MPF abre inquérito no Santander Previ

O Ministério Público abriu inquérito para apurar possíveis malfeitos no Santander Previ.

Um comentário:

  1. SENSACIONAL! Vídeos do MAMÃEFALEI no youtube mostrando agressão, tentativa de agressão e constrangimento ilegal praticado por BATE-PAUS do sindicato dos bancários de São Paulo contra clientes de banco, nesse caso o próprio MAMÃEFALEI.
    Esse sindicato está recrutando gente REALMENTE SEM LENÇO, NEM DOCUMENTO, possivelmente bandidos, para bloquear o acesso de clientes às agências bancárias E colocando trabalhadores bancários sob CLIMA DE TERROR.
    Eu fui vítima dessa CAMBADA DE VAGABUNDOS PAGOS COM O BOLSA FALSO BANCÁRIO COM DIREITO A SACOLINHA COM O KIT MORTANDELA E GUARANÁ, chamei a polícia mas fui engambelado pelûs pûliça qui disserû qui num pudiam leva ûs elemento pá delegacia, OBRIGADO PM, possivelmente na delegacia seria pior ainda!
    Dois dias antes a história foi um pouco diferente, fui bloqueado por um casal de elementos ESTRANHOS ao serviço na agência bancária que frequento e que não permitiu a minha entrada, então fui chamar a polícia em uma unidade vizinha a agência bancária, quando voltei já não estavam mais ali, SUMIRAM, ESCAFEDERAM, antes da viatura chegar.
    Da próxima vez serei obrigado a me socorrer do Ministério Publico PARA IR AO BANCO.
    Essa greve já passou de ILEGAL!
    FORA CUT!
    FORA SINDICALISMO BANDIDO!
    TEM COISAS QUE SÓ ACONTECEM NO BRASIL!
    Tem até aquele banco QUE É BRA.
    Tem até o outro banco das velhinhas de Taubaté QUE É ÚH,ÚH,ÚH.
    Tem ainda outro banco do GERENTE DE RH, Van GOLE, DENÚNCIADO PELOS PROCURADORES DA OPERAÇÃO LAVA JATO, que demite analistas financeiros por que NÃO SABEM NADA DE BRASIL.
    FORA PT com LLULLA, RENAN, LEWANDOWSKI, JANOT, TOFFOLI, DILLMA e seus CAPANGAS na CADEIA!

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.