Marchezan pede ao Planalto a intervenção da FNS e do Exército para garantir a ordem em Porto Alegre, dia 24

O prefeito de Porto Alegre, Marchezan Júnior, protocolou pedido, esta tarde, na Presidência da República, pedindo a convocação do Exército e da Força Nacional de Segurança para conter os atos de violência e desordem prometidos por aparelhos do lulopetismo, como CUT, MST e MTST, dia 24.

No ofício datado desta quarta-feira, dia 3, o prefeito refere-se às ameaças que são diariamente feitas pelo lulopetismo nas redes sociais, até mesmo por senadores e por líderes nacionais do PT, inclusive o bandido condenado por corrupção Zé Dirceu.

Os órgãos de segurança possuem informações de que são preparados atos de desobediência civil e até mesmo de ataques ao próprio TRF-4, visando pressionar os juízes a absolver Lula ou impedir o julgamento. Muitas das ameaças e informações sobre a organização de atos de violência são disponibilizados diariamente nas redes sociais.

Os governos estadual e federal, incluindo Brigada, Polícia Civil, TRF-4, Marinha, Aeronáutica, Exército, Abin e MPF, reúnem-se na secretaria da Segurança Pública para coordenar as ações de manutenção da lei e da ordem pública, o que inclui o uso da força armada.


47 comentários:

  1. Ameaçar o poder judiciario e seus membros não é mais crime no pais ???? bando de molengas.. não merecem os cargos que tem esses responsáveis pela segurança no Brasil.. Alias o comandante do exercito está numa cadeira de rodas....deve ser o unico no mundo....numa posição desta ....e nosso exercito deve mesmo não ter adversário....

    ResponderExcluir
  2. Anitta diz-se líder do movimento pelo empoderamento feminino no Brasil e a hiperssexualização que apresenta nada mais é do que a manifestação de gênero integralmente genuíno.

    ResponderExcluir
  3. eh um filhodaputinhamesmo

    ResponderExcluir
  4. A PM de Porto Alegre, pode enviar ofício ao Partido dos Trabalhadores, sede Municipal, e solicitando um posicionamento, a respeito do que pretende e/ou endossa fazer, incentivar e
    se oferece algum tipo de apoio à manifestações que por suas características, podem sair de
    controle. E também. pode desde já, deixa ciente de que será chamado à responsabilidade,
    por prejuízos decorrentes de atos de vandalismo. Nas esferas pública e privada. Simples e
    prático.

    ResponderExcluir
  5. "VÃO FAZER O DIABO?"

    VAMOS VER SE ELES FAZEM POR MERECER O QUE PAGAMOS

    A BAGACERADA PETISTA VAI TENTAR "FAZER O DIABO"

    TEMOS DIREITO A QUE A ORDEM SEJA MANTIDA

    ResponderExcluir
  6. Parabéns ao Prefeito Marchezan por esta iniciativa. Porto Alegre não pode se deixar intimidar por esta horda de fanáticos e desordeiros, nem por suas ameaças à ordem pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...POA JÁ ESTÁ ATIRADA FAZ TEMPO...FORA MARCHEZAN...

      Excluir
  7. Fez a coisa certa. Esses esquerdopatas não seguem as leis vivem sempre fazendo tábula rasa da Justiça.

    ResponderExcluir
  8. Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT:

    Joaquim de Carvalho - 3 jan 2018 - DCM

    Esta reportagem faz parte da série sobre a indústria da delação premiada da Lava Jato, projeto de crowdfunding do DCM com o GGN. As demais estão aqui

    No futuro, quando os historiadores descreverem o uso do lawfare no Brasil para destruir uma liderança política, Sergio Moro será retratado com certeza. Páginas e páginas se escreverão sobre ele. Mas não seria justo fazer o registro sem que se conhecesse também as pessoas que o ajudaram nessa tarefa. E além de Rosângela Moro, dedicada a manter as massas mobilizadas com o uso da rede social, um nome não poderá ser omitido: Ivanice Grosskopf, diretora da secretária da 13a. Vara Federal de Curitiba.

    Ivanice trabalha com Moro desde o tempo de Cascavel, quando o juiz se tornou titular pela primeira vez, meados dos anos 90, na sucessão de João Pedro Gebran Neto (houve um juiz entre eles, que ficou pouco tempo lá). Na época, Moro passou por uma situação constrangedora, como recorda o procurador da república Celso Três, que trabalhava na jurisdição.

