Análise, embaixador Rubens Barbosa - Governo e PT atacam o Brasil no exterior

A radicalização da política interna, agravada com o pedido de impeachment da presidente da República, adquire contornos dramáticos com a decisão do PT de mobilizar forças internas e externas para denunciar um pretenso golpe contra a democracia no Brasil. Ministros do Supremo Tribunal Federal explicam que na discussão e votação do impeachment o devido processo legal vem sendo rigorosamente seguido e que é um grave equivoco insistir na tese do golpe e do retrocesso. Além da incitação interna - "não passarão", "vamos à luta" - dos movimentos sociais (CUT, MST, UNE e outros), o Palácio do Planalto estimula ações que vão além das nossas fronteiras.

O governo e o PT não hesitam em fazer uso da máquina pública para tentar desinformar governos estrangeiros, organizações internacionais e a mídia sobre o que está acontecendo no Brasil com o objetivo de deslegitimar o futuro governo e atingir a imagem presidencial. 

(...)

A campanha no exterior adquiriu contornos de realismo mágico quando, depois de mencionar a grave situação e, contraditoriamente, afirmar ser o País uma democracia vigorosa, em evento da ONU sobre clima, a presidente da República pediu a aplicação da cláusula democrática pelo Mercosul e pela Unasul contra o Brasil, se for afastada. Sábado passado, o ministro de Relações Exteriores e o assessor internacional da Presidência visitaram o secretário-geral da Unasul e, em grave atentado contra a soberania do País, formalizaram pedido nesse sentido, em carta assinada por Marco Aurélio Garcia.

Essas demandas inusitadas - não me lembro de nenhum exemplo de chefe de Estado e de governo pedindo graves sanções contra seu próprio país - não levarão a nada, nem interna nem externamente. Com a possível exceção dos países bolivarianos (Venezuela, Equador e Bolívia), nenhum outro aceitará sequer examinar a aplicação da cláusula democrática contra o Brasil.


O que choca é a narrativa de golpe ser usada no exterior pelo governo e pelo PT contra o próprio país e suas instituições. O resultado é um desserviço ao Brasil, pois vai contra o interesse nacional e a imagem do País no exterior.

CLIQUE AQUI para ler todo o artigo do embaixador Rubens Barbosa, conforme publicação no blog Defesanet.

Governo Sartori concede benefício fiscal ao bilionário que comprou a RBS de Santa Catarina

Parisotto gosta de colecionar polpudos incentivos fiscais para seus negócios e também belas mulheres. Ao lado, com a namorada Luiza Brunet, que o deixou em 2013.


Embora o governo Sartori não tenha deixado claro quem seria o principal beneficiário, o fato é que seu projeto de lei 45/2016, aprovado esta tarde com 40 votos favoráveis e dois contrários, beneficia diretamente a empresa Innova, pertencente ao grupo Videolar. 

A Videolar é do gaúcho Lirio Parisoto, o bilionário que acaba de comprar a RBS de Santa Catarina. Ele é um dos maiores investidores da Bovespa. A Innova foi adquirida da Petrobras por R$ 870 milhões, em 2013.

O deputado Ênio Bacci, um dos dois votos contrários, mandou dizer ao editor o que aconteceu:

- O Estado do Rio Grande do Sul vive talvez a maior crise financeira de sua história, sem dinheiro para o básico. Não há recursos para a saúde, educação e segurança. Não há recursos para pagar o funcionalismo público. Então, o poder executivo encaminha um projeto de lei que concede benefício fiscal a uma empresa de um bilionário, um dos homens mais ricos do mundo, que vai ter como benefício valores superiores a R$ 1 milhão e 300 mil reais. Dinheiro este, que vai deixar de entrar nos cofres do Estado.

