Irã renova ultimato do pacto nuclear em meio a tensão com os norte-americanos

O Irã continuará reduzindo o cumprimento do acordo nuclear, a menos que outros signatários do pacto mostrem "sinais positivos". A declaração do presidente iraniano ocorreu neste sábado, meios às recentes tensões com os Estados Unidos, devido aos ataques a navios petroleiros na região do Golfo.

Desde o mês passado, Irã parou de obedecer alguns compromissos no acordo nuclear de 2015, depois que os americanos aumentaram as sanções contra Teerã. "Obviamente, não podemos manter esse acordo unilateral", disse o presidente Hassan Rouhani a líderes russos, chineses e asiáticos em conferência no Tadjiquistão.

Ele não deu detalhes sobre quais ações o Irã adotaria, ou quais sinais positivos Teerã gostaria de ver. O presidente russo, Vladimir Putin, garantiu que Moscou aderirá ao acordo e solicitou que outros signatários façam o mesmo.

2 comentários:

  1. O Irã não quer evitar um confronto com os EUA,já foram dadas várias chances para o país islãmico interromper de forma pacífica seu programa nuclear suspeito mas continuam piorando a situação e ainda mais atacando navios petroleiros no estreito de Ormuz.Isso não é bom,pois a paciência dos EUA pode acabar e iniciarem uma guerra que vai fazer pegar fogo em todo oriente médio,senão no mundo.Muita calma nessa hora.

    ResponderExcluir
  2. Irã é uma teocracia e todos os movimentos são para uma guerra santa muçulmana visando uma luta armada contra os infiéis e inimigos do Islã.

    Israel já ameaçou destruir as instalações nucleares iranianas, com um frota de 300 F15 com componentes de aviônica israelenses, tem poderio para atacar. Certa feita Israel fez um exercício sobre o mediterrâneo com mais de 100 caças F15, assustando todos os países europeus e árabes.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.