Foton apresenta protótipo do primeiro caminhão que será produzido em Guaíba

Nesta quarta-feira, em Canoas (RS), a Foton Caminhões apresentou o protótipo nacional do caminhão de dez toneladas que será o primeiro modelo a ser produzido na fábrica sediada em Guaíba, a partir de 2016. O evento ocorreu nas instalações da Transportes Gabardo, responsável pelo recebimento e desembarque dos caminhões Foton no Porto de Rio Grande (RS), bem como a preparação dos veículos para envio da rede de concessionárias e o transporte até as revendas.

. O presidente do Conselho da Foton no Brasil, o ex-ministro Luiz Carlos Mendonça de Barros, esteve presente ao ato.

A Foton aproveitou a ocasião para apresentar os fornecedores de peças e componentes do veículo. Foram fechadas parcerias com 20 dos principais fornecedores instalados no Brasil

. O caminhão de dez toneladas sairá da linha de produção com mais de 65% de seu conteúdo nacionalizado, e assim serão atendidos aos requisitos do programa Inovar-Auto, do governo federal, além do Finame

. mAs empresas fornecedoras apresentadas pela Foton e já confirmadas são:
Continental (tacógrafo) Vidroforte (vidros da cabine); Cummins (motor e pós tratamento); ZF e Sachs (transmissão e embreagem); Dana, Knorr e Frum (componentes para eixos); Monroe e Rassini (itens da suspensão); Maxion (chassis e rodas); Pirelli (pneus); Voss e Brunning (itens de frenagem); Bepo e Indebras (sistema de combustível); Heliar (bateria); Schwaben ( engenharia) Mobil (fluidos em geral como óleo do motor, freio, etc.). Itens como chicotes, suportes, parafusos e outras peças estão em negociações com empresas do Rio Grande do Sul.

. O público conheceu ainda os modelos de 15, 17 e 24 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), que entrarão neste segundo semestre em processo de homologação para obter a permissão de produção no Brasil. "Esses três modelos são os produtos iniciais para a nossa entrada no mercado de pesados e demonstram que o programa estabelecido com a Foton Beiqi tem continuidade para um portfólio maior de produtos", comentou Mendonça de Barros.

- As obras para a construção da fábrica tiveram início em abril deste ano e a previsão é que o primeiro caminhão brasileiro da marca deixe a linha de montagem em Guaíba no início de 2016. Até lá, a empresa continuará importando da matriz chinesa, em Beijing, os modelos de 3,5 até 24 toneladas de PBT, que desde junho estão sendo desembarcados em Rio Grande. Até o fim deste ano, 100 contêineres com peças, acessórios e cerca de 1000 caminhões devem ser entregues, todos por Rio Grande", finalizou Hamacek.


Um comentário:

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.