Em mais uma declaração polêmica, governador do Rio fala em disparar mísseis


O governador do Rio de Janeiro afirmou que traficantes da Cidade de Deus poderiam ser explodidos por um míssil, caso o estado tivesse autorização da ONU. 

A declaração é mais uma, dentre tantas as polêmicas criadas pelo político carioca. 

"Na vida não tem atalho, é muito estudo e muito trabalho. Agora, o vagabundo, aquele que é bandido, quer o atalho. Nós que somos cidadãos não vamos aceitar isso. A nossa Polícia Militar não quer matar, mas nós não podemos permitir cenas como aquelas que nós vimos lá na Cidade de Deus. E se fosse com a autorização da ONU ou em outros lugares do mundo, nós tínhamos autorização para mandar um míssil naquele local e explodir aquelas pessoas", afirmou Witzel, que foi aplaudido pelos presentes na solenidade. 

22 comentários:

  1. Outro ditador que se elegeu surfando na onda bolsonarista, e que tem o mesmo pensamento...
    Se brasileiro tá ferrado com o Bolsonaro, cariocas estão ferrados em dobro!

    ResponderExcluir
  2. Está abrindo caminho pro PT vender as próximas eleições.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Governador!!

    ResponderExcluir
  4. A Ex Cidade Maravilhosa RJ está em Guerra. Temos que admitir.

    ResponderExcluir
  5. Mas ele falou o que os cidadãos do Rio pensam. Ele fala para os seus eleitores. Quem amedrontado pela criminalidade aplaude essas falas. Não há como negar que o Rio está em guerra e acossado pelos bandidos e pela milícia. Em guerras há mísseis.

    ResponderExcluir
  6. POLÊMICA UM CACETE!

    POLIBIO! ISSO É CONVERSA DE GLOBALISTAS.

    BANDIDO É IGUAL OU PIOR DO QUE TERRORISTA. SIMPLES ASSIM. ESTAMOS EM GUERRA CIVIL.

    ResponderExcluir
  7. Somo os meus aplausos. Parabens Witzel. Pena que aqui no rgs elegemos....

    ResponderExcluir



  8. Mais um débil mental que deixou a Magistratura para sorte dos processados por lá. Gente como ele e Moro são um perigo à aplicação de justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te cala na tua insignificancia ze mane.

      Excluir
    2. Jorge Loeffler nazista. Lixo petista. Teu ídolo é 1 bêbado e ladrão, adimite, verme. Moro não te serve porque é honesto e decente. Teu parâmetro, como petista é Lula, Zé Dirceu e Paulo Pimenta. Como nazista é Hitler e Eichmann.

      Excluir
  9. Hoje para ser eleito basta ser um débil mental, paranóico, desequilibrado, militante.

    O Rio de Janeiro é que deveria ser implodido!

    ResponderExcluir
  10. Certíssimo o governador. Bandido bom é bandido morto

    ResponderExcluir
  11. Kkkkkkkkk

    Que maluco!! Típico de um bozonazista.
    Que seja realizada vossa vontade desde que ele seja bucha de canhão!!! Kkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Defendo o uso de snipers para o abate de criminosos armados com armas de guerra ... afinal ... o que deseja um cara que anda com um fuzil na mão? Independente de ser um fuzil de brinquedo ... que não andem com eles nas mãos. Nós que vivemos no Rio sabemos como são esses bandidos.

    ResponderExcluir
  13. Witzel = sub-produto de Bolsonaro
    Bolsonaro = sub-produto de Moro
    Moro = sub-produto da CIA e NSA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo das 11:29= subproduto da digestão

      Excluir
  14. Caro editor; são todos da mesma tribo, diferente do pessoal da cidade baixa.

    Jair Bolsonaro deu a sua receita para resolver a guerra da Rocinha, num grande evento promovido na semana passada pelo BTG Pactual. Uma solução simples — e idiota.

    A uma plateia de mil executivos do mercado financeiro, Bolsonaro disse que mandaria um helicóptero derramar milhares de folhetos sobre a favela, avisando que daria um prazo de seis horas para os bandidos se entregarem.

    Findo este tempo, se a bandidagem continuasse escondida, metralharia a Rocinha.
    Viva a elite desse governo idiota!

    ResponderExcluir
  15. É O QUE PENSO EM RELAÇÃO AO QUENGRESSO E AO SUPREMO PUTEIRO...

    ResponderExcluir
  16. CORRETO...BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO E PULVERIZADO...

    ResponderExcluir
  17. Cheio de esquerdalha chiliquenta nos comentários. Tá certo o Witzel. Tolerância Zero com essa bandidagem.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns ao governador, com essa bandidagem tem que ser na bala!

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.