Ana Paula Vescovi engrossa com o RS para ficar bem na foto e aparecer para Paulo Guedes

Desde o início das negociações sobre a adesão do governo do RS, a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, demonstrou grande animosidade em relação ao Estado.

Foi o próprio presidente Temer quem a fez engolir as restrições iniciais.

Em fim de governo, posando de gerentona eficaz, Vescovi engrossa e tenta com isto emplacar posição no governo Bolsonaro. Ela quer aparecer bem na foto para impressionar Paulo Guedes.

13 comentários:

Anônimo disse...

A máquina estatal e seus minion, que acreditam serem seres superiores por ter passado numa provinha, precisa entender que o estado FALIU.

Acredito que não existe outra para estado que não seja demissão em massa de funcionários públicos.

João Bucecha disse...

Ana Paula não posa de gerentona e nem quer aparecer, sr.Políbio. É uma técnica qualificada que diz verdades e não fica enrolando com políticos medrosos e sem preparo como Sartori e seu vice. O que poucos falam(por medo não sei de quê) é que Banrisul e Corsan são duas estatais ineficientes, cabides de emprego, indústrias de passivos trabalhistas, que entregam lucros ridículos e TÊM QUE SER VENDIDAS para resolver o caixa do estado. PONTO FINAL.

Ernesto disse...

Sinceramente, que acompanha o trabalho da Secretária Ana Paula Vescovi (e mesmo antes de servir ao Governo Federal), nunca poderia concordar com o Editor (neste caso)! Vamos deixar a paixão (e a parcialidade) de lado e vamos
analisar objetivamente!

Justiniano disse...

O Posto Ipiranga vai saber distinguir alhos de bugalhos, e essa senhora poderá não ser de confiança dele.

Anônimo disse...

Será que é só isso mesmo Políbio? Vê se esta criatura não é gaúcha de Marcelino Ramos. Conheço gente de lá com este sobrenome. Pelo que sei o Cairolli já sabia disso há muito tempo (e o Sartorão também) e não foi-lhe dito apenas pela Ana Paula - tem gente muito mais graúda na jogada, inclusive o ministro. A verdade é que o RS é um estado parasitado por nababos aposentados e tudo que arrecada não é suficiente para pagar estes parasitas. Nem o escândalo da CEEE ao tempo do Simon ainda foi resolvido, pois permanece em segredo de justiça depois de tanto tempo! Temos que abrir a caixa preta do RS, para viabilizarmos novamente o estado. O que estes governos esquerdistas não fizeram com um dos estado mais pujantes da federação!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

USA 12000 bancos e cooperativas. Brasil 2 dúzias.

Anônimo disse...

Também acho, mas aqui, no paraíso do patrimonialismo, isso é sonho.

Anônimo disse...

Não, Polibio. O problema não é essa tecnocrata. O Sartori está encerrando melancolicamente seu mandato. A verdade apareceu no final. Ele mentiu o tempo todo, achando que essa mentira lhe garantiria a reeleição. E todos nós chamávamos o Tarso de Pinóquio. Os dois são.

Anônimo disse...

Passa na provinha pra fiscal da receita estadual e depois a gente conversa sobre minion. O que mais tem no RS é gente que tomou bomba em "provinha" e destila recalque por aí. Acho uma graça, a pessoa fica falando na demissão de um monte de gente de família, com filhos, que estudou anos e investiu para entrar em uma vaga que o estado ofertou. Nenhum concursado vai ao estado pedir vaga, é o estado que as oferece. Se tem alguém que tem de responder por má gestão e ficar sem seus proventos são todos aqueles que ofertam vagas sem fazer projeções de despesas. O Estado não quebra por causa de uma CEEE, o que quebra o Estado é a Gestão de vários governos temerários. E tem outra, se banco fosse um mal investimento o Itaú não estava tentando pegar a senha um do Banrisul.

Anônimo disse...

Vescovi nao posa de gerentona eficar. Ela é eficaz. Apenas, caro Polibio, ela nao é torcedora. ELa e pragmatica, fria, tecnica. Nao cabe emocionalismos baratos nas decisoes dela. E so acompanhar.

Anônimo disse...

O RS faliu... esse pessoal está "brincando com fogo"... tem uma hora que a situação irá fugir do controle... A Ana Paul está certíssima... A Gauchada prefere ficar abraçada em um banco público do que resolver o problema. Isto fala/grita muito sobre a mentalidade que reina por aqui. Detalhe a venda do Banrisul é só um pequena parte da solução. Tem um mar de outras coisas a serem feitas que nem o Gringo e nem ninguém começou a mexer... já é tarde demais...

Anônimo disse...

Você não deve ter concluído nem o ensino fundamental para dizer tanta asneira

Anônimo disse...

Não esquece o batom e o perfume... sabe cumé...