    Um advogado apresentou mensagem de Rosângela Moro, advogada, que informava o telefone do gabinete do marido como seu próprio contato. Poderia ser interpretado como exploração de prestígio ou irregularidade equivalente, mas o caso não foi levado adiante.

    “Na época, eu ouvi as explicações de Moro e achei que não tinha havido dolo. Pareceu mesmo que foi um equívoco”, disse o procurador, conhecido desde o Banestado pela tenacidade com que conduz suas investigações — Três já teve o carro perfurado a bala quando apurava o envolvimento de policiais civis do Paraná num esquema de concussão de sacoleiros que faziam compra no Paraguai.

    Ivanice já era conhecida de todos, e se atribui a ela a redação de despachos do juiz, inclusive sentenças, o que não é incomum no Judiciário, dado o excesso de tarefas do magistrado e a relação de confiança que existe entre este e alguns subordinados. São estes que tocam a Vara, o juiz dá as diretrizes e confere o trabalho antes de assinar, para que nada saia fora de sua orientação. (...)

    ResponderExcluir
  9. Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT:

    Joaquim de Carvalho - 3 jan 2018 - DCM

    (...)

    Quando Moro deixou Cascavel e foi para Curitiba, onde implantou a Vara especializada em lavagem de dinheiro, Ivanice o acompanhou, para ocupar o posto de funcionária número 1, chefe do cartório. Na transcrição do vídeo com o depoimento de Lula à Polícia Federal, sob condução coercitiva, em março de 2016, o nome de Ivanice aparece como responsável pela tarefa.

    A neutralidade e a imparcialidade são requisitados que se exige do magistrado, para o bom desempenho de suas funções, mas seria ainda melhor que suas pessoas de confiança mantivessem postura semelhante. Mas não é o que acontece na 13a. Vara de Curitiba.

    Se, em Moro, a parcialidade é enrustida, em Ivanice é escancarada, pelo menos até 3 de agosto de 2016, data da última postagem pública em seu facebook. Nesse dia, ela postou o link com a entrevista de Deltan Dallagnol ao Programa do Jô. I

    vanice também revela em sua rede social um papel ativo nas manifestações convocadas pelo Vem Pra Rua. Compartilha publicações de uma tal organização que se define pelo slogan “Curitiba, a capital mais direita do Brasil”. Deu publicidade também a manifestações do senador Ronaldo Caiado contra o assim chamado Foro de São Paulo, um assunto recorrente em sua rede social.

    Compartilhou texto de Olavo de Carvalho, com ilustração em que aparece um bispo do xadrez com a estrela do PT alterada com foice e martelo e o aviso do ativista de extrema-direita de que havia postado um comentário na “página da CNBBosta”. Ivanice convocou para um twittaço e facebookaço com a hashtag “Agora Somos Todos Moro”.

    Compartilha textos do site de extrema-direita O Antagonista, texto do movimento escola sem partido e de grupos que defendem a liberação do porte de armas no Brasil — “vinte fatos que comprovam que posse de armas deixa uma população mais segura”.

    Revela as viagens que fez aos Estados Unidos, com direito a foto em frente à estátua de Abrahan Lincoln em Washington, e uma publicação que trata da importância de se fundar no Brasil algo como o Tea Party nos Estados Unidos — na verdade, existe, é o MBL, de cujas postagens ela compartilha, como, por exemplo, um fake news que atribui a um deputado do PT a iniciativa de “calar mídia à força” depois das eleições (em 2014).

    No dia do segundo turno da eleição para presidente, postou mensagem com o seguinte teor:

    Hoje é o dia de você exercer o direito de ir às urnas e escolher o próximo presidente do Brasil. Caso ocorra alguma situação diferente, no momento da votação, que te impeça de votar, avise o mesário e nos informe, enviando uma mensagem para aeciocampanha2014@gmail.com ou para o whatsapp (11) 952104827, com seu nome e telefone, para fazermos contato.

    Obrigado. #MudaBrasil

    Na véspera, postou o vídeo de aecistas na rua, cantando:

    “Ah, eu tô feliz, eu vim para a rua mudar o meu País. Aécio! écio! Aécio!” (...)

    ResponderExcluir
  10. Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT:

    Joaquim de Carvalho - 3 jan 2018 - DCM

    (...)