Dilma foi aconselhada pelo diabo a mentir sem parar, diz editorial do Estadão

O título original do editorial de hoje do jornal O Estado de S. Paulo é "Dilma, a realidade e a fantasia". Leia tudo:

 Decerto aconselhada pelo diabo, aquele a quem ela recorreu em suas campanhas eleitorais, a presidente Dilma Rousseff decidiu adotar de vez a mentira como essência de seu discurso contra os adversários. A petista tem recorrido com desenvoltura e frequência ao engodo e cada vez mais parece acreditar nas fantasias que cria e conta.

Não contente em tentar enganar a opinião pública nacional, especialmente no que diz respeito à legalidade do processo de impeachment, por ela qualificado de “golpe”, Dilma dedica-se agora a espalhar sua farsa mundo afora, conforme se verifica na impressionante entrevista que concedeu à imprensa estrangeira há uma semana. O aspecto mais importante dessa entrevista não foi a reiteração da denúncia do tal “golpe”, algo que já era esperado. O mais importante foi a constatação de que Dilma está perdendo contato com a realidade, especialmente quando resolveu comentar a profunda crise econômica que ela tão cuidadosamente produziu para o Brasil.

Num dos momentos mais extravagantes da entrevista, Dilma declarou: “Nós não temos uma perda de 10 milhões de empregos, como alguns congressistas disseram. Nós não temos. Nós temos, infelizmente, uma perda de empregos, mas ela não tem esse montante, não monta a mais de 2,6 milhões de cargos. O que é uma lástima, o que é terrível”.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Saiba quais são a agenda e o cronograma do impeachment na Comissão Especial

Brasília, via WhatsApp

A partir de amanhã, todas as reuniões da Comissão Especial do Impeachment começarão as 9h. A TV Senado transmitirá tudo. A Globonews diz que fará o mesmo.

O calendário principal preparado pelo relator Antonio Anastasia é o seguinte:

Dia 28 - Oitiva dos denunciantes.
Dia 29 - Oitiva da defesa de Dilma
Dia 4 de maio - Apresentação do relatório de Antonio Anastasia
Dia 6 de maio - Votação do relatório

Aprovado o relatório por maioria simples, ele seguirá para o plenário do Senado, que terá dois dias úteis para votar ali. Para aprová-lo, será preciso 2/3 dos votos.

Placar do Impeachment: 50 a favor e 20 contra

Placar do Impeachment do Estadão, hoje:

A favor, 50
Contra, 20
Indecisos, 2
Não declaram, 7
Não vota, 1

STF rejeita novo habeas corpus pedido por Marcelo Odebrecht

Na Turma de 5 membros que julgou o habeas, Gilmar Mendes e Dias Toffoli quiseram soltar o empreteiro, mas Celso de Mello, Rosa Weber e Teori Zavascki votaram contra.

O STF rejeitou novo pedido de habeas corpus impetrado por Marcelo Odebrecht. O maior empreiteiro brasileiro está preso desde junho do ano passado em Curitiba.

Marcelo já está condenado num dos processos a que responde na Justiça Federal. Ele pegou 19 anos de cadeia, mas recorre.

Márcio Faria da Silva e Rogério Santos de Araújo tiveram suas prisões preventivas convertidas em prisão domiciliar. Além disso eles devem usar tornozeleira eletrônica e se manter afastados da administração da empresa. Os executivos estavam presos desde junho de 2015, durante a 14ª fase da Operação Lava Jato.

Conselho eleitoral habilita oposição a buscar referendo revogatório contra Maduro

O Conselho Eleitoral da Venezuela autorizou nesta terça-feira a oposição a recolher as assinaturas que permitirão a convocação de um referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro, um dia antes de um protesto convocado para pressionar esta decisão.

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) "entregará o formulário para a ativação de um referendo revogatório presidencial", exigido pela opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD), segundo um comunicado do órgão estatal.

A oposição, que controla o Parlamento, tem agora de recolher as assinaturas de 1% dos inscritos nos cadernos eleitorais (197.978) em todo o país, para que seja autorizada a recolher quatro milhões de assinaturas necessárias para convocar um referendo revogatório.

