Fundação CEEE acata Grippa. Intervenção federal da Previc poderá ser levantada.

A Fundação CEEE acatou a indicação de Moacir Grippa, ex-diretor da CEEE, para seu Conselho. A indicação é do governo. Grippa teve seu nome vetado pelo Previc. Grippa é homem do Sindicato dos Eletrecitários, controlado há duas décadas pelo grupo ligado ao ex-deputado Antonio Barbedo.

Com isto, a intervenção na entidade poderá ser levantada.

19 comentários:

  1. Uma vergonha! Agora sim que vai começar a negociata ! Esse governo está disposto a tudo , vão quebrar a Fundação da Ceee!

    ResponderExcluir
  2. Sartori precisa de dinheiro para a campanha e agora sabemos de onde virá!
    Deve estar tudo armado!
    Grippa presidente do Conselho da Fundação? Grana na mão!
    Grande patifaria.

    ResponderExcluir
  3. Não conseguiu vender a CEEE então vão roubar dos aposentados!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Gripa já deu um rombo no passado na Eletroceee, não pode ser mais nada por isso!
    Querem ser achacados de novo?

    ResponderExcluir
  5. Gipa na fundação, isto cheira mal, mas onde estão os guardiões da lei, PGE, MP, TCE e mais os ilibados JUIZES que não veem que este escroto maçom vai entrar lá para beneficiar! Porque tanta insistência do governo por este nome. Será que é pelo fato de ser irmão do Sartori ou se e a oportunidade de recuperar o dinheiro investido na campanha desse!

    ResponderExcluir
  6. E ai autoridades gaúchas! Estao de férias!

    ResponderExcluir
  7. Não entendo como um nome que já foi vetado pela PREVIC pode ser indicado pela Empresa. Tem um passado que todo mundo não ser muito limpo na Fundação e as pessoas ligadas a esta entidade hoje ficam receosas do que acontecerá !!! Ele é membro indicado pela empresa e vai seguir o que o Presidente da Empresa disser e este presidente já tem historia de ações mal feitas que no futuro irão prejudicar a CEEE

    ResponderExcluir
  8. Esse RS não tem Ministério Público? Onde estão os homens da lei? Em outros estados esses caras já estariam presos!

    ResponderExcluir
  9. Sartori faz e acontece no estado e o Poder Judiciário está de joelhos. Tudo isso por que precisam negociar orçamento 2018, uma vergonha! Quem vai parar esses canalhas antes deles desmontarem a Fundação e seus aposentados?

    ResponderExcluir
  10. O que se sabe é que corre dinheiro grosso por trás de tudo isso. Como o Grippa nunca poderia ser certificado, um arranjo foi feito e depois disso fortes emoções aguardam os aposentados da EletroCeee!

    ResponderExcluir
  11. Comentasse que já existe negócio com o Banco Alfa acertado direito com o Grippa.
    No padrão do que foi feito com o Cruzeiro do Sul! Altas negociatas em baila!
    É o time do deputado Barbedo voltando em grande estilo.

    ResponderExcluir
  12. Nessa o mais santo tem rabo e guampa!
    Vai se ver de tudo. A quebradeira do Senergisul vai ser café pequeno perto do ímpeto do Grippa e do novo diretor financeiro indicado por ele.

    ResponderExcluir
  13. É uma vergonha. O governo Sartori que foi objeto do voto de esperança de grande parte dos gaúchos está se mostrando apático, descomprometido e insensível ao que seus eleitores querem. Nomear o Grippa ligado a um sindicato falido é dar um tapa na cara dos participantes da Eletroceee. Uma pena é mais uma lá de cal nas atitudes de um governo fraco e perdido.

    ResponderExcluir
  14. Vergonhoso...incompetentes não se cansam de querem assumir cargos de onde já foram corridos..quebraram sindicato, plano de saúde e agora querem saquear a fundação..vamos luta eletricitarios para correr com essa corja.

    ResponderExcluir
  15. Pegaram o dinheiro do Senergisul, plano de saúde e agora vão pegar o da Fundação.Entregaram a chave do galinheiro para a raposa.

    ResponderExcluir
  16. É estarrecedor o estado de calamidade que se encontra o nosso Rio Grande, dizer que um sujeito que já deu um golpe na própria Fundação vai entrar para de novo fazer novas negociatas é inaceitável!
    E não se vê ninguém fazendo uma crítica, onde está a oposição? Onde está a imprensa? Cadê a Polícia Federal? Ministério Público?
    Nunca se viu coisa igual no Estado!
    É o fim dos tempos!

    ResponderExcluir
  17. Que ANGÚSTIA... A única coisa que conforta é saber que, após JUNHO de 2020, essa gente vai sair do comando da FUNDAÇÃO CEEE, e tudo que, porventura, fizerem de mal para a ENTIDADE, lesando FINANCEIRAMENTE os PARTICIPANTES ativos e inativos, será RASTREADO, IDENTIFICADO, DENUNCIADO e PUBLICIZADO... Os que TRABALHAM no GRUPO CEEE, e ainda estiverem na ATIVA, poderão PERDER seus EMPREGOS, e junto com os que estão INATIVOS, responderão JUDICIALMENTE pelos DANOS que CAUSAREM! Acabou a IMPUNIDADE para CORRUPTOS e CORRUPTORES, podem acreditar, existe uma LEGIÃO de PARTICIPANTES, apoiados por ENTIDADES dignas, que estão dispostos a irem até as ÚLTIMAS consequências! Para o BEM de TODOS e a FELICIDADE geral, estamos TORCENDO para que esta TURMA que vai COMANDAR, com VOTO majoritário, a FUNDAÇÃO CEEE, tenha a HONESTIDADE como REFERÊNCIA, e a SERIEDADE como CONDUTA! Resta MONITORAR de cima! ELETRICITÁRIOS, fiquem ESPERTOS!😡🙏

    ResponderExcluir
  18. É angustiante saber que foi colocado um larápio para limpar o cofre da fundação e deixar os aposentados e pensionistas na miséria, sim porque o boneficio da previdência não sei quando nós será tirado.

    ResponderExcluir
  19. É angustiante saber que foi colocado um corrupto na fundação para limpar o cofre e deixar os aposentados na miséria, sim porque o benefício da previdência não sei até quando teremos.
    Minha esperança era a fundação mas agora?????

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.