    Ela já indicava apoio a Aécio na véspera do primeiro turno, quando postou pesquisa com o título: “Aécio Neves ultrapassa Marina Silva”. Sua militância antipetista é escancarada, como mostra o texto de Veja que repercute:

    “Marginais do PT saquearam a Petrobras”, diz professor Villa – TVEJA (Marco Antônio Villla).

    Além da militância antipetista, a diretora da secretaria da Vara de Sergio Moro se dedica a atacar pessoalmente Lula e posta memes ofensivos e um texto que, hoje, assume especial importância, por se tratar o triplex do Guarujá, objeto do processo que levou à condenação de Lula a nove anos e meio de prisão, cujo recurso será julgado dia 24 de janeiro, pelo Tribunal Regional Federal da 4a. Região.

    O texto saiu no blog Vide Versus, do ativista de extrema-direita Vítor Vieira, em dezembro de 2014, e contém uma série de dados que não encontram relação com a verdade factual. Diz que o triplex era de Lula e que ele passaria lá o Reveillon. “De sua ampla sacada, poderá ver a queima de fogos, que acontece na orla bem defronte do seu prédio, feito pela OAS, empresa investigada pela Operação Lava-Jato”, escreve.

    “A reforma do apartamento 164 é tocada por seu filho Lulinha, segundo funcionários do edifício, e foi vistoriada por dona Marisa o tempo todo — acrescenta o cascateiro.

    “Ela mesmo providenciou a decoração do local, visitado por Lula apenas três vezes. A família Lula construiu um elevador privativo para levá-los do 16º ao 18º, que no projeto original tinha apenas escadas internas. Lulinha usou também parte do quarto de empregada e um canto da sala para fazer um escritório. Mandou também colocar porcelanato em tudo. A cobertura com piscina também recebeu uma boa área gourmet.”

    Hoje já se sabe que a reforma foi feita pela OAS, que tentou entregar o triplex a Lula, mas ele nunca foi dono do imóvel. Visitou o imóvel uma vez e recusou. Com a popularidade de Lula, é razoável supor que ele teria liberdade para descansar do balneário de Guarujá, um dos mais movimentados do litoral de São Paulo? (...)

    ResponderExcluir
  11. Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT:

    Joaquim de Carvalho - 03 Jan 2018 - DCM

    (...)

    Além da militância antipetista, a diretora da secretaria da Vara de Sergio Moro se dedica a atacar pessoalmente Lula e posta memes ofensivos e um texto que, hoje, assume especial importância, por se tratar o triplex do Guarujá, objeto do processo que levou à condenação de Lula a nove anos e meio de prisão, cujo recurso será julgado dia 24 de janeiro, pelo Tribunal Regional Federal da 4a. Região.

    O texto saiu no blog Vide Versus, do ativista de extrema-direita Vítor Vieira, em dezembro de 2014, e contém uma série de dados que não encontram relação com a verdade factual. Diz que o triplex era de Lula e que ele passaria lá o Reveillon. “De sua ampla sacada, poderá ver a queima de fogos, que acontece na orla bem defronte do seu prédio, feito pela OAS, empresa investigada pela Operação Lava-Jato”, escreve.

    “A reforma do apartamento 164 é tocada por seu filho Lulinha, segundo funcionários do edifício, e foi vistoriada por dona Marisa o tempo todo — acrescenta o cascateiro.

    “Ela mesmo providenciou a decoração do local, visitado por Lula apenas três vezes. A família Lula construiu um elevador privativo para levá-los do 16º ao 18º, que no projeto original tinha apenas escadas internas. Lulinha usou também parte do quarto de empregada e um canto da sala para fazer um escritório. Mandou também colocar porcelanato em tudo. A cobertura com piscina também recebeu uma boa área gourmet.”

    Hoje já se sabe que a reforma foi feita pela OAS, que tentou entregar o triplex a Lula, mas ele nunca foi dono do imóvel. Visitou o imóvel uma vez e recusou. Com a popularidade de Lula, é razoável supor que ele teria liberdade para descansar do balneário de Guarujá, um dos mais movimentados do litoral de São Paulo?

    Sequer passou uma noite no local, como ficou claro no processo — apesar disso, foi condenado. Na Vara de Curitiba, parece que o fake news, presente nas publicações da diretora da Secretaria Ivanice Grosskopf, prevaleceu sobre o conteúdo do processo.