Lojas Renner fechou o primeiro trimestre com lucro de R$ 65,5 milhões, 10% inferior ao mesmo período do ano passado

Caiu 10,5% o lucro da mais vistosa e flamante empresa gaúcha do varejo, Lojas Renner, considerando-se os números do primeiro trimestre deste ano, comparativamente a igual período do ano passado.

No ano passado, no mesmo período, o lucro líquido foi 43,8% maior.

O valor foi a R$ 65,5 milhões.

A receita líquida, apesar disto, foi a R$ 1 bilhão, algo como 6,5% mais do que no ano passado.

Lojas Renner de rua, Padre Chagas, Porto Alegre, hoje, 16h47min: apenas quatro clientes

16h47min

Apenas quatro clientes no piso térreo e no mezzanino da mais nova e sofisticada das Lojas Renner, Rua Padre Chagas, bairro Moinhos de Vento, Porto Aleagre.

É uma loja de rua.

Citroën faz recall do C4 Picasso e Grand Picasso

Os fechos podem não ter resistência suficiente em caso de choque e as fechaduras podem bloquear o mecanismo interno, provocando fechamento incorreto e abertura involuntária de uma ou mais portas. Estão envolvidos unidades do C4 Picasso com numeração de chassi GJ5128 a GJ515452 e do Grande Picasso, GJ514397 a GJ514399.

O atendimento dura quatro horas e pode ser agendado na rede de concessionárias da marca. Informações; 0800 011 8088 e www.citroen.com.br.

Inflação de Porto Alegre recua, mas segue a mais alta entre as capitais

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu em cinco das sete capitais pesquisadas na terceira quadrissemana de abril em relação à segunda leitura de abril, divulgou a instituição nesta terça-feira. Em Porto Alegre, o índice desacelerou para 0,85%, mas seguiu como a inflação mais alta entre as capitais. No geral, o IPC-S recuou de 0,45% para 0,38% entre os dois períodos.

Por região, o IPC-S apresentou decréscimo na taxa de variação de preços em Salvador (0,28% para 0,19%), Belo Horizonte (0,18% para 0,08%), Rio de Janeiro (0,32% para 0,26%), Porto Alegre (0,89% para 0,85%) e São Paulo (0,46% para 0,29%). O IPC-S subiu em Recife (0,32% para 0,42%) e em Brasília (0,37% para 0,49%).

Moro vai a Nova York participar de jantar de gala da Revista Time

O juiz federal Sergio Moro viajou nesta segunda-feira para Os Estados Unidos para participar do jantar de gala promovido todos os anos pela Revista Time para homenagear as personalidades eleitas as mais influentes do mundo. O jantar acontece nesta terça-feira em Nova York.

Moro foi eleito pela revista uma das cem pessoas mais influentes do mundo na categoria “Liderança”, ao lado de personalidades como a chanceler alemã Angela Merkel, os pré candidatos à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump e Hilary Clinton, o presidente Barack Obama e o presidente francês François Hollande.

Exportações gaúchas caíram 9,2% no primeiro trimestre

Mesmo crescendo em volume, as exportações gaúchas registraram, no primeiro trimestre de 2016, o pior resultado para o período desde 2010. Nos três primeiros meses do ano, as vendas externas totalizaram US$ 2,809 bilhões, queda de 9,2% em relação a 2015.

O resultado é explicado pela queda de 17,7% nos preços, que anularam o crescimento de 10,4% no total embarcado. Com isso, o Estado perdeu duas posições entre os maiores exportadores, para Mato Grosso e Paraná (cujos embarques de soja começam antes do que no Rio Grande do Sul), e agora é o sexto principal do País.

Anastasia é eleito relator da comissão do impeachment no Senado

O senador Antonio Anastasia (PSDB/MG) foi eleito, nesta terça-feira, relator do processo de impeachment da presidente Dilma (PT) que tramita em comissão especial do Senado. Mais cedo foi eleito por aclamação, sem contestação, uma vez que não houve candidatura concorrente, o presidente que vai dirigir os trabalhos do colegiado, o senador Raimundo Lira (PMDB/PB).

