Servidores da prefeitura de Porto Alegre entrarão em greve nesta quarta. Eles queremaumento de 20%.

A partir desta quarta-feira os servidores municipais de Porto Alegre estarão em greve. O funcionalismo quer aumento de 20%, mas a prefeitura oferece 8,17%.

12 comentários:

Anônimo disse...

Eu tambem quero aumento de 20% e vou entrar em greve (sou profissional liberal!!!).

Anônimo disse...

8,71% parcelados em 12 meses, não esqueça de mencionar isso Políbio.

Anônimo disse...

acho que merecem mais, eu diria até que toda a arrecadação da prefeitura deveria ser para pagar os funcionários e os inativos, afinal a arrecadação serve pra que?
Se faltar grana que se aumentem os impostos ou tomam empréstimos, afinal os funcionários estão a serviço da sociedade e é esta quem deve pagar a conta.

Anônimo disse...

Solução simples! Demite 50% destes incompetentes mamadores do erário público, dá 20 % de aumento para o restante e quem não trabalhar e desempenhar dança também!

Já chega que o Prefeito é incompetente!

Anônimo disse...

Os cabos eleitorais do PT devem se queixar pra CUT e o LULA.

TRANSFERIR esta gente pra prestar serviço público aos Cubanos em Cuba!

Anônimo disse...

ANONIMO DAS 10:42, TE INFORMA PARA NÃO OPINAR BESTEIRA...OS INATIVOS NÃO RECEBEM NADA DA PREFEITURA, ELES CONTRIBUÍRAM DURANTE O TEMPO DE TRABALHO PARA SUAS APOSENTADORIAS...QUANTO AO AUMENTO O PREFEITO OFERECEU INFLAÇÃO DO ANO PASSADO DE 8,17% PARCELADOS EM UM ANO ULTIMA PARCELA EM MAIO DE 2016, PERGUNTO A ÁGUA, LUZ, ALIMENTOS, ETC, QUANDO COMPRAMOS É PARCELADO?
NÃO DEVERIA MAS NÃO VOU TE DEIXAR NA IGNORÂNCIA TODOS OS SALÁRIOS TEM TETO DO INSS E OS QUE ULTRAPASSAREM O SERVIDOR DEVE PAGAR PLANO COMPLEMENTAR...NÃO É ESTA BARBADA DOS PETRALHAS QUE SE APOSENTAM COM UMA PEQUENA FORTUNA PAGA PELO CONTRIBUINTE.
O MAGRÃO ENCHEU A CIDADE DE BURACOS CONTANDO COM DINHEIRO DE BRASÍLIA E FICOU COM AS DIVIDAS...HOJE NÃO TEM DINHEIRO E A CIDADE ESTÁ NO MEIO DO LIXO...ELE COMO EX-PETRALHA DEVERIA SABER QUE NÃO SE FAZ NEGÓCIOS COM ESTA GENTALHA OU QUADRILHA...PORQUE VC NÃO MENCIONOU QUE DUAS VEZES POR ANO O FORTUNATI VAI COM A FAMÍLIA PARA FRANÇA COM NOSSO DINHEIRO.
MES PASSADO ELE DEU AUMENTO PARA SECRETARIA DA FAZENDA EM TORNO DE 20%
SERIA O MESMO QUE QUE VC DAR ESCOLA PARTICULAR PARA UM FILHO E ESCOLA PUBLICA PARA OUTRO...SERIA JUSTO SE TODOS RECEBEM DA MESMA FONTE?

.

Anônimo disse...

Muita cara de pau dos servidores. A população perdendo seus empregos e baixando a renda! Demite ou peçam exoneração e comecem a suar a camiseta.

Anônimo disse...

É obvio que o servidores não estão entrando em greve por 20% de aumento, é fora da realidade. Porém a falta de respeito em o Prefeito aprovar somente a reestruturação da SMF (para fugir do efeito cascata) e dar 200% de aumento para quem já ganha mais de R$20.000,00 é uma grande provocação aos servidores. Se o Fortunati aprovar a reposição junto com a PL para todos os servidores para fugir o efeito cascata, não a PL do governo que não segue e lógica do "nenhum centavo a menos, nem a mais". NÃO OCORRERÁ a GREVE. É isto mesmo a reposição e a PL dos servidores eliminando o efeito cascata e a greve nem começará.