    Lula foi condenado numa Vara onde, por baixo de ternos, gravatas e tailleurs, servidores púbicos vestiram camiseta de militantes anti-petistas. E alguns, como a importante Ivanice, sequer esconderam isso nas redes sociais.

    ResponderExcluir
  12. A tacada da diretoria da Petrobras com os fundos-abutres norte-americanos:

    03/01/2018 - Luis Nassif

    A reportagem da Reuters sobre o acordo entre a Petrobras e os acionistas norte-americanos que a acionaram não dá margem a dúvidas. Os investidores decidiram processar a Petrobras depois que os procuradores da Lava Jato acusaram os executivos da empresa de aceitar mais de US$ 2 bilhões em subornos e envolveram nas acusações os ex-presidentes Maria das Graças Foster e José Sérgio Gabrieli.

    O que a Petrobras está perdendo com esse acordo é várias vezes mais do que o dinheiro recuperado pela Lava Jato.

    Na apuração de responsabilidades, é importante levantar o papel do ex-Procurador Geral da República Rodrigo Janot. Saber que tipo de informações ele levou ao Departamento de Justiça e que acabou ajudando no embasamento das ações.

    O acordo da Petrobras com os investidores-abutres norte-americanos tem outros responsáveis. Não apenas o presidente Pedro Parente, mas todos os funcionários que aceitaram o jogo, do Departamento Jurídico ao de Relações com os Investidores.

    O primeiro ponto é essa maluquice de estimar a corrupção da Petrobras em R$ 10 bilhões. A corrupção saía do lucro dos fornecedores, não da Petrobras. É corrupção do mesmo modo. Mas entender essa lógica é essencial para saber quem deve indenizar quem.

    Depois, o valor de R$ 10 bilhões foi uma maluquice que a ex-presidente Graça Foster, absolutamente jejuns em questões corporativas, acabou endossando. Houve um ajuste patrimonial na Petrobras decorrente da queda dos preços do petróleo.

    A contabilidade leva em conta a geração futura de resultados de cada unidade. Quanto maior o preço do petróleo, maior a rentabilidade. Com a queda dos preços, houve um ajuste no balanço, que nada teve a ver com a corrupção. A sede persecutória da Lava Jato e da mídia imediatamente transformou o ajuste em prejuízo decorrente da corrupção.

    Qualquer grande escritório de advocacia não teria nenhuma dificuldade em estabelecer a verdadeira relação de causalidade entre preços de petróleo e das ações das petroleiras. A troco de quê a Petrobras abriu mão de se defender?

    Enfim, trata-se de uma grande tacada, uma bilionária tacada que, em um ponto qualquer do futuro, cobrará seu preço dos responsáveis. E não irá parar por aí.

    Esse acordo envolve uma das class actions . Ainda há outras, além dos processos não resolvidos no Departamento de Justiça e na SEC (a CVM norte-americana).

    Essa ação tem advogados brasileiros associados, cujo próximo passo será montar uma ação dos minoritários brasileiros contra a Petrobras.

    Virou uma festa, na qual irão extorquir muito mais do que os propineiros e, agora, sob aplausos da mídia. A inacreditável Globonews saudou a jogada.

    ResponderExcluir
  13. CNMP aconselha procurador da Lava Jato a evitar posts políticos:

    03/01/2018

    Jornal GGN - O procurador da Lava Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima, também esteve na pauta do Conselho Nacional do Ministério Público. O Conselho arquivou a representação do ex-presidente Lula contra ele e lhe deu somente um puxão de orelhas: recomendou que o procurador não use redes sociais para expressar posições políticas.

    O CNMP foi acionado em julho do ano passado pela defesa do ex-presidente Lula para que se fizesse uma verificação de possível desvio funcional do citado procurador. Carlos Fernando é um tuiteiro e facebuqueiro extremamente ativo. A representação feita pela defesa de Lula baseou-se em textos com críticas a Lula publicados no Facebook pelo procurador da Lava Jato. E isso com processos correndo na Justiça representada, também, por ele.

    O ativismo político de promotores e juízes é um assunto recorrente.

