Trensurb afasta funcionários que impediram circulação de trens


A Trensurb decidiu afastar os funcionários que foram flagrados impedindo a circulação de trens na manhã desta sexta-feira dentro de atos do dia da greve geral. A estatal informou, por nota nesta tarde, que uma apuração avaliará se os servidores cometeram falta grave ao invadir a via ferroviária.

O episódio aconteceu no início da manhã e resultou em registro de ocorrência policial na Delegacia Policial de Pronto Atendimento de Canoas (DPPA). A empresa explica que a apuração de falta grave é uma exigência legal do artigo 494 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

14 comentários:

  1. Falta Grave? Alguém ainda tem dúvidas! Como são incapazes de entregar uma proposta inteligente de desenvolver o país e se manterem nos Mega cargos fornecidos pela máfia política, a qual fazem parte, percorrem o pior estágio que ora apresentam, queimando os trilhos para danificarem o patrimônio que é público e mantido com o suor do trabalhador através dos absurdos impostos, mas não por eles. A Justiça brasileira não é eficiente e capaz de fazê-los pagar pela destruição que os mesmos causaram. Esse é o custo Brasil cobrado de todos.

    ResponderExcluir
  2. Afastou kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Afastamento ? Apuração ?
    Mas ontem escutei na rádio que 6 funcionários do Trensurb foram pegos em flagrante tentando incendiar as linhas.
    Demissão por justa causa e processo penal nesta gente.

    ResponderExcluir
  4. Jogo de Cena. Na pretica nada vai ocorrer. Se chama afastamento remunerado! Privatiza Ja!
    Polibio, em alguns meses vai em busca da informacao pra ver quem foi demitido: ninguem.

    ResponderExcluir
  5. Isso é sabotagem!!!
    Logo, demissão por justa causa!!!

    ResponderExcluir
  6. sem problemas, depois que esquecerem, a justiça do trabalho manda reintegrar com salários maiores.....

    ResponderExcluir
  7. Viés ideológico por parte do Bolsonasno

    ResponderExcluir
  8. Avaliará? Quer dizer que os marginais invadiram os trilhos com nítida intenção de prejudicar a circulação das unidades e isso não é prova cabal de falta grave? O que seria necessário? Que eles arrancassem os trilhos ou sequestrassem a composição? Fala sério! Esse Bananão continua e continuará um Bananão.

    ResponderExcluir
  9. Tem que demitir por justa causa!

    ResponderExcluir
  10. Disponibiliza para o mercado de travalho.

    ResponderExcluir
  11. Justa causa, responsabilização civil e criminal, afinal colocaram em risco a vida dos usuários do Trensurb, sem nenhuma dúvida.

    ResponderExcluir
  12. Bandidos igual Lula e Zé Dirceu. Lixos. Escória da sociedade.

    ResponderExcluir
  13. A TRENSURB afastou funcionários...traduzindo: estão dispensados do serviço, trabalho mas continuarão recebendo seus polpudos salários.
    Se esta empresa pública tivesse uma diretoria realmente voltada para atender os anseios da população da região metropolitana e de seus usuários faria o seguinte;
    1) demitiria por justa causa estes marginais;
    2) acionaria judicialmente os sindicatos, sindimetro, sintec, senge e outros que promoveram esta greve política para ressarcir a empresa pela perda de receita ocorrida no dia da greve, Algo em torno de R$ 720.000,00;
    3)Descontaria dos salários de todos os empregados que aderiram a greve o valor correspondente ao dia parado e inclusive o fim de semana.
    4) anotaria em cada ficha de empregado grevista uma citação de desabono com o fulcro de demissão num futuro próximo;
    5)demitiria também os agitadores, todos ex-diretores da gestão petista, que contrataram gente que não tinham nenhum vínculo com a empresa para promover barricadas nas portarias e portões e acesso às estações para impedir a entrada de funcionários que queriam trabalhar e usuários para utilizar o sistema.
    Contudo, como esta diretoria está apenas interessada nos altos salários que recebem, que é frouxa, pouco preocupada com as necessidades de transporte da população nada disto vai acontecer. Vamos testemunhar isto.

    ResponderExcluir
  14. Que sejam demitidos e processados criminalmente. Estavam ateando fogo nas linhas do trensurb.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.