Saiba como o Senado encaminhará a cassação de Dilma na sessão desta quinta-feira

O senador Renan Calheiros informou há pouco que a sessão que cassará o mandato de Dilma Roussef começará amanhã, 9h, quando os 81 senadores terão 15 minutos cada um para falar e encaminhar a votação.

A sessão será interrompida ao meio dia e depois irá das 13h até as 18h, para novo intervalo de uma hora.

As contas são de que a sessão poderá durar até 20 horas.

Ao final das falas dos senadores, o relator da Comissão Especial, Antonio Anastasia, e o advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo, terão 15 minutos cada um para falar.

Em seguida, haverá a votação eletrônica nominal.

Ao contrário da Câmara, nenhum senador poderá fazer declaração ao fazer seu voto.

Na quinta-feira de manhã, Dilma será afastada do governo e o vice Michel Temer assumirá por 180 dias ou até que a presidente seja cassada em definitivo.

3 comentários:

  1. A demitida vai ser garçonete no Redbar? Com sua cordialidade típica...

    ResponderExcluir
  2. Pelo menos a PONTE DO GUAIBA a Dilma prometeu e FEZ!!! E QUE PONTE!!!!QUE OBRA!!!Como prova de sua modéstia,ELA NEM INAUGUROU, MAIS ESTÁ LÁ!!!Alguém duvidava???
    Só os maus brasileiros que a acusavam dela ter dinheiro em Cuba, na Suiça ou
    outros lugares.

    ResponderExcluir
  3. Em homenagem a aposentada, os moradores do bairro dela podem trocar o nome
    do mesmo para BAIRRO TOCA DA JARARACA. Vai ser uma atração turistica imbatível. No mau sentido.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.