Anônimo disse...

Engraçado ver respostas em nome de um sindicato que, em horário de expediente, deveria estar trabalhando para melhorar os serviços e a arrecadação da cidade!
O SIMPA, há tempos perdeu a legitimidade, se tornando braço do PT, PSOL e PCdoB.
Vão tomar vergonha na cara!
Querem 20% e insalubridade para todos os servidores. Quem paga a conta???

Anônimo disse...

O Povo de Porto Alegre é muito ignorante. Ignora que a Prefeitura gasta metade de seu orçamento com a população e a miséria das cidades vizinhas. Ignora que precisa de Um Prefeito que governe para a Cidade e seus eleitores. Ignora que o custo da passagem se deve as isenções e gratuidades de uma população que não pertence à Cidade. Ignora que precisamos de um planejamento globalizante para solucionar os proplemas de transportes entre as cidades vizinhas e a Capital. Eleger um Prefeito Ignorante como o atual, que pensa que puxar o saco de todos é ser politicamente correto. Foi feito de bobo por sua ex-camarada e agora vai si f. nas próximas eleições, se bem que é financiado pela Máfia das Empresas de Ônibus que não quer a implantação do Metro...

Anônimo disse...

Em prosseguimento às negociações do reajuste salarial dos servidores, o governo municipal voltou a reunir-se com a direção do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), na manhã desta terça-feira, 19, no Salão Nobre do Paço Municipal. A reunião foi conduzida pelo prefeito em exercício, Sebastião Melo, e contou com a presença de secretários municipais e integrantes do Comitê de Política Salarial.

Na ocasião, foi reafirmada a disposição da administração municipal de manter o diálogo com o Simpa, dando continuidade às negociações. Melo apresentou à categoria a proposta de reajuste salarial de 8,17%, recompondo a totalidade das perdas acumuladas no período, em três parcelas, sendo uma imediata, outra para dezembro deste ano e a terceira para março de 2016. Além disso, a reposição imediata do reajuste no vale-refeição.

Outro ponto importante foi a sinalização da retirada do projeto de lei que estanca as possíveis perdas salariais decorrentes da decisão do Poder Judiciário em relação “ao efeito cascata”, que está sob analise na Câmara de Vereadores. “Caso seja uma condição fundamental para a revisão da greve, o governo aceita a retirada do projeto de lei para voltar a rediscuti-lo com a categoria”, ponderou Melo.

O encontro desta terça-feira foi o sexto, em 2015, que a prefeitura realiza com representantes do Simpa para discutir as propostas da categoria. Uma nova reunião com o comando do governo deve ocorrer na próxima quinta-feira, 21, com horário e local a serem definidos. Hoje à tarde, o grupo de trabalho formado pelo governo e sindicato volta a analisar ponto a ponto as reivindicações da categoria.

Manutenção dos serviços essencias - O prefeito em exercício fez um apelo à categoria para garantir a prestação dos serviços essenciais à população e que não impeça o acesso de servidores que não desejam aderir à greve aos seus locais de trabalho.

Conforme Melo, na reunião de segunda-feira, 18, comandada pelo prefeito José Fortunati, os secretários municipais foram orientados a reunir suas gerências a fim de não prejudicar os serviços fundamentais, especialmente nas áreas da saúde, educação, assistência social e limpeza urbana. “Vamos fazer todo esforço e contar com o bom senso do Simpa, que é um sindicato que fala essencialmente da cidadania, para que faça funcionar os serviços essenciais e que não faça obstrução dos prédios, impedindo os servidores que desejam trabalhar. Isso não contribui com a greve e com as negociações”, afirmou Melo.

Anônimo disse...

Vai sair a Greve e será longa e de adesão em massa. Motivo: Sebastião Mello disse que irá rediscutir a PL do efeito cascata. Não se comprometeu. Estas artimanhas não enganam ninguém. Porto Alegre vai PARAR!!!!