Apesar de os partidos da base governista (PT, PDT e PCdo B) votarem contra, não houve indicação de candidato adversário ao senador tucano. Anastasia foi eleito com os votos das lidernaças do PSDB, DEM, PSD, PR, PV, PP e PSB.

O futuro presidente da comissão especial adiantou nessa segunda-feira que ainda nesta semana os advogados que apresentaram o pedido de impeachment de Dilma – Hélio Bicudo, Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior – serão ouvidos pelos senadores. No dia seguinte, será a vez do ministro da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, fazer a defesa da presidente.

Temer começa a formatar seu time de ministeriáveis

Brasilia, via Whatsapp:

Este é o cenário da composição que o vice-presidente Michel Temer e sua equipe costuram para o novo ministério. O  governo Temer deverá diminuirá de 32 para 23 o número total de ministérios.

O processo de impeachment de Dilma ainda precisa ser aceito pelo Senado. Mas como a maioria dos senadores é favorável ao afastamento, Temer descarta a possibilidade de haver surpresas. Tão logo isso ocorra, Temer quer fazer um anúncio de impacto para o Ministério da Fazenda. Ele procura alguém que tenha boa aceitação no mercado, capaz de devolver a credibilidade ao governo e de trabalhar pelo equilíbrio das contas públicas.

Conforme destacou Temer durante toda semana, os cotados abaixo assumiriam as pastas a hora que ele os chama-se:

A fotografia de hoje:

1 - Casa Civil: Elizeu Padilha (PMDB/RS)
2 - Secretaria de Governo: Geddel Vieira Lima (PMDB/BA)

3 - Fazenda: Henrique Meirelles
4 - Planejamento - Romero Jucá (PMDB/RR)
5 - Justiça: Antônio Cláudio Mariz de Oliveira
6 - Educação e Cultura: José Serra (PSDB/SP)
7 - Saúde: Ricardo Barros (PP/PR)
8 - Relações Exteriores: Aloysio Nunes Ferreira (PSDB/SP)
9 - MDIC: Paulo Skaf (PMDB/SP)
10 - Integração Nacional: Cacá Leão (PP/BA)
11 - Cidades: Gilberto Kassab (PSD/SP)
12 - Minas e Energia: José Carlos Aleluia (DEM/BA)
13 - AGU: Alexandre de Moraes
14 - Esporte e Turismo: Henrique Alves (PMDB/RN)
15 - Desenvolvimento Social: Ricardo Paes de Barros
16 - Agricultura:
17 - Transportes (C/ Aviação Civil e Portos): Reservado ao PR
18 - Comunicações:
19 - CGU:
20 - Ciência e Tecnologia:
21 - Defesa:
22 - Trabalho e Previdência Social:
23 - Meio Ambiente: Sarney Filho (PV-MA)

Quadrilha aplicou golpes de R$ 7 milhões no Banrisul

Segundo a Polícia Civil, a quadrilha causou prejuízo de R$ 7,5 milhões a instituições financeiras do Rio Grande do Sul. O principal afetado teria sido o Banrisul, do qual a quadrilha teria desviado mais de R$ 7 milhões

A Polícia Civil gaúcha desencadeou nesta terça-feira uma grande operação para prender os integrantes de uma organização criminosa suspeita de fraude e desvio de verbas de bancos. 
Batizada de Operação Stellio, a ação foi desenvolvida em 12 cidades, entre elas Caçapava do Sul, na Região Central. O comando é da Delegacia Fazendária.

Pelo menos 25 pessoas foram presas, entre elas duas ex-funcionárias do Banrisul. Também foram apreendidos 17 carros, joias, duas armas e R$ 20 mil em dinheiro. Os detidos são suspeitos de crimes de lavagem de dinheiro e estelionato.

