Brigada Militar definiu que primeiro Gre-Nal da Arena terá torcida única

O primeiro Gre-Nal da história da Arena terá apenas uma de suas torcidas apoiando o time. A Brigada Militar definiu na manhã desta terça-feira que o clássico de número 397 terá apenas torcedores do Grêmio na Arena. A decisão busca facilitar o policiamento e garantir mais segurança para o clássico, além de facilitar o acesso ao estádio.

. A Brigada realizou uma reunião com dirigentes dos dois times e em seguida informou a decisão. A partida está marcada para domingo, às 16 horas. Antes da decisão, o Grêmio havia reservado cerca de 2 mil ingressos que seriam destinados aos torcedores colorados.


. A decisão de realizar o Gre-Nal com torcida única no domingo foi justificada pelo subcomandante da Brigada Militar (BM), coronel Silanus de Oliveira Melo, em entrevista à Rádio Guaíba nesta terça-feira. A principal preocupação da corporação é com o acesso dos torcedores do Inter à Arena do Grêmio. "Nós também estamos frustrados com esta situação, mas vivemos um cenário novo. Muitos torcedores utilizam o metrô para chegar ao estádio e o mesmo seria feito por torcedores colorados. Quem me garante que eles, ao fazerem uso deste direito, não sejam molestados pelo caminho? Este é o grande problema", relatou.

16 comentários:

Anônimo disse...

Excelente decisão!
No atual momento a Brigada está sem autonomia, perseguida pela mídia e por todo tipo de demagogos e vigaristas que abundam nesse país.
Polícia desmoralizada não serve pra nada, então que fiquem nos quartéis.

Anônimo disse...

Decisão correta da BM, como este tipo de patologia social (bandos se matarem por caso de nada...) só mesmo repressão para conter. As imagem de Gremio e Fluminense deixam claro isto.

Anônimo disse...

Estádio de futebol tem que ter segurança privada.
Daí, neguinho arruaceiro e abusado não vai mais levar cacetada de policia fardada, identificada e sob a vigilância de milhares de câmeras.
Neguinho vai ser convidado pra uma "conversa" com seguranças discretos em uma salinha privada, sem câmeras ou testemunhas...

Anônimo disse...

Até agora nenhum "jornalista investigativos", especialmente os do Grupo RBS focou no grande perigo que o Gaúcho da Geral expôs no local onde ele se encontrava.
Retirar um jovem torcedor, com presença marcante em todos os jogos do Grêmio, pacífico, ordeiro,já um símbolo da torcida tricolor, apenas porque portava uma bengala que utilizava para caminhar e que dela fez um mastro improvisado para drapejar a bandeira do Rio Grande?
E daí supor que o torcedor era uma ameaça ao público presente?
Esses brigadianos, que assim decidiram, certamente faltaram às instruções sobre análise de situação e possibilidades do "inimigo nos cursos de formação.
E os dois pretensos brigadianos que agrediram covardemente o torcedor,na sáida da pista, merecem ser afastados dos quadros da BM. Duplamente covardes: agrediram pelas costas e o derrubaram com muleta e tudo.
Por que não agiram assim com os integrantes do Bloco dos Pelados no interior da Câmara dos Vereadores em Porto Alegre?
A BM não é "isso" que vimos na Arena do Grêmio. Esses são agentes da Polícia Política do PT no Estado do RGS, infiltrados na gloriosa Brigada Militar.
Já repararam os leitores que em todos os Estados da Federação onde o governo é exercido por PeTralha as Polícias Militares transformaram-se em POLÍCIA POLÍTICA do mandatário estadual?
Enfrentamentos das PMs contra anarquistas predadores dos governos PT, nem pensar em bater nos anjinhos...
O Grêmio vem sendo perseguido por parte da BM, desde a construção da Arena, Presidente Koff.
Muito mais do que entristecidos, segundo vossas palavras, estamos revoltados com a BM e a imprensa do eixo do mal.
Desejo que a diretoria do Grêmio esclareça a barbaridade que fizeram com o Gaúcho da Geral, sob pena de o torcedor tricolor ficar à mercê de debilóides travestidos de brigadianos.
Que sejam identificados os que transguediram a Lei e punidos, inclusive os representantes da Lei.

