Mercado dá sinais de contentamento com notícia de queda de Dilma na pesquisa do Ibope

Nos Estados Unidos e no Brasil, as bolsas viraram e passaram a subir, após números melhores da economia americana, cenário que no Brasil foi engordado pelas expectativas em relação à pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial, que deve sair hoje, já que o mercado ficou contente com a notícia intramuros de que caíram fortemente os números sobre intenções de votos para Dilma.

. O mercado quer ver Dilma fora do Planalto. 

. A Bolsa abriu a tarde em alta de 1,5% e o dólar foi a R$ 2,32.

- Segundo operadores, a sinalização do Fed de que elevará mais cedo que o esperado as taxas de juros dos EUA não tira, por enquanto, a atratividade do Brasil, que tem taxas de juros a 11% ao ano. 

5 comentários:

  1. o problema não eh o mercado querer a gerenta fora do Planalto...

    mas sim quem eles QUEREM VER no Planalto...

    tipo o Barba, entendeu?

    ResponderExcluir
  2. Mas só a vassalagem é que fica triste com uma notícia alvissareira dessas...

    ResponderExcluir
  3. Isso tudo não passa de mera especulação casada do Ibope, mercado e a mídia. Aposto como vão derrubá-la uns três ou quatro pontinhos. Isso é tudo que a turma do mercado, blocão, oposição e grande mídia quer. Até hoje esses grupos não aceitaram quando ela baixou a taxa de juros. Certamente estão querendo novo aumento. Por isso vão acuá-la. Joguinho mais velho impossível.

    ResponderExcluir
  4. O "mercado" quer tirar a Dilma do Planalto? Vai ficar querendo, pois os cães ladram e caravana passa,.,.,.,.

    ResponderExcluir
  5. FORA DILMA E A PETEZADA PARA SEMPRE, DO RIO GRANDE, DO BRASIL, DO MUNDO E O UNIVERSO...

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.