Artigo, Elis Radman, diretora do IPO - Como entender a popularidade de Bolsonaro

Mesmo quem não votou em Bolsonaro reconheceu seu discurso em prol da moralidade política e segurança pública. Para resgatar sua popularidade, o presidente terá que mostrar resultados nestas duas áreas.

Acompanho resultados de pesquisas de opinião há mais de duas décadas e analiso dados de forma longitudinal. Tal prática me permite mensurar as mudanças comportamentais da sociedade.
E os dados indicam que a volatilidade da opinião pública está cada vez maior. 

(...)

Segundo pesquisa nacional, realizada pelo Ibope, em março de 2019, Bolsonaro é avaliado positivamente (como um governo ótimo e bom) por 34% dos brasileiros. Outros 34% avaliam como regular e 24% têm avaliação negativa (ruim ou péssimo). E 8% não soube avaliar.

Pesquisa realizada pelo IPO – Instituto Pesquisas de Opinião no Rio Grande do Sul, em março de 2019, demonstra que a opinião dos gaúchos está literalmente dividida: 35,2% deles avaliam o governo positivamente (ótimo/bom), 31,6% avaliam como regular e 33,3% avaliam negativamente o governo Bolsonaro (ruim/péssimo).

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para ler no original do site do IPO.

14 comentários:

Anônimo disse...



AGORA TRATAM DE DESCONVERSAR!!!!!

A PRINCIPAL BANDEIRA DE BOLSONARO era o enfrentamento da criminalidade!

Anônimo disse...

Esta ou este Elis a DUAS DÉCADAS acompanha o IBOPE sem desconfiar de nada errado! Para pensar assim só tem duas hipóteses: ou tem interesses envolvidos no IBOPE ou então tem lerdeza mental crônica! Em IBOPE hoje em dia só acredita pessoas muito mal intencionadas desejosas de manipular a sociedade com mentiras pré- fabricadas, ou pessoas com elevado déficit mental!

Anônimo disse...

POLÍBIO!

JÁ PESQUISEI A RESPEITO DE ELIS RADMANN; PARA COMEÇO DE CONVERSA, SEM QUERER SER PRECONCEITUOSO, ELA É "SOCIÓLOGA", O QUE DEIXA A GENTE COM DUAS PULGAS ATRÁS DA ORELHA.

PELO FACE DELA, DIA 30 DE SETEMBRO DE 2018, ELA POSTA PESQUISA NÃO DELA, MAS DO UOL A RESPEITO DO "COMPORTAMENTO INÉDITO DAS MULHERES PODE MUDAR O RUMO DAS ELEIÇÕES", ONDE TODA A CARGA É CONTRA BOLSONARO: ELE NÃO, COM 3,5 MILHÕES DE MULHERES; ARTISTAS CONTRA O MITO, PROCESSOS CONTRA O MITO, ESTUPIDEZ DO MITO, LGBT, ETC, ETC.

PORTANTO, PERDEU TOTALMENTE SUA CREDIBILIDADE PARA "CRIAR" PESQUISA GAUCHA CONTRA BOLSONARO!!!!!


Cris disse...

Para resgatar a imagem de "pró família" ... poderia começar a aparecer em viagens internacionais acompanhado de sua esposa "atual"...

Anônimo disse...

esta diretora é uma idiota, uma mediocre, petista safada

Anônimo disse...

vai nada Polibio, essa senhora esta querendo humilhar os bolsonarista

Anônimo disse...

Segundo o IBOPE, Bolsonaro jamais seria eleito. E, no segundo turno perderia de qualquer candidato. Quem ainda acredita em pesquisas? Quem ainda acredita em IBOPE (principalmente quando não há possibilidade de conferência com a realidade)? Houve uma eleição - há muito tempo - em que os institutos de pesquisa fizeram um "mea culpa", após os erros homéricos. Agora a desculpa é: "... mas pesquisa só demonstra o retrato do momento ...", como se, de um dia para o outro, pudesse haver tamanha mudança.

Anônimo disse...

Eu ainda não mudei minha opinião sobre Bolsonaro, acredito que um Governo com 2 meses, 1 mês ficou internado, não pode ser julgado.Para qualquer Governo que sucede um Desgoverno Petista , vai comer o pão que o diabo amassou, mesmo o Temer dando uma garibada nesses 2 anos, o estrago economico e Moral foi muito grande.

Anônimo disse...

Como dividida? 66.8 bom ou regular. O restante 33.2, que dividido coisa nenhuma é um joguinho de palavras?

Anônimo disse...

Não me venha com ibope quando que eles acertam uma.
Quanto ao outro instituto é natural 33% dos gauderios são comunistas

Anônimo disse...

bem amigos, a petezada está louca

Iara Mãe D'água disse...

Que bom que essa tal de Elis Radmann é uma petista!! Já estava julgando mau dos gaúchos.

Anônimo disse...

‘Chega, não dá mais’, diz presidente da frente ruralista a líderes do governo

Brasil 02.04.19 - O Antagonista

Alceu Moreira, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária –que hoje declarou apoio à reforma da Previdência–, reclamou de Flávio Bolsonaro a Joice Hasselmann e Vitor Hugo, líderes do governo no Congresso.

Anônimo disse...

‘A arrogância precede a ruína’, diz líder evangéico sobre Bolsonaro:

Brasil 02.04.19 19:21 - O Antagonista

O deputado Silas Câmara, do PRB do Amazonas, recém-eleito líder da bancada evangélica no Congresso, fez uma série de críticas a Jair Bolsonaro em entrevista ao site BuzzFeed.

Para Câmara, as atitudes do presidente dificultam a aprovação da reforma da Previdência — preocupação que, para ele, deveria ser mais do governo que do Congresso.