    ResponderExcluir
  14. BRASIL PÓS-GOLPE: GASOLINA 30% MAIS CARA E R$ 10 BI PARA OS EUA

    A cada dia que passa, Michel Temer oferece novos motivos para ser o governante mais impopular do mundo, com 97% de rejeição; enquanto a gasolina subiu 30% para os brasileiros nos últimos seis meses, com a nova política de preços da Petrobras, Pedro Parente aproveitou a calmaria das férias para fechar um acordo antes de qualquer condenação judicial que transfere R$ 10 bilhões da estatal a investidores dos Estados Unidos; deu para entender o golpe ou ainda precisa desenhar?
    3 DE JANEIRO DE 2018 ÀS 20:58 // INSCREVA-SE NA TV 247 Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Golpe deram foi Lula e Dilma na Petrobrás. Só na justiça americana terá de arcar com 3 bilhões para indenizar os prejuízos aos acionistas. Malditos esquerdopatas, quanto prejuízo deram ao povo brasileiro meu Deus! justiça!!! Lula e Dilma na cadeia!!!

      Excluir
  15. PT ACIONA PGR CONTRA PAGAMENTO DE R$ 10 BI DE PARENTE AOS EUA
    Agência Câmara/Petrobras/Reuters
    Líder do PT na Câmara, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) protocolou representação junto à Procuradoria-Geral da República para que o Ministério Público breque a tentativa de Pedro Parente, presidente da Petrobras, de transferir R$ 10 bilhões a investidores dos Estados Unidos, sem que a estatal tenha sequer sido condenada pela Justiça; o deputado pede que Raquel Dodge instaure procedimento administrativo de investigação da legitimidade e conveniência do anunciado acordo firmado pela Petrobras; confira a íntegra da petição
    3 DE JANEIRO DE 2018 ÀS 17:47 // INSCREVA-SE NA TV 247 Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qto prejuízo os esquerdopatas deram ao povo brasileiro. Justiça!!! Queremos o grande chefe na cadeia.

      Excluir
  16. REQUIÃO À PGR: VOCÊS TAMBÉM FAZEM PARTE DO “ACORDO” DE R$ 10 BI?
    Moreira Mariz/Ag. Senado
    "A isenção de impostos das petroleiras valem 5 Lava Jatos", contestou o senador Roberto Requião (MDB-PR), sobre o projeto aprovado no Congresso que isenta empresas estrangeiras de pagar R$ 1 trilhão em impostos ao Brasil em 25 anos; "Mais dez bi para acionistas norte americanos da Petrobras", soma Requião; parlamentar sugeriu à PGR que "retirem seus ilustrem membros que cuidam dos pedalinhos de D Marisa e do triplex e os encarreguem de cuidar do escândalo de 10 bilhões doados pela Petrobrás aos acionistas americanos"; "Ou vocês também fazem parte deste "acordo"?", questiona
    3 DE JANEIRO DE 2018 ÀS 18:24 // INSCREVA-SE NA TV 247 Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Requião sempre apoiou os desgovernos ultra corruptos de Lula e Dilma. Sem moral!

      Excluir
  17. Ex-deputado Roberto Jefferson indica própria filha para Mistério do Trabalho, e Temer aceita:

    3 de janeiro de 2018 - DCM

    Do G1:

    O presidente Michel Temer aceitou a indicação da deputada Cristiane Brasil para ministra do Trabalho.

    O nome da deputada foi levado ao presidente depois de uma reunião entre Temer e o pai dela, o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do partido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente pessoa. Parabéns pela nomeação.

      Excluir
  18. Petrobras paga R$ 10 bi nos EUA. Viva a Lava Jato!

    FERNANDO BRITO · 03/01/2018 - O Tijolaço

    O império não perde nunca.

    A Petrobras fechou “acordo” para pagar US$ 2,95 bilhões aos investidores norte-americanos pelos prejuízos (inflados generosamente pela mídia) causado aos investidores estrangeiros com os casos da Lava Jato.

    Quase oito vezes o valor que a empresa diz ter recuperado com a operação: R$ 1,475 bilhão no Brasil.

    Grande negócio, não é?

    Como ainda falta o que a empresa vai pagar aos acionistas daqui – ou a nossa Justiça vai agir diferente da norte-americana? – pode “dobrar a meta”.

    Será que os milhares de desempregado da Lava Jato têm direito também a serem indenizados pela perda do equilíbrio de suas vidas? Será que o Rio de Janeiro, afundado pela destruição da empresa e pelo impacto de sua derrocada sobre a cadeia produtiva que ela liderava, especialmente a industria naval, terá alguma reparação.

    Claro que não, só os donos do dinheiro têm direito a estas garantias.

