Indústria naval protesta contra a importação de navios com isenção de impostos para uso na cabotagem

A cidade do Rio Grande observa a tudo isso com muita atenção.

Representantes da construção naval formalizaram manifestação ao Ministério da Infraestrutura sobre a gravidade da Medida Provisória que permite a importação de navios estrangeiros novos e usados para uso na cabotagem, com isenções de impostos.

O Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval), enviou carta ao ministro da Infraestrutura, alertando sobre as consequências da medida. 

 O setor naval perdeu 63 mil postos de trabalho desde o final de 2014. 

10 comentários:

  1. Destruíram toda a cadeia produtiva e os empregos.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao Sérgio Moro pelos 63 mil postos de trabalho perdidos na construção naval, e pelos muitos milhares (ou milhões) de postos indiretos também perdidos.
    Tudo graças a sua ânsia de poder e sua prontidão em agradar a CIA, dando aos americanos acesso ao petróleo brasileiro e a quebra das grandes construtoras que concorriam em pé de igualdade em obras mundo afora, em troca de um cargo de ministro.
    Para isso fez conluio com promotores, sendo o lider da facção de Curitiba, criando provas e delações, conforme vem sendo claramente mostrado no Intercept. E vem muito mais por aí.
    O filha da mãe não deve nem estar dormindo, todo cagado. Bem feito. Averdade sempre prevalece!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ao Sérgio Moro pelos 63 mil postos de trabalho perdidos na construção naval,

    parabens por ter desmantelado um esquema criminoso que surrupiou muitos milhões dos brasileiros e que alimentava empregos em Cuba e na Venezuela...

    pelo seu comentário, da a entender que o senhor gostava de ser roubado por essa quadrilha de larápios...

    ResponderExcluir
  4. @Anonimo das 13:39 - Vai dar meia hora de bunda, petista. Esses 63 mil postos perdidos você sabe muito bem quem são os culpado: Dilma, PT e sua quadrilha.

    Quem criou o maior esquema de corrupção da história que devastou a Petrobras, o principal cliente da industria naval Brasileira, arrebentando com estaleiros privados, como o Estaleiro Mauá? O PT.

    Quem aparelhou a Sete Brasil, estatal naval, e então utilizou ela para desvios milionários de seus clientes, entre eles a Petrobras novamente? O PT.

    Quem ficou em orgia de corrupção com grandes empreiteiras como a Odebrecht, que possuia contratos significativos com a industria Naval? O PT.

    Parabéns ao PT, principalmente Lula, pela maior crise economia da história do Brasil.

    ResponderExcluir
  5. 13:39
    Quer dizer que gastanto 100 reais onde valia 1,00 estava tudo certo?
    Vamos levar 30 anos para recuperar o que foi ro9ubado por seu ladrão de estimação,pingunço mijado.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo das 13:39 deve ter sérios transtornos mentais. O que tem Sergio Moro a ver com importações? Essa gente da esquerda é doente.
    Ah, Lula tá preso, babaca!

    ResponderExcluir
  7. É isso aí, tem abrir as importações para tudo. Quem não tem competência, que não se estabeleça.

    ResponderExcluir
  8. Quem quebrou o Brasil, quem gerou desemprego, quem criou o maior esquema de corrupção do mundo foi o pt e seus apoiadores do centrão.

    ResponderExcluir
  9. Como tem desempregado apoiando.
    Não passam nem em concurso pra lixeiro.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.