MPF do RS exige que Santander reabra não apenas uma, mas duas exposições do tipo Queermuseu

Na época, chamado a falar, o MPF não viu nada demais nas cenas de putaria explícitas na mostra de "arte moderna" do Queermuseu.

"Isto é uma vergonha", disse esta tardinha ao editor o advogado Adão Paiani, ao tomar conhecimento da decisão. Ele avisou: "Vamos ao CNJ e ao CNMP contra essa meia dúzia de procuradores que resolveram afrontar a sociedade gaúcha". O editor será amicus curiae nas ações, que também serão ajuizadas contra o MPF do RS.

O Ministério Público Federal do RS acertou termo de compromisso com o Banco Santander, autorizando duas novas exposições em Porto Algre, ambas do tipo Queer Museu.

A decisão de encerrar a mostra anterior foi do próprio Santander, depois de pressões fortes da sociedade gaúcha, porque o MPF não quis comprar a briga, mas agora o MPF exige que o banco retome a mostra, ainda que não exija que a coisa seja do Queermuseu, embora faça questão de que a temática seja a mesma.

O acordo é tão surreal e absurdo que o MPF chega ao ponto de detalhar o conteúdo do que quer que o Santander faça, em que local e até durante quanto tempo, metendo-se indevidamente numa questão que o próprio banco, que é privado, já tinha dado por encerrado.

CLIQUE AQUI para examinar a nota oficial expedida pelo MPF do RS.

46 comentários:

  1. Não necessitamos de Torquemadas, que nos digam o que podemos ver ou não!

    O conceito de arte é amplo e não deve sofrer censura, vai quem quer olhar.

    Pode haver restrições de idade para acesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cala boca seu lixo

      Excluir
    2. Esse lixo denominado arte já deu o que tinha de dar. Essa política de mostrar sexo explícito, vilipêndio religioso c/c preconceito e profanação ais símbolos cristãos é uma estratégia dos comunistas esquerdopatas para acabar com a família, por isso as mostras foram sincronizadas nas grandes capitais do país. Justiça!!! Cadeia para o chefão Lula!

      Excluir
  2. O MPF poderia sugerir exposições mostrando como ficam os presídios após rebeliões e massacres!


    Quem sabe assim, muitas pessoas ao verem a realidade evitem ir para lá!

    ResponderExcluir
  3. Judicialização de toda e qualquer atividade privada..... daqui a pouco, até para irmos à privada, teremos de obedecer rituais específicos... Pouca vergonha!!!!

    ResponderExcluir
  4. Gostaria muito que a mídia divulgasse:
    --a relação dos eminentes do MPF que tomaram a decisão
    --a data que os eminentes levarão os menores de idade de suas famílias para apreciação da mostra.
    Por certo que não gostaríamos de perder este rico momento.

    ResponderExcluir
  5. O lixo quer tomar conta do Brasil, agora entendo por que a tentativa de destruir reputações contra toda a família de Bolsonaro. Em 2.018 é Bolsonaro ou o Brasil acabou!

    Nota: Não acho Bolsonaro um grande candidato, mas de longe é o menos pior.

    ResponderExcluir
  6. O que um procuradorzinho não faz por um holofote, hein?

    ResponderExcluir
  7. Agora aprendi com o MPF e com os "artistas" que apoia o que é arte. Neste meio de iluminados ,Marcola é um artista, faz parte do amplo espectro da pluralidade das manifestações artísticas e Hitler e Stálin, dentro deste mesmo contexto artístico, ultrapassaram de longe a Pol Pot, foram os Leonardos da Vinci da acumulação de ossos.

    ResponderExcluir
  8. O MPF defende a pedofilia? Quero provas de que não, mas está ficando difícil saber a verdade.

    ResponderExcluir
  9. Estes procuradores estão defendendo o direito de quem?
    O da sociedade é que não é pq já ficou evidente que esta exposição pornográfica aberta às crianças deixou todo mundo p.u.t.o da vida.
    Vai ver é gosto, mesmo.
    Tem muita gente que gosta, mas daí a envolver o MP ........

    ResponderExcluir
  10. Se o Santander é um banco privado não acaba ai a discussão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Santander não pode acatar está decisão, obviamente irá recorrer, do contrário perderão milhares de contas. O pessoal do MST e da CUT obviamente não irão abrir contas e dar lucro ao banco, não gostam de trabalhar, negócio deles é defender corruptos.

      Excluir
  11. QUE OS PROCURADORES LEVEM SUAS FAMÍLIAS E CRIANÇAS PARA PRESTIGIAR OS LIXOS TIPO QUEER MUSEU.

    ResponderExcluir
  12. Isso é surreal! O MPF se acha no direito de obrigar um banco privado a abrir uma exposição com um tema específico e estabelece até o período da exposição??? O que que esses caras tem na cabeça?

    ResponderExcluir
  13. Dá-lhe PUTEIRO... dá-lhe ESQUERDALHA....

    ResponderExcluir
  14. MPF virou sindicato e partido político no Brasil de maneira disfarçada.
    Ficam 24 horas por dia fazendo militância política com salários acima de 30 mil por mês, mais uma série de mordomias e luxos que ninguém no Brasil possui.

