Esta é uma sala de aula da Ufrgs, Porto Alegre. É tudo o que o Brasil não precisa.

É muito provável que o governo Bolsonaro encontre dificuldade para expurgar todos os reitores de universidades públicas e diretores das suas faculdades, já que a legislação engessou bastante a interferência do governo federal.

A ação mais efetiva para mudar rapidamente o cenário atual de degradação acadêmica, como é o caso do que se vê ao lado, é com certeza a instalação da CPI das Universidades Públicas, tal como já acontece na Assembleia de SP por iniciativa do governador João Doria. Universidades como USP e Unicamp já passam pelo crivo de investigações parlamentares duríssimas.

O que se vê na foto ao lado, enviada ao editor pelo leitor Rolando Callado, é a própria negação do ensino acadêmico, a começar pelo estado de deterioração das instalações.

A foto fala mais do que mil palavras.

É isto

50 comentários:

Anônimo disse...

Um lixo.
Tem que privatizar estás universidades do PT.

Anônimo disse...

20 anos de educação jogada em um fétido esgoto, os mais competentes viraram pichadores e os menos conpetentes viraram políticos e invasores.

Anônimo disse...

É isto....não é paga. É de graça.

Eu, tu ele, nos, vos, eles pagamos. Os pagadores de impostos, ricos ou pobres, financiam a educação superior e eles transformam uma sala de aulas num quarto de adolescente mal criado.

Poderiamos testar uma bolsa Harvard, Yale ou MIT nos estados unidos pra ver se eles fazem 1/5 do que fazem aqui.

Anônimo disse...

Aposto um cafezinho que é da área da humanas. Outras preferem aprender.

Anônimo disse...



UFRGS----QUE TODO BRAZILEIRO PAGA....

TRABALHO MATA !!!! SAFADOS...

ESTAMOS FERRADOS .....30 ANOS DA HUMANAS NAS FEDERAIS JOGADOS NA LATA DO LIXO,
NÃO SERVEM PARA NADA......QUANTA GENTE PODERIA TER SAÍDO DA MISÉRIA....

Anônimo disse...

Zumbis 😵

Anônimo disse...

Muda-se a legislação e resolve.

Anônimo disse...

olha os tipos.Parece aula numa vila.E muitos puxam um baseado.Tudo petistas.

Anônimo disse...

LIXO.

Cris disse...

A UFRGS tem uma didática que fortalece o aluno e o faz seguir estudando a vida inteira, a manter-se constantemente atualizado , mas as instalações sempre foram um horror...
Há quarenta anos atrás lembro minha surpresa ao chegar em uma sala de aula onde todas as cadeiras estavam com quase um dedo de poeira e ao dirigir-me ao banheiro descobrir que sabonete e papel higiênico naquela Universidade eram "substantivos abstratos"...
Quarenta anos depois ... sem investimento nenhum...

Anônimo disse...

Estudo na UFRGS e posso garantir que não é uma sala de aula da Universidade, se o editor puder corrigir o erro.

Anônimo disse...

Achei que estivessem reunidos num banheiro de Rodoviária. Mas é a UFRGS? E o trabalhador sustentando isso aí? Privatize Já!

Anônimo disse...

TODOS sem exceção serão bem sucedidos na vida. Serão deputados federais, senadores, reitores, Presidentes e Diretores de estatais e por aí vai. Queria o quê Políbio?

Anônimo disse...

Não tem Reitor? Se tem como consente tal degradação do ensino que é mantida com o dinheiro dos nossos impostos. Estão tirando a comida da mesa do trabalhador para sustentar essa Instituição de Ensino? Isso é sala de aula? Que tipo de alunos a UFRGS amealhou?

Anônimo disse...

Mais uma fake do editor

Anônimo disse...

É mais uma demonstração da decadência do ensino público brasileiro.

Anônimo disse...

Foi aonde nos levou esse método Paulo Freire e os ideais comunistas. A massa de manobra, que são os alunos, passam por essa lavagem cerebral e, só por milagre alguns escapam. O objetivo é suprimir toda a cultura ocidental e criar o caos, tornando fácil a dominação. É uma vergonha.