A polícia não descarta a possibilidade de que outros servidores do Banrisul estejam envolvidos nos crimes. A meta é prender cerca de 30 pessoas.

Os detalhes da Operação Stellio foram divulgados em uma coletiva de imprensa nesta manhã, em Porto Alegre. Conforme os investigadores, a quadrilha mantinha empresas de fachada para obter empréstimos bancários fraudulentos. A garantia dada pelo grupo eram cheques sem fundo ou bens com documentação falsificada. Para que o esquema funcionasse, os criminosos contariam com o apoio de funcionários de bancos públicos e privados.


Além de Caçapava do Sul, a operação é realizada em Porto Alegre, Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capivari do Sul, Cidreira, Imbé, Palmares do Sul, São Leopoldo, Viamão e Santa Cruz do Sul.

Assembléia empurra com a barriga o processo de cassação do deputado Mário Jardel

A Comissão de Ética da Assembléia do RS adiou mais uma vez a oitiva de testemunhas do deputado Mário Jardel.

E empurrará tudo com a barriga até o prazo fatal para a cassação do parlamentar do PSD, 10 de junho.

RS poderá aprovar, hoje, Política Estadual de Biometano

A Assembléia do RS poderá votar esta tarde o projeto que cria a Política Estadual de Biometano. CLIQUE AQUI para conhecer o projeto e a justificativa.

PT e seu satélite PCdoB são fragorosamente derrotados por 16 x 5. Anastasia é eleito relator da Comissão do Impeachment.

Depois de duas horas durante as quais os quatro senadores do PT e a senadora do PCdoB tentaram de tudo para evitar sua eleição, o senador Antonio Anastasia foi escolhido relator da Comissão Especial do Impeachment.

Os outros 16 senadores optaram pelo senador mineiro.

Anastasia, do PSDB, é o mais fiel aliado do senador Aécio Neves. Foi seu vice-governador e depois seu sucessor.

A votação antecipa com exatidão o resultado que acontecerá ao final dos próximos dez dias úteis, quando será votado o relatório que resultará, dois dias depois, aí no plenário, no afastamento de Dilma Roussef.

Abriu a sessão da Comissão Especial do Impeachment

Faltam 17 dias para que o Brasil livre-se de Dilma.

Abriu a reunião da Comissão Especial do Impeachment do Senado. Em seguida serão eleitos presidente e relator.

São 10h30min

TV Senado e Globonews transmitem tudo ao vivo.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do pedido de impeachment.

O reality show do impeachment demonstra a derrocada física e psicológica de Dilma Roussef

Neste retrato sem retoques da alma da presidente Dilma Roussef, Vinicius Mota conta hoje na Folha de S.Paulo que o longo intervalo entre a votação do impeachment na Câmara e o juízo para instalá-lo, no Senado, expõe Dilma Rousseff a um triste espetáculo:

- O "reality show" exibe a derrocada física e psicológica da figura que ocupa, sem exercer, o principal cargo da República. A cada fala em que deslegitima a arquitetura constitucional, a mesma responsável por sua ascensão, Dilma se distancia mais da respeitabilidade. O pior castigo para um mandatário compelido a discursar todo dia é não ser levado a sério.

Ensina Vinicius Mota:     

- Quem seria capaz de manter o equilíbrio, a coerência e o sentido de sua missão institucional numa situação como essa? Quanta crueldade é obrigar um presidente de fato deposto –não há volta para quem reuniu contra si mais de 70% dos deputados– a definhar em praça pública!

O homem mais rico do Brasil, Jorge Lemann, avisa: "Novos rostos, novas pessoas e novas idéias mudarão o Brasil nos próximos dois anos"

Ao lado, uma capa de Veja com Lemann.


Dono de uma fortuna de US$ 30,9 bilhões, Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil e ocupa a 19ª posição no ranking mundial, segundo a revista "Forbes". O empresário, de 76 anos, é acionista da Anheuser-Busch InBev, a maior cervejaria do mundo. 

Lemann considera que a redução da desigualdade deveria ser o "maior sonho para o Brasil".

