Para Antunes, reaver recursos da Lei Kandir é questão de honra

Não teve recesso parlamentar para o deputado estadual Frederico Antunes (PP). No período, que termina nesta terça-feira, ele foi incansável para tentar reaver os R$ 3,9 bilhões que a União deve ao Rio Grande do Sul, referentes à Lei Kandir.

Mesmo que seu partido já não integre mais a base de apoio de José Ivo Sartori (MDB), para ele, ajudar o Estado a receber os recursos devidos tornou-se uma questão de honra.

4 comentários:

  1. Só o Sartori não está interessado em reaver os créditos da lei Kandir.

    ResponderExcluir

  2. ESTADO DO RS...FALIDO...QUEBRADO....TCHE

    FORA A DIVIDA COM A UNIÃO, O ESTADO DEVE MAIS R$ 10 BI DE PRECATÓRIO, MAIS R$ 14 BI DA DIFERENÇA PISO PROFESSORES, MAIS R$ 10 BI DA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES, CONSOME 75% DA RECEITA EM SALÁRIOS DE ATIVOS E INATIVOS SENDO 45% ATIVO/55% INATIVOS....KKKKK

    -O LARA VEM BATENDO TODO 2018 NAS ISENÇÕES FISCAIS, SÓ CORTINA DE FUMAÇA.
    -OUTROS ENTRE ELES O FREDERICO, FALAM NA MESMA COISA LEI KANDIR...COMO TABUA DE SALVAÇÃO....OUTRA MENTIRA...

    tentar reaver os R$ 3,9 bilhões que a União deve ao Rio Grande do Sul, referentes à Lei Kandir.

    ENQUANTO NÃO MUDAR A CONSTITUIÇÃO FEDERAL ELIMINANDO CLAUSULA PÉTREA NA REDUÇÃO DO TAMANHO DO ESTADO, QUE IMPEDE A MUDANÇA REAL E VERDADEIRA, O RESTANTE É PAPO FURADO....


    ResponderExcluir
  3. Retórica de campanha.
    Esse aí não me engana mais.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.