Anônimo disse...

Geração sem futuro, DNA mal combinado, salve-se quem puder....

Anônimo disse...

A maior parte dos alunos são drogados de classe média. Filhos dos comentaristas aqui do blog.

Anônimo disse...

La no finds na parede está escrito :

“Trabalho mata”

Então estou morto de tanto trabalhar ...

Kkkk

Vagabundos profissionais

Anônimo disse...

Eu acredito que na UFRS tem cursos e salas onde alunos estudam e professores dão aulas, isso aí não seria uma reunião da Esquerda Escarlate Bolivariana Atrasada? Sou a favor que as Universidades tenham cursos Separados em prédios e Localidades, Matemática, Física, Química, Médicas e Biologicas num local, Administração, Economia, Direito etc... Em outra e as Sociais em outro local.

Anônimo disse...

Polibio, mais pelo bom gosto e obras de arte, tem tudo para ser o gabinete do reitor!

Anti comunista disse...

É isso que dá, juntar um bando de vagabundos, drogados e comunistas, e pagar a faculdade pra eles. Esse é um exemplo de ensino superior, dos petistas, tal qual o anônimo das 17:13 hrs.

Justiniano disse...

Anônimo 17:13 olha para o teu rabo, antes de falar dos outros.

Quem cria os filhos numa família dentro dos princípios morais e cristão, jamais se envolve com esse lixo da sociedade.

Fiz questão dos meus filhos estudarem em universidades privadas porque as públicas estão contaminadas.

Anônimo disse...

Só a elite top da sociedade.
Os universitários são o futuro.
Tá ai o futuro que um dia vai chegar.
Essa é a classe intelectual brasileira.
Pelas paredes asseadas e limpas, do resto dispensa comentários.

Anônimo disse...

A elite da classe social universitária.
Pôde crÊ

Anônimo disse...

Dai sairão os futuros políticos que cuidarão dos interesses do povo.

Se as pessoas não entrarem no mesmo jogo, a queda de braço será sempre ganha para o lado deles.

Não tem outro jeito não. As pessoas tem que participar mais da política, senão ficará sempre refém dos mesmos de sempre e seus interesses pessoais.

Quer fazer diferente, quer mudar pra melhor seu país e o futuro dos seus filhos, entre para a política, senão, é isso, a foto diz tudo.

Anônimo disse...

e tem muitos ali com cara de velho, sao os tais alunos-profissionais do PT

Anônimo disse...

Políbio...pelo amor de Deus, revise a informação, não tem como ser uma sala de aula da nossa estimada UFRGS... por favor verifique sua fonte !!

Anônimo disse...

O detalhe é que até um excelente professor tem bloqueado seu conhecimento em uma sala como essa e pouco consegue transmitir enquanto um aluno, que já recebe pouco do mestre, quase nada pode absorver. A melhor medida para um aluno, nesta situação, é ficar com os olhos fechados.

Anônimo disse...

Em que se transformou a UFRGS onde estudei na década de 70. Será que essas mentes conseguem passar em algum concurso ou se transformarem em um profissional de nível superior com algum talento. A maioria vai virar político do PT.

Anônimo disse...

Favor informar qual sala e de qual prédio. Foto de diretório acadêmico não vale.

Anônimo disse...

INTERVENÇÃO MILITAR NAS FEDERAIS JÁ!

Anônimo disse...

Isso não é aula.... é convescote...

Anônimo disse...

Nao é uma sala de aula, é um bordel !!

Anônimo disse...

Com certeza deves conhecer todas as instalaçoes da universidade.

Anônimo disse...

Acho interessante o editor publicar isso sem verificar a autenticidade. Que as esquerdas dominam as universidades(principalmente a área de humanas), as escolas, o jornalismo, os centros culturais eu não discordo. No entanto, acho pouco provável que isso seja uma sala da UFRGS.

Anônimo disse...

