Análise, Darcy F.C. dos Santos - Entenda a proposta orçamentária gaúcha para 2017.

A proposta orçamentária para o exercício de 2017 apresenta um déficit de R$ 3 bilhões, em valores redondos. E como agravante, a dotação para investimentos com recursos próprios alcança tão somente R$ 481 milhões, ou 1,3% da RCL. E esses recursos próprios só podem ser do caixa único ou dos depósitos judiciais (se assim podem ser considerados), porque a margem para investir prevista é de-7% da RCL.

 Se desconsiderarmos o desconto de R$ 2 bilhões, obtido na renegociação da dívida para o próximo ano, o déficit seria de R$ 5 bilhões.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Continuaremos enxugando gelo??

Pobre RS!!

JulioK

Anônimo disse...

O GOVERNO ESTADUAL, FALIU, QUEBROU.....(muitos não acreditam, aguardem vai implodir).

Diante de tudo isso, só um crescimento econômico acima dos padrões verificados historicamente ou a volta da inflação, que é uma solução perversa, evitará o grande colapso.


Concluindo, podemos dizer que, se o governo atual conseguir receitas extras (que estão cada vez mais escassas), poderá honrar os reajustes até seu final. No entanto, a folha de pagamentos ficará insustentável, quando cessarem definitivamente essas receitas. E aí, finalmente, seremos a Grécia do Brasil.

TÁ RUIM, VAI PIORAR....

Anônimo disse...

STF já julgou que depósitos judiciais nã nã nã !!!

Mas eles insistem !

Depois não querem sequestros e bloqueiam