PF investiga desvios no extinto Ministério do Trabalho e cumpre mandados no RS

A Polícia Federal (PF) cumpre na manhã desta quinta-feira mandados de busca e apreensão e prisão em cinco estados do País, incluindo o Rio Grande do Sul.

A ação faz parte da Operação Gaveteiro, que investiga desvios feitos no extinto Ministério do Trabalho durante a contratação de uma empresa de tecnologia da informação. O contrato aconteceu em Brasília, no Distrito Federal, e nos demais estados investigados, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Norte.

Estão sendo cumpridos 41 mandados de busca e apreensão e dois de prisão em diversos endereços nesses estados. Também foi determinado pela Justiça Federal o bloqueio de aproximadamente R$ 76 milhões das contas dos investigados, que também estão proibidos de deixar o país.

3 comentários:

  1. Mudando de pato pra ganso, veja o seguinte Políbio...
    Nordestino é tido como ingênuo, inocente e tolo politicamente... por isso elege políticos do nível Renan Calheiros, Color de Melo, Ciro Gomes etc.
    Já o carioca é ishhpérrto... elege coisas como Anthony Garotinho, Benedita da Silva, Rosinha Garotinho, Sergio Cabral, Lindberg Farias, Luiz Fernando Pezão... e Rodrigo Maia.
    Vai ser ishhpérrto assim lá na casa do ...

    ResponderExcluir
  2. Que farra ! Aonde puderam, meteram a mão ! Cambada de ladrões ! Merecem é um PAREDÃO !

    ResponderExcluir
  3. Parece que é o amigo íntimo do blogueiro...Ronaldo Nogueira

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.