    Muito menos o nosso país,

    Ainda bem que a turma de Curitiba está salvando o Brasil, não é?

    ResponderExcluir
  19. Anitta diz-se líder do movimento pelo empoderamento feminino no Brasil e a hiperssexualização que apresenta nada mais é do que a manifestação de gênero integralmente genuíno.

    ResponderExcluir
  20. Se esse analfabeto, na realidade fosse honesto, não temeria o julgamento. Isso só demonstra o caráter autoritário desse partido. Esse partido corruPTo deve ser extinto, pois é contra a verdadeira democracia.

    ResponderExcluir
  21. TEM QUE BARRAR ESTES BANDIDOS TERRORISTAS FORA DE PORTO ALEGRE.ELES E A DILMA,CORRUPTA MALDITA.POR CAUSA DELA O BRASIL VAI FECHAR UM ACORDO DE MAIS DE 3 BILHÕES DE DÓLARES DA PETROBRÁS NOS EUA PARA ENCERRAR UMA AÇÃO CONTRA ELA. O PT ROUBOU O BRASIL TODO,ELES SAQUEARAM.ESTA MULHER TEM QUE SER FUZILADA.O MST TEM QUE SER METRALHADO.O LULA PENA DE MORTE.O PT E SEUS SATÉLITES TÊM QUE SEREM EXTERMINADOS.RATOS A GENTE EXTERMINA.

    ResponderExcluir
  22. Bandidos nos tratam sem dó nem piedade, fizeram o diabo no Brasil sob o comando do PT. Agora vamos tratar bandidos como bandidos, aprontou, se ferrou!

    ResponderExcluir
  23. Muito lero lero para algo em que o resultado já esta acordado.

    ResponderExcluir
  24. Crime é roubar o país, como estão fazendo Temer e sua quadrilha. O judiciário, é um antro de corrupção.

    ResponderExcluir
  25. Tem que mandar chumbo nestes esquerdinhas viados ou cornos e nas esquerdinhas vagabundas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai tu lá. Bunda mole.
      Coxinha é tudo cagão.

      Excluir
  26. Menos, Júnior, menos. O lulla-molusco não virá para estes pagos por uma razão muito simples: é um baita cagalhão. Tá com medo de vaia. E só vem se for de jatinho. E se tiver muita mortadela garantida na rua. Uma coisa é certa, tudo se encaminha para ser um fiasco monumental.

    ResponderExcluir
  27. A Petrobrás é extratora de petróleo, que serve para fazer diesel e asfalto.

    O nosso petróleo é um óleo pesado e não dá para fazer gasolina e a empresa tem que importar grandes volumes de gasolina dos EUA, por isso o preço é elevado, porque na gestão dos canalhas o Brasil importava gasolina a R$ 4,00 o litro e os populistas dos petralhas tabelavam em R$ 3,00 o litro, isso ajudou também a quebrar a estatal.

    O único lugar que o óleo é mais leve é na bacia amazônica e é até mais barato de explorar que esse do pré-sal que também é óleo pesado. A bacia amazônica é rica em gás, mas os custos ainda são muito elevados para sua exploração.

    ResponderExcluir
  28. O prefeito está certo. Vale lembrar a degola do soldado Valdeci, da Brigada Militar, pelos assassinos do MST, que depois se acoitaram na prefeitura de POA, O prefeito era Olívio Dutra. Ninguém jamais foi punido. Está bem claro ou precisa desenhar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava no centro de Porto Alegre naquele dia e nunca me esqueci disto.

      Excluir
  29. Perfeito o prefeito. Esta na Constituição é só ler ou para alguns talvez desenhar;
    Capítulo II da Constituição do Brasil
    Das Forças Armadas
    "Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem. "
    por iniciativa de qualquer destes ( ou seja do executivo ou legislativo ou judiciário) da lei e da ordem.
    Nota dez para o Marchezan.
    Joel

    ResponderExcluir
  30. O Prefeito , diante das ameaças públicas feitas pelo MST, MTST e por dirigentes petistas de que pretendem INCENDIAR Porto Alegre no dia 24 de janeiro, tomou a decisão responsável de solicitar reforços para que uma tragédia não ocorra na capital do Estado do RS . Está certíssimo .!!!

    ResponderExcluir
  31. ...só ele não sabe que não é de sua competência tal ato...ato falho...