Quiçá muitos desses "barbudinhos" que aparecem nessa foto aí são filhos de comentaristas desse blog! E todos pagamos a conta de sustentar esses vagabundos...

Anônimo disse...

Faculdades públicas deveriam apenas manter os cursos de exatas e da área da saúde.

Querem estudar sociologia, filosofia, pedagogia, assistência social, e o resto todo de humanas, PAGA.

Todos os países desenvolvidos com grandes economias, investem pesado em exatas, engenharias, TI, indústrias farmacêuticas, médicas, alta tecnologia. Isso que traz dinheiro pra um país. Isso que desenvolve uma nação.

Basta pegar os países com mais nível tecnológico e industrial e perceber a colocação deles no ranking do PISA (ensino), PIB, etc...

Governo tem que manter (com o nosso dinheiro), aquilo que nos trará retorno. E não manter uma fábrica de militonto em cada universidade federal e estadual no país inteiro.

Anônimo disse...



Futuramente serão grandes negociadores de arroz como alguns eméritos deputados do PT!

Ultra 8 disse...

Graças a Geisel, as universidades estão lotadas de doutrinadores esquerdistas.

1964, foi uma grande revolução esquerdista, patrocinada pelos militares.

A esquerda não surgiu espontaneamente no Brasil, os militares são os colaboradores desta tragédia política.

Anônimo disse...

Editor: isso é provavelmente um Diretório Acadêmico (de Humanas) do Campus do Vale.

Anônimo disse...

A UFRGS tem uma didática que fortalece o aluno e o faz seguir estudando a vida inteira, a manter-se constantemente atualizado , mas as instalações sempre foram um horror...

Bobagem, a UFRGS não tem "uma didática que fortalece o aluno e o faz seguir estudando a vida inteira" coisa nenhuma, o que ocorre (muitas vezes) é que a AUSÊNCIA de didática obriga o aluno a "se virar" (pelo menos nas exatas é assim). Nada contra direcionar o aluno à sua autonomia, mas isso serve como desculpa pra alguns professores flagrantemente ausentes continuarem se esquivando e fazendo o mínimo possível. Pra que gastar recursos públicos com altos salários se este modelo é adotado? É só mandar os alunos estudarem por conta e depois irem fazer a prova, como no vestibular.

Anônimo disse...

EIS OS PROFISSIONAIS MERDAS DE AMANHÃ....

Anônimo disse...

Parte os professores estão presos nesta ideologia.
Se não se curvam e trabalham em prol dessa ideologia, não progridem dentro da Universidade, e ficam escanteados dos demais que dominam a administração da instituição.
Por isso acabam se prostituindo, em troca de um mestrado ou doutorado, coordenação de curso, progressões, etc...

Anônimo disse...

Esperava-se que os militares iriam acabar com esse aparelhamento político dentro das instituições de ensino, mas foi ledo engano. Só queriam se apoderar do poder e da riqueza do país e mais nada.

Anônimo disse...

Que lixo! Faz um seminário do MST parecer mais limpo e apresentável.. é a extrema juventude brasileira se preparando para tomar o poder e fazer a revolução marxista...

Anônimo disse...

Percebe-se o nível Intelectual, Moral e Ético dessa turma em aceitar um lixo como sala de aula. Se aceitam tal situação é porque se acham em sintonia com o ambiente. Pior é que o trabalhador é quem tem que bancar esse tipo de nulidade nas Universidades Públicas com o suado dinheiro público arrecadado através de pesados impostos a que somos obrigados a pagar. Até quando? Acorda Brasil!

Anônimo disse...

Observando essa foto da UFRGS consigo enxergar a decadência do Ensino Público no Brasil. É preciso o Brasil rever seus conceitos na Educação, exterminando esses cursos que nada irão contribuir para o Desenvolvimento do país e acrescentando outros que sejam mais atraente no Mercado de Trabalho. É dinheiro público colocado fora.

Anônimo disse...

Vão estudar e tentar passar lá. Isso é só dor de cotovelo.