jornalista Joselito Muller, que costuma rir de imbecilidades, escreveu o seguinte:

Após a recente aprovação de lei que obriga cota de 20% de mulheres nos quadros de motoristas do aplicativo Uber, centenas de motoristas que trabalham usando o aplicativo decidiram cumprir a imposição legal de uma maneira criativa.
Exatamente 20% deles se autodeclararam mulher, contemplando deste modo o teor da lei, que foi proposta por uma vereadora do PSOL.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

22 comentários:

Anônimo disse...

E os gays, lesbicas, afrodescendentes, italo e germano descendentes ( poloneses, japoneses, chineses, angolanos etc e etc) não tem vez?
Chinelona.

Anônimo disse...

POA tem cada vereadorzinho imbecil que vou te contar...

Anônimo disse...

RESERVA DE MERCADO?
Comunistinha de merda as mulheres não são deficientes como vovês querem fazer parecer, não precisam disso.

Basta terem habilitação, um veículo, terem bons antecedentes e pronto, já são motoristas do UBER.

São competentes e não precisam do paternalismo estatal. Entendeu ou quer que eu desenhe?

Anônimo disse...

As próprias mulheres já não aguentam mais serem usadas.

Anônimo disse...

Tiro no pé pois a Constituição Brasileira garante direitos iguais para todos.

Mulheres e outros gêneros estão se dando conta que estas cotas prejudicam mais do que auxiliam. Além de serem completamente demagogos.

Anônimo disse...

Masculinidade ou feminilidade não é “propriedade” de um gênero único. Qualquer pessoa pode se identificar como masculina ou feminina.

E não tem Lei que possa dizer diferente.

Anônimo disse...

Diferenciação de sexo na atualidade não é mais física, mas sim psicológica afetiva.

É como a pessoa se declara e pronto, quaisquer controvérsia STF resolve.


Anônimo disse...

Esta vereadora não tem nenhum projeto decente para apresentar? Perguntou se as mulheres querem trabalhar no Uber? Chega de demagogia. Pior é saber que foi a vereadora mais votada.

Anônimo disse...

A incompetência das motoristas é tão grande que só com cotas conseguiram espaço no Uber. Não sou eu que estou dizendo isso: é a vereadora!

Unknown disse...

Julgo desnecessário este projeto de lei.
Utilizo muito o serviço de táxis em Porto Alegre já fui muitas vezes conduzido por taxistas tanto do sexo feminino quanto masculino e todos sempre me trataram com urbanidade e respeito.

Anônimo disse...

O RS segue no período jurássico...
Feliz está quem pôde se mandar para Santa Catarina ou Paraná!

MARIA LUZ disse...

KKKKKKKK ESTA MULHER IGNORANTE SÓ PODE SER MACHISTA , PORQUE QUALQUER UM PODE SER MOTORISTA , NÃO TEM MAIS O QUE FAZEREM , QUE MUNDO DE IDIOTAS..........

Anônimo disse...

Já não é seguro para homens imagina para mulheres dirigir na POA violenta dos nossos dias.
Tá na hora de acabar com essas famigeradas cotas. Sou mulher,engenheira e nunca precisei de cotas para trabalhar ou para ser respeitada,isso se adquire com conhecimento,capacidade e ir a luta sem precisar da proteção de leis absurdas.
Aliás essa vereadora está se achando. Boçal.

Anônimo disse...

Somente Porto Alegre para eleger uma edil deste quilate neuronial...

Anônimo disse...

O BAIXÍSSIMO NÍVEL IDEOLÓGICO DA MAIORIA DOS NOSSOS EDIS FEZ CAÍREM NA ESPARRELA DA MALCHIONA. O PETENATI NÃO VAI VETAR UMA PIÇÓLICA. PORTANTO OS HOMENS GAUCHOS MACHOS SERÃO OBRIGADOS A SE DECLARAREM FEMININAS PARA AGRADAR A PORRALOUQUINHA DA COMUNOFASCISTA. O UBER VAI PARIR MACUNAIMA!

Anônimo disse...

Porto Alegre só anda pra trás... Bem feito. Merece que afunde mesmo, pois acabaram de votar nessa comunista dando o primeiro lugar.

Anônimo disse...

Gostem ou não a vereadora Fernanda Melchiona foi a mais votada nas últimas eleições.

josé paulo moletta disse...

O que me assombra , ver a Vereadora mais votada da capital dos gauchos, pensar numa imbecilidade dessas. CHEGA DE COTAS.

Anônimo disse...

Políbio,

Esta débil mental foi a vereadora mais votada na Capital Mundial do Atraso.Isso é uma prova concreta do nível intelectual de ameba deste povo , que é arrogante, analfabeto, atrasado e metidos a politizados.

Anônimo disse...

Cota só serve para fazer demagogia.
Aquele que se utiliza de cotas, para qualquer coisa, automaticamente já é discriminado. E por quê? Porque se fosse competente não precisaria dela.
Todos são iguais perante a lei - mandamento mais que suficiente.

Anônimo disse...

Para que serve mesmo um vereador? Em Porto alegre é só para atrapalhar o cidadão e fazer demagogia para justificar o "emprego".

Anônimo disse...

Está aí uma grande chance de taxistas sairem do armário.