    ResponderExcluir
  32. Depois de tantas ameaças, feitas pelos vermelhinhos, o prefeito faz muito bem em pedir auxílio do Exército e da FNS. Tolerância zero!

    ResponderExcluir
  33. Cel Nivaldo Fraga Pereira fez a “desobdiêcia Legal” | ABC da ...
    www.abcdaseguranca.org.br/cel-nivaldo-fraga-pereira-fez-a-desobdiecia-legal/
    15 de fev de 2013 - Lá chegando averiguo e soube que os matadores do soldado Valdeci haviam se deslocado para o prédio da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. ... Seus agressores buscaram refúgio no interior do prédio da Prefeitura Municipal, local onde foram presos e, após processados, foram condenados.

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Mal informada ou "tendenciosa" a Dona Heloisa das 11:33

    ResponderExcluir
  34. PM condenado pelo assassinato de sem-terra é recebido com carreata em Bagé:

    Outubro/2017 - EXTRA CLASSE.org.br

    O sargento da Brigada Militar Alexandre Curto dos Santos, condenado em primeira instância a 12 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato do sem-terra Elton de Medeiros Brum em São Gabriel, foi libertado no sábado, 30 de setembro, e recebido com festa e carreata na cidade de Bagé, onde mora. Curto foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Manuel José Martinez Lucas na sexta-feira, 29, a pedido da defesa. Com a decisão, o PM deverá responder em liberdade ao recurso contra a condenação.

    A recepção a Curto foi emblemática: colegas de farda, familiares, ruralistas e apoiadores o levaram em carreata até a Sociedade Rural de Bagé, escoltado por três viaturas da Brigada Militar, duas motos e um carro da Polícia Civil. Lá, foi homenageado com discursos e fogos. Mais de 200 pessoas e aproximadamente 120 veículos aguardavam o PM, segundo relato da reportagem do jornal Folha do Sul. Curto, que segundo a Justiça matou Elton pelas costas, sem lhe dar chance de defesa, continuou negando a intenção de cometer o crime.

    O policial militar foi condenado por um júri popular no último dia 21 de setembro. O crime ocorreu no dia 21 de agosto de 2009, durante a reintegração de posse da Fazenda Southall – um latifúndio em torno de 10 mil hectares localizado em São Gabriel, na Fronteira Oeste. A ação da Brigada Militar contra cerca de 500 famílias do MST resultou em dezenas de feridos e na morte Brum, aos 44 anos de idade. Ele deixou a esposa viúva e uma filha menor de idade.

    No despacho, o desembargador reconheceu que a lei de processo penal não prevê possibilidade de habeas corpus para homicídio qualificado, mas considerou que há jurisprudência favorável “quando flagrante a ilegalidade da segregação do paciente, como a meu juízo ocorre no caso”. Lucas justificou que o crime foi cometido “no já remoto ano de 2009” e que, nesse período, o réu respondeu a todo o processo em liberdade, “não havendo nos autos qualquer indicativo de que tenha se envolvido em qualquer outra infração penal”.

    Tiro pelas costas com munição letal
    O júri confirmou que Elton foi assassinado de forma brutal e sem qualquer possibilidade de defesa, com um tiro de espingarda calibre 12 desferido pelas costas. Na sua defesa, o PM alegou que houve uma troca inadvertida de armamento com um colega que estava usando munição letal. Os jurados não se convenceram da versão e, além da prisão em regime fechado, determinaram a perda imediata do posto.

    O PM havia sido recolhido ao Presídio da Brigada Militar, em Porto Alegre, mas foi reintegrado às suas funções no Batalhão de Operações Especiais de Bagé.

    Em nota, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) diz que recebeu “com muita indignação” a notícia de que o Tribunal de Justiça acolheu pedido de habeas corpus e concedeu em caráter liminar a soltura do PM.

    “A impunidade continua em relação aos crimes cometidos contra trabalhadores, assim como ocorreu em 17 de abril de 1996, quando 19 sem-terras foram assassinados no massacre de Eldorado dos Carajás, no estado do Pará. Até hoje, dos 154 policiais denunciados pelo Ministério Público (MP), somente dois foram condenados”, diz a nota. O MST apela, ainda, que o Ministério Público “não aceite e não se imobilize diante de mais esta impunidade e seletividade”.

    O Ministério Público declarou que vai recorrer da decisão do desembargador, que precisa ser confirmada no julgamento do mérito da ação.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.