Gaudêncio Sette Luas.

Anônimo disse...

Tem muita gente no tempo em que o máximo que acontecia num Grenal era tomar um xixi por cima, hoje tem tráfico na geral e se bobiar leva uma facada ou uma pilha de rádio na cabeça.


Eduardo Menezes

Anônimo disse...

Decisão mais que apropriada, cidade fica sem policiamento para que clubes faturem muito e redes de televisão idem. Quanto ao "ordeiro" torcedor detido no ultimo jogo da Arena, cabe salientar que é um dos responsáveis pela queima de banheiros quimicos no beira rio

Anônimo disse...

Os brigadinhos vão a campo para assistir os jogos, detestam ter que sair do seu posto de observação privilegiada para apartar torcedores.

Penso que o lugar deles é fora do campo!

Anônimo disse...

Torcida de petralhas, Policia petralha, imprensa petralha, papa petralha, blog petralha, comentaristas petralhas, Deus petralha, manifestações petralhas
Vocês não me enganam, são todos petralhas!!!!!

Anônimo disse...

Se tiver que ser com torcida única então tem que ser com a torcida colorada! A geral do gremio faz baderna e a torcida do Inter que é punida?

Anônimo disse...

A Brigada não é boba. Se der tudo certo os clubes levam os elogios. Se der tudo errado botam na "bun..." da Brigada.

Anônimo disse...

Também, um show de horrores o que aconteceu no último jogo do Grêmio.

Anônimo disse...

A pergunta importante é :

O evento ( jogo de futebol ) não é um evento privado ??? Então que os clubes de futebol tratem de garantir segurança privada, ou paguem pela segurança pública.

Por quê nesta bosta de Estado a sociedade tem que ficar sem a segurança pública pra que um bando de fanáticos e alienados tenha segurança nos estádios ???

Anônimo disse...

Moro no interior, mas acho desproporcional a Brigada Militar mobilizar mais de 700 homens para cuidar de pouco mais de 40 mil pessoas em um estádio de futebol, enquanto que o restante 1 milhão 500 mil dos habitantes de POA ficam desprotegidos. CORRETA A DECISÃO DA BRIGADA MILITAR, tendo em vista que o torcedor não tem mais respeito. SE TEM ALGUM CULPADO ESTE é o torcedor baderneiro.Cobrem destes

Anônimo disse...

Grande atitude da BM !!! Espetáculo privado, que se danem e contratem segurança privada e vai quem quer. Parte da violência pode ser creditada à imprensa que passa dia e noite grenalizando tudo no jornal, rádio, tv, etc...

Anônimo disse...


CAPA PRETA DIZ:

PARABÉNS AO COMANDO DA BRIGADA MILITAR POR TOMAR ESTA POSIÇÃO. ESPERO QUE AS OUTRAS POLÍCIAS DOS OUTROS ESTADOS SIGAM ESTE EXEMPLO.
TANTO AS POLÍCIAS MILITARES COMO AS CIVÍS, PRESTAM SERVIÇOS PARTICULARES, Q NÃO SÃO SUAS ATRIBUIÇÕES.
TEM Q SER CUMPRIDO OS DEVERES E OBRIGAÇÕES Q CONSTAM EM LEI.
ALÉM DE SEREM MAL PAGOS, TÊM Q DAR A CARA PROS ARRUACEIROS BATER, E QDO REVIDAM, MUITAS VEZES A IMPRENSA METE A LENHA.

PARABÉNS AO COMANDO DA BRIGADA MILITAR POR ESTA CORAJOSA POSIÇÃO.

Anônimo disse...

Ao anonimo das 14:41, não vou entrar no mérito de discutir torcidas, até mesmo porque o assunto é outro, mas torcida são todas iguais, na geral do beira rio o cara saiu metendo faca em todos os desafetos que estavam na sua frente, brapel os caras brigam até fora do campo.