"Eu moro na Suíça e é ótimo viver numa sociedade em que há muito mais igualdade." Ele reconheceu que a maioria dos suíços é de classe alta.

O comentário de Lemann foi parte da resposta a uma pergunta do consultor empresarial Jim Collins, que o entrevistou no painel. Perguntou Collins:

- Se o Brasil estivesse no seu portfólio, quais seriam as três principais mudanças que o 3G [fundo de investimentos que ele administra faria para melhorar o país?
Não entendo de política. A fórmula básica é juntar um bom grupo de pessoas para administrar as coisas, ter um grande sonho, seguir as informações certas e assumir alguns riscos.

O empresário disse que o "risco" que correria seria juntar um grupo de jovens competentes que pudessem trabalhar juntos, mesmo com ideias diferentes. E avisou:

- O Brasil não é um país de esquerda nem de direita. O único caminho é pelo centro.

Questionado sobre como o Brasil pode aproveitar a crise atual para melhorar, Lemann disse: 

- Eu acho que vai ter muita mudança política nos próximos dois anos. Há uma oportunidade para aparecerem novos rostos, novas pessoas, novas ideias.

Jorge Paulo Lemann e Jim Collins estiveram na mesa de fechamento da Brazil Conference. Organizada por estudantes brasileiros da Universidade Harvard e do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), a conferência reuniu empresários, políticos e pensadores para discutir o futuro do Brasil.

Saiba tudo sobre abertura e fechamento de conta bancária via Internet

O leitor que quiser examinar a nova regulamentação dos processos de abertura e fechamento de conta bancária pela internet, poderá clicar nos dois links a seguir:


Governo Dilma anuncia esta tarde a data do leilão de privatização do Aeroporto Salgado Filho

A Secretaria da Aviação Civil e a Anac divulgam esta tarde o cronograma de leilão para as concessões públicas dos aeroportos de Porto Alegre, Fortaleza, Salvador, Florianópolis.

Serão todos privatizados pelo governo do PT. 

Governo Sartori dá novo calote no funcionalismo

O governo estadual gaúcho vai parcelar os salários dos servidores do Executivo. Fará isto sem dizer novamente ao distinto público qual é a sua agenda e o seu cronograma para que este inferno astral acabe. 

Se é que tem alguma agenda e segue algum cronograma.

Este mês, o funcionalismo receberá uma parcela inicial de R$ 2,5 mil e o restante sairá em suaves prestações.

Ibope mostra que 60% lixam-se para a democracia e 83% estão insatisfeitos com a democracia brasileira

Este cidadão aí ao lado ajudou a emporcalhar a democracia brasileira, já devia estar na cadeia como chefe da corrupção e no entanto continua seu trabalho sujo de sapador das instituições republicanas. 


A pesquisa que o Ibope divulgou ontem, segundo contrato que fez com a CUT, demonstrou que o povo brasileiro possui muito pouco apreço pela democracia.

Somando-se três das quatro respostas a perguntas específicas sobre a democracia brasileira, percebe-se que 60% não consideram que "a democracia é preferível a qualquer outra forma de governo", senão vejamos:

A democracia é preferível a qualquer outra forma de governo
40%

Não importa se o regime é democrático ou não
34%

Em algumas circunstâncias, é melhor um governo autoritário
15%

Não sabem ou não responderam
11%

Pior: 83% dos entrevistados não estão satisfeitos com a democracia brasileira.

Sartori insiste no STF com redução da dívida com a União

O governador Ivo Sartori terá encontros com os ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber, Roberto Barroso e Celso de Mello, todos do STF. Será as 11h. Sartori quer mostrar números sobre a dívida do RS com a União, porque amanhã o ministro Luiz Edson Fachin colocará na pauta do plenário as ações dos governos estaduais ajuizadas no STF, todas visando basicamente o seguinte pedido:

- Aplicação de juros simples nos contratos, atualmente regidos por juros compostos(juro sobre juro).

