Argentina recomeça bloqueio de calçados exportados pelo Brasil

A Associação Comercial e Industrial de Novo Hamburgo comunicou esta tarde ao governo federal que o governo argentino recrudesceu sua política de restrições ao ingresso de calçados do Brasil.


. Nas alfândegas argentinas já estão bloqueados 700 mil pares. 

9 comentários:

Anônimo disse...

De ha muito, a Argentina transformou esse mercado em MERDOSUL. O Brasil insiste teimosamente nesse atraso porque seu governo é vanguardista na área. Agora mesmo, cortaram o hangar da Latan no Aeroporto de Buenos Aires, sem motivação alegada. Na verdade para dar o mercado total a Aerolíneas, estatal argentina que não consegue concorrer com ninguém. O governo brasileiro, covarde como sempre, silencia.

Anônimo disse...

Este Mercosul é um atraso nas mãos de esquerdistas os quais retrógrados, viciados em mamatas e desconstrutores da civilização.

Anônimo disse...

Aí está como os sulamericanos vêem o governo brasileiro: embargos, cotas de importação, invasão de refinarias, e otras cositas más. Depois querem respeito aqui dentro. Só posso dizer: bem feito!

Gilrikardo disse...

Essa relação é uma incógnita, não é fácil entender, pois sai governo, entra governo, tanto aqui como lá, e o reboliço continua... sinceramente, se eu fosse um grande empresário exportador, eliminava de meus destinos essa tal Argentina. Eta pais difícil de tratar.

Nádia disse...

Enquanto isso dilma arrebanha médicos entre os hermanos..

Que absurdo, a quantidade de vergonha que se tem que passar por causa desse governo asqueroso.

Anônimo disse...

Sem palavras.
Resumiu tudo, falando pouco.
Parabéns !
E que Deus nos ajude, amigo
pq estamos cercados da " esperteza burra ", comandando nosso País.
Abraço.

Anônimo disse...

E viva o "Merdasul" que ja nasceu morto!!!!

Anônimo disse...

Os bolivarianos entram o p.. e o Brasil com a bun.., esta é a política "nacionalista" das esquerdas! Nosso exército também aderiu oferecendo a b....!

Anônimo disse...

este é apenas um lado da moeda.