Em meio à greve dos caminhoneiros, governo autoriza reajuste em pedágios de rodovia que liga o RJ a MG

Parece que o governo gosta de brincar com o perigo. Em meio à greve dos caminhoneiros, cuja uma das bandeiras de luta é a redução do valor dos preços dos pedágios, a Agência Nacional de Transportes Terrestres autorizou a concessionária Rodovia do Aço S.A. a reajustar suas tarifas na BR-393, que liga o Rio de Janeiro a Minas Gerais.

A tarifa para automóveis subirá para R$ 5,00. Os caminhões de dois eixos, ônibus e furgões passarão a pagar R$ 10,00. O reajuste foi de 11%.

6 comentários:

  1. Estão arigementando desocupados e pagando R$ 100,00 por dia para ajudar trancar as rodovias.
    Pergunto: Da onde vem o dinheiro?

    ResponderExcluir
  2. Os petralhas juram que os caminhoneiros são todos mocinhas.

    ResponderExcluir
  3. Biriva do Cerro do Tigre28 de fevereiro de 2015 20:56

    Desocupado é você BABACA das 20:02. Medindo pelo teu partido demonstra que somente assim consegue claque para os corruptos.

    Essas pessoas trabalham de sol a sol e estão a manifestar a sua indignação e repulsa com esse governo de ladrões e corruptos instalados em Brasília.

    ResponderExcluir
  4. A grande mídia faz que não vê e quando divulga o protesto dos caminhoneiros é para depreciá-lo, agora mesmo a Globo no jornal nacional está fazendo um imenso estardalhaço pelo atropelamento de uma pessoa por um irresponsável que resolver tocar por cima dos manifestantes, e tenta culpar os caminhoneiros!
    AVANTE IRMÃOS CAMINHONEIROS, PARA BRASÍLIA!

    ResponderExcluir
  5. Quem arregimenta desocupados são os sindicatos pelegos a mando dos petralhas. O MST, o sindicato dos bancários que, aliás ja são desocupados por natureza. Vivem mamando nas tetas da nação.

    ResponderExcluir
  6. Pronto! O governo acabou de botar mais sangue nos olhos dos caras.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.