Brasil: Intenção de consumo das famílias cai 0,4% em outubro

A Intenção de Consumo das Famílias  (ICF), medida pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), teve, em outubro, quedas de 0,4% na comparação com o mês anterior e 3,8% na comparação com outubro do ano passado.

. De acordo com a CNC, a retração foi provocada principalmente pela recente alta nos preços dos alimentos, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

. Na comparação com setembro, houve queda em sete componentes do indicador: momento para a compra de bens duráveis (-3,9%), disposição para compra a prazo (-0,7%), perspectiva profissional (-0,4%) e renda atual (-0,2%). Três indicadores apresentaram melhora: emprego atual (1,1%), perspectiva de consumo (0,9%) e nível de consumo atual (0,3%).

Um comentário:

  1. mas consumir como?

    esta todo mundo endividado ate o pescoço...

    e ainda sao dividas da época em que o Barba mandou todo mundo comprar tresloucadamente...

    ele conseguiu salvar a sua popularidade...

    e os manés que compraram sem parar conseguiram ficar com a gaveta cheia de carnês de pagamento...

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.