Ivo Sartori dirá aos ministros que a amortização da dívida e o serviço da dívida pública perdem apenas para o déficit previdenciário. No ano passado, foram pagos R$ 3,7 bilhões à União.  O valor corresponde a 5,5% da receita corrente.

O governador também mostrará que o contrato inicial foi de R$ 9,2 bilhões, R$ 24,8 bilhgões resultaram pagos e a dívida está agora em R$ 51,6 bilhões.

Os cálculos do governo estadual são de que a dívida atual deveria estar em menos de R$ 5 bilhões.

Burmann não quer mais ficar no governo Sartori

Está a caminho a primeira defecção no governo Sartori. É que o secretário de Obras, Gerson Burmann, PDT, depois de um ano e três meses tentando, não conseguiu dinheiro para fazer obras.

Ele avisou ao Partido que quer ir embora.

O governador Ivo Sartori ficou sabendo da novidade pelo jornal.

Temperatura despenca, chove e venta muito em Porto Alegre

Na quinta-feira a temperatura poderá despencar para zero grau no RS.

Neste momento, 9h12min, venta muito, chove muito e faz muito frio (15 graus) em Porto Alegre. O Rio Grande do Sul registra muitas nuvens com chuva e garoa na maioria das regiões, sobretudo em cidades do Centro, Norte e o Leste do Estado. A partir do Sul e do Oeste, nesta terça-feira, haverá melhoria gradual do tempo e o sol até pode aparecer com nuvens. Massa de ar frio de forte intensidade, que trouxe queda de neve atípica para abril na província argentina de Córdoba e já havia derrubado a temperatura no Sul e no Oeste, avança com acentuado resfriamento.

A temperatura despenca na Metade Norte. A Serra terá muito frio. As mínimas ocorrem à noite. O frio chega com vento moderado a forte, trazendo baixa sensação térmica.

As mínimas roscilarão, hoje, entre os  5°C em São José dos Ausentes e os 6°C em Caxias do Sul. As máximas, por sua vez, podem chegar a 21°C em Torres. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 11°C e 19°C.

Comissão do Impeachment elegerá presidente e relator daqui a pouco, 10h

A senadora Ana Amélia Lemos, único gaúcho da Comissão Especial do Impeachment, disse ontem por WhatsApp ao editor que a primeira reunião dos 21 senadores será nesta terça, 10h.

Eles elegerão o presidente, Raimundo Lira, e o relator, Antonio Anastasia.

Anastasia, PSDB, ex-governador de Minas, é questionado pelo PT, PCdoB, PSB e Rede, mas os quatro Partidos só possuem 5 dos 21 senadores.

A própria Ana Amélia, ontem, defendeu o senador mineiro.

A Comissão terá 10 dias úteis para produzir seu relatório.

O presidente, Raimundo Lira, disse ontem a noite que tudo estará votado até o dia 11. Dois dias depois, dia 13, o plenário decidirá sobre o afastamento de Dilma por 180 dias. Durante esse prazo, o plenário julgará a presidente.

Ministério de Temer: Meirelles, Fazenda; Serra, Educação

Brasília, via WhatsApp

Nos bolões de ontem, dois cargos ministeriais já foram definidos pelo vice-presidente Michel Temer:

Fazenda, Henrique Meirelles.
Educação, José Serra

Michel Temer quer assumir no dia 14 de maio com todos os cargos de primeiro escalão bem definidos e prontos para agir.

Busatto esclarece: "Sou contra a corrupção. Por isto votei pelo impeachment"

O deputado Luís Carlos Busatto, presidente do PTB do RS, ex-secretário de Tarso Genro e ex-integrante da base aliada de Dilma, aproveitou o programa partidário de ontem a noite para esclarecer por que razão votou pelo impeachment:

- Nós somos contra a corrupção. Por isto votamos a favor do impeachment.

Luís Carlos Busatto é candidato a prefeito de Canoas, Grande Porto Alegre.