140 mil foram à queima de fogos em Porto Alegre

A prefeitura de Porto Alegre fez as contas e contabilizou 140 mil pessoas na orla revitalizada do lago Guaíba.

As previsões eram de 100 mil.

Em Gramado, as previsões da prefeitura se confirmaram, porque eram aguardadas 15 mil pessoas, uma multidão que não coube no acanhado local programado para a festa de queima de fogos, o Palácio dos Festivais, o que frustrou grande parte do público.

No Litoral Norte do RS, as programações de queima de fogos mais intensas ocorreram em Torres, Capão e Tramandaí.

7 comentários:

Anônimo disse...

Será que o que foi gasto na festa (patrocinado ou não) não construiria um Posto de Saúde ???

Anônimo disse...

Havia no mínimo 100 mil petralhas sem tetas pra mamarem passando o tempo

Anônimo disse...

Quando critico o tipo de gente que vai nesse local nestas comemoraçoes..há motivos...basta olhar o Lixo espalhado no local hoje pela manhã...sinto vergonha...vergonha alheia.

Anônimo disse...

O problema depois disso tudo é a educação. Vide a quantidade de lixo que acordou hoje na orla.

Querem falar mal dos políticos, mas o porto-alegrense não respeita nada

Anônimo disse...

Concordo em relação ao lixo, mas o mesmo ocorreu em vitórias de Grêmio ou Inter ou qualquer outra grande aglomeração em Porto Alegre. E não é só em relação ao lixo, podíamos citar, por exemplo, a falta de educação no trânsito. Não é o ``tipo de gente``, mas pessoas sem educação há em todas as classes sociais. Eu estive lá e não joguei lixo no chão. Além disso, a iniciativa privada investe naquilo que lhe interessa, pois foi investimento privado.

Anônimo disse...

Foi patrocinado e ninguém tem nada a ver com isso.

Quer construir posto com dinheiro dos outros? Use o seu.

Anônimo disse...

Acorda Alice, claro que não. Esse dinheiro na mão do poder público "evapora"...nem pra tapar meia duzia de buraco daria, por isso que foi patrocinado.