    ResponderExcluir
  15. Vá de retro Satanás. Se assim o fizer perderá milhares de contas. O MPF neste caso não está representando os interesses do povo, mais sim dos esquerdopatas.

    ResponderExcluir
  16. Ministério Público Federal: uma usina a serviço da causa esquerdista.

    PS-Fundamentado em quê o MPF EXIGE do Santander a reabertura da exposição
    satânica pró-pedofilia,zoofilia,gaysismo,(...) ?

    PS2-Se essas entidades compostas por canalhas como os do MPF/RS,com seus atos satânicos e exigências insanas,desencadeará o caos moral na sociedade e, com
    certeza, a reação desta será de extrema violência com seus autores.

    ResponderExcluir
  17. O Brasil endoidou mesmo .!!!

    ResponderExcluir
  18. Com tanto crime acontecendo e esses procuradores procuram se envolver em ações contra a sociedade. São os mesmos que sempre tiveram o dever de fiscalizar os gastos nas campanhas políticas e nunca PROCURARAM encontrar nada, aliás sempre fecharam os olhos para a corrupção que reina na política e nas esferas maiores dos chamados poderes da república (com minúscula). E o mp também é o quarto poder, que, legalmente, não é fiscalizado por ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MP existe para defender os interesses do povo é como tal deve agir. O que se vê é uma completa e vergonhosa inversão de valores.

      Excluir
  19. O MP é um dos monstrengos criados pela merda da constituição de 1988, com base numa boa intenção. E como sabemos, de boas intenções o inferno está cheio. Mais prejudica do que ajuda a sociedade. São uns néscios e boçais.

    ResponderExcluir
  20. De pleno acordo com o Almanakut Brasil, no seu comentário das 17:18h!!!

    ResponderExcluir
  21. Ao anônimo das 17:25
    Questão a - concordo! Todos queremos saber quem são estes perversos.
    Questão b - para estes procuradores decidirem tal coisa, pode apostar que devem ser do tipo que levariam seus filhos e talvez com eles fariam coisas piores...nojentos!

    ResponderExcluir
  22. Vamos atacar pelo bolso! Vamos fechar as nossas contas no Santander! Banco no Brasil é que não falta!

    ResponderExcluir
  23. Isto ai nao é arte isto é phutaria 3 homens fazendo sex....onde ja se viu levar crianças e adolescentes p ver esta afronta nao vamos permitir vamos resistir
    Abaixo esta baixaria

    ResponderExcluir
  24. O MPF parece estar com falta de trabalho para meter-se desta forma em assunto que não lhe diz respeito, impondo à sociedade e ao banco procedimento sobre assunto já resolvido entre as partes e ignorando o direito das crianças de não serem molestadas sexualmente ou de qualquer outra forma.

    ResponderExcluir
  25. O MPF está tomado de esquerdopatas pederastas que entraram lá de maneira ilícida na era Lulo/petralha. Será preciso fazer uma faxina muito grande neste órgão que está podre por dentro assim como outros setores do judiciário!

    ResponderExcluir
  26. É preciso divulgar o nome destes esquerdopatas canalhas do MPF!

    ResponderExcluir
  27. É simples. Caguem num penico e depois joguem na porta do museu. Com a entrada cheia de merda ninguém vai.

    ResponderExcluir
  28. Na verdade eles gostam mesmo é da viadagem....não é só a criança que é viada....tem muito grandalhão também.... rsrsrsrsrsrsrsrsrsr.. querem desenterrar o que está enterrado.... Mourão aparece logo com o canhão....

    ResponderExcluir
  29. O MPF está repleto de agentes de "transformação social", que pelegueiam para a esquerdalha e de quebra se locupletam com supersalários e privilégios.

    ResponderExcluir
  30. Se querem obras sobre o empoderamento da mulher, coloquem fotos e esculturas da Gisele Bundchen.

    Pronto : vai ser um sucesso, pois representa o que de mais o gaúcho gosta !!

    Mulher bonita, inteligente, ligada à família, rica e por aí vai gurizada ...

    ResponderExcluir
  31. Vai tomar no cu Adão. ...

    ResponderExcluir
  32. Quem vai pagar a exposição? O Banco ou a Lei Rouanet(isto é NÓS)??????
    Será que o pessoal não entende que a Lei Rouanet tira imposto que seria destinado para a saúde, educação e é usado para banca a boa vida dos artistas(mais os empresários).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não aceitamos que direcione um centavo de nossos impostos para essa exposição lixo mascarada de arte. Por que não dão oportunidade a artistas da periferia que não têm sequer um local para fazer suas exposiçoes e fazem belos trabalhos!??????

      Excluir
  33. O MP quer que reabra, mas o povo não quer. Quem vencerá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo tem sempre razão!!!!! O MP presta serviço ao povo, também é sustentado pelo povo.

      Excluir


  34. Não precisamos de ditadores do MP que querem dirigir a sociedade por suas preferências!

    ResponderExcluir
  35. Concordo com o anônimo das 17: 18 do dia 10. Seria ótima idéia, melhor do que essas exposições que nada agrega a cultura.

    ResponderExcluir
  36. Essa exposição poderia ser num motel. Depois cada um decide o que fazer caso fique excitado com as obras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só se for viu! É muita putaria disfarçada de arte.

      Excluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.