Luiz Henrique é outro desafio ao governo. Eleição no Senado será esta tarde.

Em reportagem de hoje do site brasileiro do jornal espanhol El País, Afonso Benites conta que o racha no PMDB que parecia complicar a vida de Dilma Rousseff apenas na Câmara dos Deputados chegou ao Senado. Aliando-se a deputados de oposição, o senador Luiz Henrique Silveira (PMDB-SC) lançou sua candidatura à presidência da Casa para se contrapor a Renan Calheiros (PMDB-AL). Aos 74 anos, Silveira tenta pela primeira vez obter o cargo. Dois anos atrás ele tentou concorrer, mas desistiu diante da promessa de que teria o caminho livre agora em 2015, já que Calheiros se candidataria a governador de Alagoas. Dos três senadores do RS, o que se sabe é que Ana Amélia, PP, e Lasier Martins, PDT, votarão em Luiz\ Henrique, porque acham que Renan é corrupto e será listado na leva de políticos do Lava Jato.  Paulo Paim ficará com o senador do PMDB..
A promessa de Renan não se concretizou. Quem concorreu e se elegeu ao governo alagoano foi o filho dele. Assim, a expectativa de Silveira de chegar ao posto máximo no Senado ficou mais distante, diante da insistência do atual presidente disputar a reeleição. Não contente com a quebra do acordo, o senador catarinense lançou seu nome dizendo ser um candidato da instituição, e não do Governo ou da oposição.

Por ter a maior bancada, no Senado, caberia ao PMDB presidir a Casa. Dos 19 peemedebistas, ao menos cinco já se comprometeram com a candidatura de Silveira, um deles é ele próprio, claro. “É uma candidatura suprapartidária para propor uma mudança no Senado. Nada contra o Renan, mas precisamos mudar o que está aí há tanto tempo”, explicou o senador Waldemir Moka (PMDB-MS), um dos incentivadores da candidatura de Silveira.

4 comentários:

Anônimo disse...

Vamos torcer para que Luiz Henrique ganhe, tem que mudar tudo isso que esta prejudicando o Brasil.

Anônimo disse...

É impressionante, parece que quem
não está em Brasilia conhece melhor o modus operandi dos petralhas do que senadores com
trezentos e um assessores e no
meio do entrevero que é o senado sem perceber nada ou não estar por fora das tramas diárias que lá acontecem. O Senador Luis Henrique é um exemplo, confiou na
"palavra" do PT de que se abrisse mão da candidatura em 2013 em
2015 seria candidato do governo a
Presidência do Senado. Os politicos como ele, veteranos,
puta velhas ficam apalermados ao chegar em Brasilia?

fred oliveira disse...

Espero que o Luiz Henrique permaneça com a oposiçao durante seu mandato no sendo. Precisamos de toda e qualquer força que venha a somar na luta contra o desgoverno do pt(Lula e Dilma).

Anônimo disse...

Luiz Henrique não perdeu, ganhou, basta ver a cara do calhorda. Teremos oposição mais firme no senado.