Assembléia votará na semana que vem o novo piso salarial gaúcho

A Assembléia Legislativa do RS quer votar na semana que vem o reajuste do salário mínimo regional com vigência a partir de fevereiro deste ano. A proposta foi enviada pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) no dia 1º de fevereiro, e prevê um reajuste de 6,48%, igual ao índice de aumento do salário mínimo nacional a partir de janeiro.

As centrais, que pressionam por um reajuste de 10,45%, sendo 8,8% resultante da média ponderada dos reajustes dos pisos estabelecidos em convenções coletivas das categorias mais representativas pertencentes à lei do chamado piso regional e 1,52% que é a diferença entre o reajuste no ano passado (9,61%) e a inflação medida pelo INPC em 2015 (11,28%).

Os empresários querem zero de reajuste e o fim do piso salarial estadual.

O governo não atenderá nenhum dos lados.


O piso vale para mais de 3 milhões de  trabalhadores gaúchos.

Nenhum comentário: