Dia 29, Dilma será interrogada no Senado pelos crimes que cometeu no governo. Antes, fará defesa própria.

O Senado Federal agendou para o dia 29 o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff no julgamento final do impeachment. A petista confirmou nesta quarta-feira que fará pessoalmente sua defesa em plenário. O roteiro da derradeira votação foi definido em reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que presidirá a sessão, e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O julgamento terá início às 9 horas do dia 25, próxima quinta-feira.


Na primeira etapa, senadores poderão apresentar questões de ordem, sobre as quais Lewandowski terá de decidir. Haverá intervalos a cada quatro horas. Na sequência, começa a oitiva de testemunhas: duas de acusação e seis de defesa. Essa fase deve se estender por toda a sexta e madrugada de sábado. Se as oitivas se encerrarem no sábado, o julgamento será retomado na segunda-feira. Do contrário, não há previsão de interrupção dos trabalhos. 

No dia 29, Dilma terá meia hora para falar. 

Começam, então, as perguntas dos senadores, acusação, defesa e do presidente do STF – Dilma tem o direito de permanecer calada.

Sartori manda contratar 530 brigadianos

O clamor público açoitou o governo Sartori, que teve que antecipar seus planos.

Ao lado, fac simile do ato assinado pelo governador interino.

O governo gaúcho acaba de autorizar a contratação de 530 novos brigadianos, conforme expediente assinado durante a tarde pelo governador em exercício José Paulo Cairoli.

Eles tinham sido aprovados em concurso.

424 irão para a Brigada e 108 para o Corpo de bombeiros.

Nesta segunda-feira, foi autorizada a abertura de concurso público para 106 servidores do Instituto Geral de Perícia.

O expediente encaminhado à corporação no final da tarde, é parte da implementação do Plano Estadual de segurança Pública, lançado em junho pelo governador Ivo Sartori. O plano também contempla a convocação de novos policiais civis e a realização de concurso para a Susepe.

Artigo, Marli Gonçalves - A carta de Dilma

Faz uns três meses que uma tal carta começou a ser escrita e nunca se viu tantas idas e vindas, tantos rascunhos, tantos garranchos, tanto tira e põe, tanta gente se metendo, palpitando, igual ao governo que não fez. Essa carta podia mesmo ser só um ponto final.

Cabeçalho: Brasília, (__) de agosto de 2016. Destinatário: Ao Povo Brasileiro. “Desculpem qualquer coisa. Sei que estou sendo afastada pelo conjunto da obra e de minha teimosia, que acabaram desenhando os acontecimentos que vivemos. Grata pela compreensão, e um pedido: não gostaria que se associasse isso tudo ao fato de eu ser mulher. Não tem nada a ver. Apenas me uni a um projeto de poder político que se mostrou patético e falido”. Assinado, Dilma.

Pronto, estava dito.

Mas não. Quer porque quer causar. Sair batendo o pé. Agora a coisa está piorando e a tal missiva ameaça até ser uma espécie de carta-testamento, tipo a de Getúlio Vargas – sem o suicídio, esperamos, claro, que ninguém quer sangue. Dá para acreditar? Mais, a ameaça continua: poderá não ser só uma carta, mas duas.

CLIQUE AQUI para ler. O artigo foi publicado originalmente no blog Chumbo Grosso, Carlos Brickmann.

Publicidade - Visite esta noite o Bier Markt, Porto Alegre

Segurança própria de rua. Calor forte para frio intenso. Estacionamento fácil. Também gastronomia.
  
Reserve confraternização com seus amores, colegas, funcionários e amigos. Primeiros lugares de Veja em várias edições, com melhores cartas de cervejas ou de chopes artesanais. São mais de cem rótulos de diversos Países. Também petiscos inspirados na gastronomia alemã. 

Biermarkt
Rua Castro Alves, 442
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

Biermarkt Vom Fass
Rua Barão de Santo Ângelo, 497
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS
  
Localização, dicas, serviços: www.biermarkt.com.br

Artigo, Claudio Tognolli - O fator Alexandrino Alencar: um perigo para Lula.

… Se Alexandrino falar com o que sabe, o futuro de Lula será mais negro do que asa de graúna…ou do que já é
Publicado originalmente no Blog de Claudio Tognolli no Yahoo - https://br.noticias.yahoo.com/blogs/claudio-tognolli/

Escreveu Lauro Jardim, O Globo, domingo: “A conversa do lobista da Odebrecht Alexandrino Alencar com os procuradores da Lava-Jato, na semana passada, para negociar sua delação premiada, foi basicamente em torno de Lula. Alencar acompanhou Lula em diversas viagens internacionais, em suas palestras.”

Bem… Há mais de ano este blog tem insistido que Alexandrino é capaz (e hoje talvez seja o único) de deixar Lula em estado demencial.

Vamos resgatar o peso atômico de Alexandrino.

No dia 19 de junho de 2015 a Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira a 14ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Erga Omnes, contrate as construtoras Norberto Odebrecht e Andrade Gutierrez. Cerca de 220 agentes cumpriram doze mandados de prisão e 38 de busca e apreensão em quatro estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul).

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Dólar emenda 5ª alta seguida e fecha a R$ 3,212.

O dólar comercial fechou esta quarta-feira em alta de 0,55%, cotado a R$ 3,212 na venda.

Foi o quinto avanço seguido da moeda norte-americana, que havia subido 0,17% na véspera.

O dia foi marcado pela ata do Fed (BC dos EUA) sobre juros e por nova intervenção do BC brasileiro no mercado de câmbio.

Das 8 medalhas do Brasil nesta Olimpíada, 7 são de atletas militares

Por enquanto, o único medalhista brasileiro não-militar dos Jogos Olímpicos Rio 2016 é Diego Hypolito. Todos os demais são das Forças Armadas.

Ao lado, banner que já circula nas redes sociais. Ao centro, a bandeira do RS.

Toda a polêmica vazia sobre atletas militares que prestam continência é tão estapafúrdia que pode servir de cortina de fumaça a um fato mais óbvio (sim, às vezes cria-se uma polêmica acessória para esconder o assunto principal). A pauta é outra: os atletas militares compõem a quase totalidade das medalhas conquistadas pelo Brasil na Rio 2016, ao menos por enquanto. Das oito, nada menos que SETE são de esportistas das Forças Armadas. Confiram a lista:

Ouro
Rafaela Silva – Judô – 3º Sargento da Marinha

Prata
Arthur Zanetti – Ginástica Artística – 3º Sargento da Aeronáutica
Felipe Wu – Tiro Esportivo – Sargento do Exército

Bronze
Arthur Nory – Ginástica Artística – 3º Sargento da Aeronáutica
Rafael Silva – Judô – 3º Sargento do Exército
Mayra Aguiar – Judô – 3º Sargento da Marinha
Poliana Okimoto – Maratona Aquática – 3° Sargento do Exército.

Até 12 de agosto, saída de dólares do país supera entrada em US$ 11 bi

O fluxo cambial do ano até o dia 12 de agosto ficou no vermelho em US$ 11,085 bilhões, ante saldo negativo de US$ 9,111 bilhões visto no ano até o fim de julho, informou nesta quarta-feira o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 8,108 bilhões.

A retirada de dólares pelo canal financeiro neste ano até 12 de agosto foi de US$ 40,892 bilhões. Este resultado é fruto de entradas no valor de US$ 260,986 bilhões e de envios no total de US$ 301,878 bilhões. 

O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Parques Marinha e Redenção terão cercamento eletrônico em Porto Alegre

Foi assinado nesta quarta-feira o termo de de execução do Projeto do Cercamento Eletrônico dos Parques Farroupilha, a Redenção, e Marinha do Brasil. Os serviços, que incluem instalação elétrica, de cabeamento e de fibra ótica, além da colocação de postes, serão iniciados em, no máximo, cinco dias.

Atualmente, o Parque Marinha conta com seis câmeras de video-monitoramento e a Redenção com cinco.

De acordo com o secretário municipal de Segurança, Juarez Fraga, a implantação do projeto viabiliza melhorias na proteção social da Capital.

Intenção de consumo das famílias gaúchas despenca em agosto

A intenção de consumo das famílias gaúchas registrou nova queda no mês de agosto, agora de 26,6% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo matéria do jornal do Comércio, o indicador teve resultado negativo em todos os seus componentes, atingindo 56,3 pontos, o menor patamar da série histórica, iniciada em janeiro de 2010.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira na pesquisa Intenção de Consumo das Famílias Gaúchas – ICF, realizada pela Fecomércio-RS.

Apesar da pequena melhora do ICF em relação ao mês de julho, o resultado marca um pessimismo bastante acentuado por parte dos consumidores gaúchos. “O mercado de trabalho permanece enfraquecido, impactando negativamente a renda e a confiança das famílias", afirmou o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, em nota.

Bumlai, amigo de Lula, diz à PF que Marisa pediu 'ajuda' para ampliar sítio

O pecuarista José Carlos Bumlai declarou nesta quarta-feira, ao delegado Marcio Anselmo que a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, mulher do ex-presidente Lula, queria ampliar Santa Bárbara, em Atibaia, para passar os fins de semana. Bumlai prestou depoimento na Superintendência da Polícia Federal, em São Paulo.

O pecuarista chegou e saiu da sede da PF amparado pelos advogados Daniella Meggiolato e Conrado de Almeida Prado.

A Operação Lava Jato suspeita que o sítio seja do ex-presidente Lula. Com 180 mil metros quadrados de área e composto por duas propriedades com matrículas distintas (19.729 e 55.422), o Sítio Santa Bárbara foi comprado no fim de 2010, no mesmo dia, pelo valor total de R$ 1,5 milhão.

Os dois imóveis foram adquiridos em nome dos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna. Ambos são sócios dos filhos do ex-presidente Lula.

Dilma terá 30 minutos para defesa no julgamento final do impeachment

O julgamento final do impeachment está marcado para começar na quinta-feira, e a previsão é que a presidente afastada Dilma Rousseff venha ao Senado apresentar a sua defesa na segunda-feira, dia 29. A oitiva das testemunhas pode se estender durante o fim de semana. Todo o processo será conduzido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.

A sessão está marcada para começar às 9h. Após a verificação do quórum mínimo, o presidente do STF declara o julgamento aberto.

Só metade dos candidatos de Porto Alegre poderiam participar dos debates

Esprimidos com sardinha nos estúdios da Rádio Gaúcha. E isto que ali faltam dois candidatos e mais os debatedores da emissora.

Caso restringissem ao que dispõe a legislação eleitoral, as emissoras de rádio e de TV de Porto Alegre não seriam obrigadas a superlotar seus debates, inviabilizando qualquer duelo digno deste nome.

Acontece que os candidatos Luciana Genro (Psol), Júlio Flores (Pstu), João Carlos Rodrigues (PMN), Fábio Osterman (PSL) e Marcelo Chiodo (PV) não integram Partidos com bancada federal superior a 10 deputados, o que quer dizer que só podem participar dos debates se forem convidados pela emissora e seus adversários permitirem.

Então, por que há superlotação nos estúdios:

1) As emissoras temem patrulhamento, sobretudo por parte do Psol, cuja candidata lidera as pesquisas de intenções de votos.
2) Os adversários - Melo, Maurício, Marchezan Júnior e Pont - não vetam ninguém, pelas mesmas razões das emissoras.

O eleitor que escolheu os deputados e que agora é obrigado a suportar discussões que não se completam, acaba sendo respeitado nas suas decisões.

Vinícola gaúcha Guatambu, Dom Pedrito, lança linha de vinhos ultra premium

CLIQUE AQUI para saber o que foi o Baila dos Anastácio 
Rótulos Lendas do Pampa tem edição limitada e já chegam ao mercado premiados.São vinhos mais encorpados, com muita personalidade e identidade. A vinícola está localizada na Campanha Gaúcha:  solo de rochas granulíticas, 14º C de amplitude térmica, mais de 2300 horas de sol no verão, topografia levemente ondulada e inverno adequado para dormência da videira.

A Guatambu Estância do Vinho, de Dom Pedrito, RS, lança novos rótulos de vinhos tintos varietais que chegam ao mercado ainda no final de agosto. A nova linha ultra premium da marca apresenta três produtos: os vinhos Lendas do Pampa Tempranillo, Lendas do Pampa Cabernet Sauvignon e Lendas do Pampa Tannat com no máximo 1.200 garrafas numeradas cada um.

Elaborados com as melhores parcelas de cada uva (de plantas de 13 anos de idade), foram vinificados de forma a extrair o máximo potencial de cada variedade, para expressar por completo o terroir dos vinhedos da estância, 

Dois dos três lançamentos já chegam ao mercado premiados: os vinhos Lendas do Pampa Tannat e Lendas do Pampa Cabernet Sauvignon receberam no dia 03 de agosto, Medalha de Ouro na Grande Prova Vinhos do Brasil 2016, junto com outras três bebidas produzidas pela vinícola. Os vinhos estarão à venda em representantes da Guatambu pelo valor sugerido de R$ 120,00 ou pelo site guatambuvinhos.com.br.

- A Guatambu é uma vinícola boutique que trabalha com administração familiar, em pequena escala, somente com uvas próprias, lotes limitados e garrafas numeradas, em Dom Pedrito, na Campanha Gaúcha, desde 2003. A visitação é aberta ao público. 

Conheça tudo: 
www.guatambuvinhos.com.br/

Programas eleitorais de rádio e TV começarão dia 26

Os programas eleitorais de rádio e TV começarão dia 26, mas até agora a Justiça Eleitoral não definiu calendário e tempo para cada candidato.

Martinelli faz o marketing da campanha à reeleição de Arthur Virgílio, Manaus

O jornalista Marcos Martinelli, premiadíssimo depois que fez o marketing vitorioso das campanhas eleitorais do prefeito José Fortunati e do governador Ivo Sartori, foi de mala e cuia para o Amazonas.

Ele já coordena o marketing eleitoral da campanha à reeleição do prefeito de Manaus, o tucano Arthur Virgílio.

Artigo, Milton Pires - Maria do Rosário nunca mais

A recente presença da Deputada Maria do Rosário numa manifestação dos médicos gaúchos é a prova da existência de um monstro que não cessa de se transformar para permanecer vivo na mídia e na vida política da Nação.

Militante de uma Organização Criminosa disfarçada de “partido político”, Maria do Rosário fez toda sua carreira relativizando o crime, dividindo a responsabilidade dos autores com a sociedade e alegando a existência de uma “dívida histórica” com os marginais.

O assassinato cruel da médica Graziela Muller Leria, de 32 anos, é o resultado de treze anos de um governo que sempre defendeu bandidos, que tirou, com o estatuto do desarmamento, a última chance de defesa do cidadão comum e que destruiu e humilhou os médicos do Brasil.

Dentro da administração pública, em todos os níveis, o PT assediou moralmente os médicos, exonerou, perseguiu e denunciou junto aos Conselhos Regionais de Medicina todos aqueles que tiveram a coragem de enfrentar sua verdadeira legião de militantes no serviço público. Para fazê-lo aproveitou-se daqueles “profissionais da saúde” recalcados, gente de quinta categoria que se associou ao PT constituindo aquilo que Hannah Arendt chamava de “ralé”.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Dilma escreveu carta para a lata do lixo

Engana-se a editora de Política da RBS, Rosane de Oliveira, ao abrir o seguinte título na sua página de hoje do jornal Zero Hora:

- Dilma escreve carta para a história.

É que a carta foi escrita para a lata de lixo.

Inspirada, a jornalista ainda produziu outra pérola para a jóia da coroa, no caso esta avaliação sobre o debate realizado ontem na Rádio Gaúcha:

- Foi um encontro de sete cavalheiros e uma dama.

A dama, claro, é Luciana Genro, que no entanto não usou rendas.

Os demais gostaram de ser chamados de cavalheiros, mesmo que alguns sejam apenas cavalheiros da segunda decadência.

O neotrotiskista petista Raul Pont é o candidato mais rico destas eleições de Porto Alegre

O candidato mais rico das eleições para prefeito de Porto Alegre é o neotrotskista petista Raul Pont. Os ativos que ele registrou na Justiça Eleitoral somam R$ 2,2 milhões.

Ninguém mais soma sequer R$ 1 milhão.

O mais pobre é o liberal Fábio Osterman, que tem ativos equivalentes a dois salários mínimos, menos do que o comunista de extrema esquerda Júlio Flores, PSTU, que declarou possuir R$ 60 mil, no caso o valor de um apartamento cujo endereço ele não forneceu.

Os dois candidatos que ponteiam as pesquisas podem ser consideradas pessoas físicas de classe média baixa:

Luciana Genro, Psol, R$ 201 mil
Sebastião Melo, R$ 548 mil

Os valores dos imóveis  declarados - exceção de Raul Pont - foram subestimados por todos os candidatos. O leitor ganharia muito dinheiro, caso os candidatos vendessem o que possuem pelo que declararam valer. 

Juiz Sérgio Moro aconselha Lula:"Devolva os presentes que levou para casa"

O Planalto informou ontem que a faixa presidencial foi localizada, mas não o broche de ouro com o brasão da república que a emoldura. Lula pagou R$ 55 mil pela faixa.

No despacho em que negou pedido dos advogados de Lula para que se colocasse sob suspeição nos casos do ex-presidente, o juiz Sérgio Moro abordou o caso dos presentes recebidos e levbados para casa pelo líder petista.

Leia:

- Examinando sumariamente o material apreendido, há alguns bens que, se recebidos como presentes durante o exercício do mandato de presidente da República, talvez devessem ter sido incorporados ao acervo da Presidência.

Este trecho do despacho saiu hoje no Estado.

Devolva, Lula.

CLIQUE AQUI para ler breve lista do que Lula levou embora (com fotos).
CLIQUE AQUI para ler reportagem de O Globo sobre parte das jóias depositadas em cofre forte do Banco do Brasil em SP. São 23 caixas lacradas. Outros 10 contêineres de presentes estão em depósito bancado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Antes, estavam sob custódia da OAS, que pagou R$ 1,3 milhão pelo aluguel da armazenagem em Barueri.

Revelações que o ex-presidente fez dentro de uma avião, revelam como ele conseguiu “levantar” o Partido dos Trabalhadores

Vídeo alvo de ação judicial, contém informações de Lula explicando como usou a igreja católica para chegar ao poder. Ele mostra detalhadamente como usou as pessoas, as comunidades.

Este vídeo já foi alvo de ação na justiça contra o Youtube, Google.

É o vídeo que assessoria de Lula tenta todos os dias tirar de circulação, assista e compartilhe.

Governadores do Norte querem compensações por benefícios para governadores gastadores do Sul

Senadores das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, insatisfeitos com o projeto de renegociação da dívida dos Estados - ainda em tramitação na Câmara dos Deputados - já começam a se articular para paralisar a proposta no Senado até que o governo federal atenda as contrapartidas exigidas pelos governadores. Enquanto Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul respondem por 84% da dívida dos estados com a União, as regiões Norte e Nordeste juntas são responsáveis apenas por 9%. Dessa forma, os governadores desses estados buscam apoio no Congresso Nacional para aprovar propostas que também os beneficiem e pedem um apoio imediato de R$ 7 bilhões

Antes do encontro de ontem entre 12 governadores do Nordeste com Temer, os governadores visitaram o Senado, pedindo ajuda das bancadas para travar a proposta de renegociação da dívida.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai mediar as negociações entre governadores e o presidente Temer. Ele disse: "Nem todos os estados possuem dívida com a União e a União precisa dos estados. Cabe ao Senado a defesa do equilíbrio". Representantes de pelo menos 10 estados estiveram no Senado, entre governadores e vices. Em seguida, foram se reunir com o presidente interino no Palácio do Planalto.


Os governadores das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste reivindicam um repasse de R$ 7 bilhões, como forma de compensação ao acordo da dívida dos estados com a União. Menos endividados, os governadores reclamam da falta de recursos disponíveis para que eles possam retomar investimentos.

Você já foi assaltado, hoje, em Porto Alegre ?

A entidade dos policiais diz que a cada 5 minutos alguém é assaltado em Porto Alegre, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 30 dias por mês, 365 dias por ano, chova, faça sol, seja feriado, domingo ou dia útil. São 7.500 assaltos por mês na Capital. 

Estes dados foram divulgados ontem pela Ugeirm Sindicato, que representa os policiais civis do RS, todos relativos a ocorrências do primeiro semestre, comparativamente a igual período do ano passado:

Latrocínios, + 34,9%
Assassinatos, +6,1%
Em ambos os casos, como é claro, gaúchos são mortos por bandidos.

Assaltos - +19,6%

O viés é de alta.

O governo Ivo Sartori é incapaz de impedir o descontrole e não trata a questão da segurança pública como questão de vida ou morte. 

Lula e Dilma, devolvam os presentes !

A nova consigna que rola nas redes sociais é dirigida a Lula e Dilma:

- Devolvam os presentes. 

É simples assim.

Dados da CNI confirmam que confiança do setor industrial seguiu em elevação em agosto

O índice de confiança do empresário industrial atingiu 51,5 pontos em agosto, segundo os dados divulgados ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Descontada a sazonalidade, o patamar é equivalente a uma alta de 8,0% na margem, marcando o oitavo avanço consecutivo do indicador e trazendo a primeira informação referente a agosto – movimento que deve ser observado nos demais índices de confiança que serão conhecidos nas próximas semanas

O resultado refletiu as elevações de 9,2% e de 6,1% dos indicadores de situação atual e expectativas, nessa ordem. 

Na comparação inter-anual, o índice subiu 38,8%. 

À medida que a confiança industrial mantém essa tendência de recuperação, a estabilização da atividade na indústria neste terceiro trimestre ganha força, devendo levar o PIB do País a apresentar resultados menos negativos nas próximas divulgações.

Inflação do IGP-10 diz que há deflação em agosto

A deflação do IGP-10 de agosto foi impulsionada pela queda dos preços agropecuários e industriais.


O IGP-10 mostrou queda de 0,27% em agosto, em linha com o esperado pelo mercado (-0,25%) e abaixo da projeção de bancos como o  Bradesco (-0,20%), conforme divulgado há pouco pela FGV. 

A queda do índice, que sucedeu avanço de 1,23% em julho, refletiu  a deflação de 1,66% do IPA agropecuário, ante alta de 3,32% registrada no mês passado. No mesmo sentido, o IPA industrial passou de uma elevação de 0,37% para um recuo de 0,11% nesse período. A desaceleração do INCC, que oscilou de uma elevação de 1,76% para outra de 0,23% também contribuiu para o resultado do IGP-10. Por fim, o IPC acelerou de uma alta de 0,27% para outra de 0,38% entre julho e o mês corrente, diante da maior alta em seis de seus oito itens. Para as próximas leituras, espera-se que a deflação do IPA agropecuário perca força, refletindo a alta dos preços de algumas frutas e tubérculos. Já o IPA industrial deve apresentar resultados semelhantes ao observado no indicador divulgado hoje.

Quer ajudar, Maria do Rosário ? Renuncia.

Enxotada aos gritos da manifestação pública feita ontem por médicos, familiares e amigos de Graziela Leria, assassinada por bandidos em Porto Alegre, a deputada Maria do Rosário usou o seu Twitter para tentar justificar sua presença no local.

O que escreveu a deputada no seu Twitter:

- Não me omiti diante da dor e voltei. Quantos "políticos" foram ali ? Pensei em ajudar. As ofensas que fizeram deveriam ser direcionadas a quem não parou.

Os leitores foram duros nas respostas. Kairalla Filippos sintetizou a revolta diante da atitude oportunista da deputada:

- Quer ajudar ?? Renuncia. 

A deputada foi muito hostilizada e só não resultou agredida em função da qualidade dos manifestantes.

O local escolhido pela petista não podia ser pior, porque ela é justamente apontada por médicos e por vítimas de bandidos, tudo porque apoiou os governos Lula e Dilma, que atacaram os médicos brasileiros, sobretudo por ocasião do lançamento do programa Mais Médicos, e porque tem registrado atitude militante em defesa dos direitos humanos dos bandidos. Também contou a sua condição de petista, cujos principais líderes são colocados neste momento sob duro escrutínio da opinião pública, investigados, cassados, denunciados, julgados e enfiados na cadeia como bandidos. 

Missão de Sartori à Argentina saiu na contramão

O governador Ivo Sartori viajou para a Argentina para fortalecer o Mercosul, justamente no momento em que Michel Temer mais trabalha para enfraquecer o Mercosul.

Os combalidos contribuintes gaúchos agradeceriam se Sartori ficasse aqui para fortalecer o RS.

Esta viagem de Sartori à Argentina só não foi mais inútil do que as missões comandadas pelo ex-governador Tarso Genro ao Uruguai e a Cuba.

Artigo, Elio Gaspari, Correio do Povo - O monólogo vazio de Dilma

Monólogo de Dilma, ontem, no Alvorada. O segundo da esquerda para a direita é o gaúcho Miguel Rosseto.


Plebiscitos, pactos e reformas são mercadorias vencidas do armazém intelectualmente exausto do petismo

Dilma Rousseff leu sua carta ao povo diante de jornalistas, mas não aceitou perguntas. Ela gostaria de ir ao Senado para apresentar sua defesa, mas não quer perguntas. Foi esse gosto pelo monólogo que a levou ao ponto onde está. Mesmo assim, há monólogos que ilustram. Esse não foi o caso da carta lida ontem.

Quando a senhora e o PT não sabiam o que fazer, propunham um pacto. Assim foi em 2013, quando os brasileiros foram para a rua. Ela ofereceu cinco pactos e mudou de assunto semanas depois. Ontem, novamente, ofereceu um “pacto pela unidade, pelo desenvolvimento e pela justiça”. Quando pactos não rendem, surge a carta do plebiscito, e Dilma voltou a tirá-la da manga. Sugeriu a realização de um plebiscito “sobre a realização antecipada de eleições, bem como sobre a reforma política e eleitoral”.

A reforma política é necessária e não precisa de plebiscito, mas é o caso de se lembrar que tipo de reforma era defendida pelo seu partido. O PT queria, e quase conseguiu, a instituição do voto de lista. Ela confiscaria o direito do eleitor de votar no candidato de sua escolha. Esse poder iria sobretudo para as direções partidárias. (O PT teve dois ex-presidentes e três ex-tesoureiros encarcerados.)

Dilma e o PT revelaram-se intelectualmente exaustos.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Expoagas começará dia 23 e irá até o dia 25 na Fiergs

Está confirmado para o dia 23 o início da 35a. Convenção Gaúcha de Supermercados, a Expoagas. O evento também reunirá 347 expositores. A expectativa da Agas, entidade que representa os supermercadistas, é contabilizar a presença de 42 mil pessoas até o dia 25, que poderão gerar vendas de R$ 445 milhões. 6 mil serão representantes de 6 mil empresas de 27 Estados e 9 Países.

A Expoagas irá até o dia 25 na Fiergs.

Projeto de teto para gasto do governo federal enfrenta resistência na Câmara e no Senado

Meirelles, ao lado, enfrenta problemas para fazer ajustes fiscais.


A proposta do governo que limita o crescimento do gasto federal à inflação por até 20 anos, que ainda está na Câmara dos Deputados, já enfrenta resistência de senadores da oposição e também da base aliada do presidente interino Michel Temer (PMDB). Dos 11 senadores que falaram sobre o tema, ontem, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), apenas dois não levantaram restrições à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 241, José Aníbal (PSDB-SP) e Tasso Jereissati (PSDB-CE). Nenhum senador do PMDB, partido de Temer, falou durante o debate.

O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto de Almeida, afirmou que a aprovação da PEC vai obrigar o governo a reavaliar gastos e benefícios fiscais.

O governo projetava um crescimento de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem e vai rever o número para até 1,6%, segundo o secretário. A média do mercado é um crescimento de 1,1%, mas muitos bancos grandes e analistas independentes têm estimativas na faixa de 1,5% e 2%.A se confirmar o processo de impeachment, e se aprovar a PEC do gasto, teremos um ano de muito otimismo no Brasil. 

A  despesa no Brasil é elevada. No ano passado, o gasto público do País foi de 43% do PIB, quando a média dos emergentes é de 31,5% do PIB. 

PP pede audiência a Sartori para reclamar da insegurança pública no RS

A bancada do PP na Assembléia do RS protocolou pedido de audiência no Piratini. Os deputados da base aliada querem discutir com Sartori uma reação imediata ao descontrole na área da segurança pública.

Os líderes Frederico Antunes e Sérgio Turra assinaram o pedido.

Eles pedem que o secretário Wantuir Jacini esteja presente ao encontro.

O problema é que Sartori resolveu passar a semana fora do Estado e o PP não quer resolver isto com o vice, José Cairolli.

O recorde de Mário Jardel

Será protocolado a qualquer momento o recurso preparado pela Assembléia do RS para confrontar a decisão judicial que mandou ouvir o deputado Mário Jardel, cujo processo de cassação já dura cinco meses.

Trata-se do mais longo processo jamais enfrentado antes pelo Legislativo do RS.

Se demorar mais, baterá os prazos que a Câmara leva para cassar Eduardo Cunha.

Lewandowsky e líderes definirão esta manhã como será o bota-fora de Dilma Roussef

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, definirá nesta quarta-feira como será o roteiro do julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff, marcado para começar no próximo dia 25, às 9h, no plenário do Senado. A exemplo do que fez na fase de pronúncia do processo, mais uma vez o ministro vai se reunir no final da manhã desta quarta-feira com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e com líderes partidários para acertar os detalhes.

Uma dúvida diz respeito ao dia em que Dilma poderá comparecer à casa pessoalmente para se defender, caso queira.

Lewandowski terá que definir ainda o tempo que vai durar cada dia do julgamento, além dos intervalos e se serão convocadas sessões no fim de semana, como defendem aliados do presidente interino Michel Temer. Ainda na fase de pronúncia, questionado pelo presidente da Comissão Especial do Impeachment, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), o ministro já tinha adiantado que não pretende marcar sessões no fim de semana.

Movimento Segurança Urgente inicia abaixo assinado no RS

O Movimento Segurança Urgente, que marcou presença na manifestação de ontem em Porto Alegre, passou a chamar um abaixo-assinado com o objetivo de alertar para a falta de segurança no Estado. 

Aline Renz, integrante do movimento, disse que eles estão inquietos pela falta de segurança e que isso precisa mudar:

- Vamos entregar o abaixo-assinado no Ministério Público.

A responsabilidade pela falta de segurança é do governo Ivo Sartori.