Sem gerador, Câmara de Porto Alegre fechou as portas na manhã de hoje

Sem poder abrir a casa, esta manhã, devido a tempestade de ontem a tardinha, a presidente interina da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Lurdes Sprenger, MDB, disse ao editor que se empenhará para comprar um gerador.

Em Porto Alegre, quem não tiver gerador, terá problema.

É o caso da Câmara.

5 comentários:

  1. Usar esse dinheiro do gerador pra comprar balanço e escorregador pras crianças se divertirem seria muito mais produtivo pra cidade do que equipar aquela inutilidade com gerador! Câmera de Vereadores fechada é até melhor porque economiza a água e a luz que a população é que paga!!!

    ResponderExcluir

  2. O fato é recorrente.

    O pessoal gosta de criar motivo para não trabalhar mesmo.

    Final de ano a Câmara não devolveu R$15 milhões ao Executivo?

    Dinheiro tem o que falta é vontade.

    ResponderExcluir
  3. Não se perdeu grande coisa.

    ResponderExcluir
  4. Carlos Edison Domingues16 de janeiro de 2020 23:26

    POLÍBIO Com o frechamento das portas da Câmara de Vereadores de Porto Alegre na data do julgamento do ex-presidente da República ficou comprovado que falta GERADOR DE LUMINARES naquela casa. ?Carlos Edison Domingues

    ResponderExcluir
  5. Devido a falta de energia no dia de ontem, e a necessidade dr suspensão do expediente na manhã e tarde da Câmara Municipal proporei que para avaliação da Mesa Diretora a instalação de gerador de energia na Câmara para o funcionamentodos serviços nas situações emergenciais.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.