PP quer coligação na proporcional com PSDB e SDD, mas PSDB prefere aliança com SDD e PSD

O PP do RS gostaria de ir coligado com PSDB e SDD para as proporcionais (deputados), mas o PSDB gostaria de ir coligado apenas com SDD e PSD.

. Nas últimas eleições, forçado pelo PP, o PSDB coligou na proporcional para deputado Federal e com isto perdeu uma cadeira, a do deputado Claudio Diaz, que agora, paradoxalmente, é do PP e disputa nova vaga. Ele é primeiro suplente de Marchezan Júnior, que jamais concedeu-lhe um só dia de mandato.

Hoje, quinta, ao meio dia, almoço expresso a R$ 27,50.
Nos túneis da antiga Brahma, shopping TOTAL.
Não há nada igual em Porto Alegre. 
www.famigliafacin.com.br

8 comentários:

  1. O marchezan não tem que ceder dia nenhum mesmo, pois ele é o titular da cadeira.

    ResponderExcluir
  2. Diretor da Sabesp sugere distribuir água com canequinha:

    Do Estadão

    Água: Sabesp não pode fazer mais nada, diz diretor......

    Fabio Leite | Agência Estado

    O diretor metropolitano da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Paulo Massato, negou nesta quarta-feira, 28, que haja racionamento de água na Grande São Paulo e disse que se a crise de estiagem do Sistema Cantareira se agravar vai "distribuir água com canequinha" aos moradores atendidos pela concessionária.

    "Nós já economizamos a retirada do Cantareira em 9 mil litros por segundo. Para obter o mesmo resultado seria necessário implantar rodízio de um dia e meio com água e cinco dias sem água. Se houver alguma crise maior, nós vamos distribuir água com canequinha. Porque não é possível ter alguma coisa mais drástica do que nós já estamos praticando", disse Massato.

    Ele participou nesta quarta-feira de uma audiência pública na Câmara Municipal de São Paulo convocada pela Comissão de Política Urbana, já que a Sabesp tem há quase quatro anos contrato com a Prefeitura de São Paulo para operar o serviço de água e esgoto na capital. Segundo Massato, a crise é decorrência de um fenômeno global que atingiu outros países, como Austrália, Chile e Estados Unidos - além da região Sudeste do Brasil.

    "Caso esse fenômeno continue, não tenho dúvida de que a crise será muito mais séria. Não tenho dúvida de que nós não teremos produção agrícola e energia elétrica no próximo ano", disse Massato. "Eu diria que se acontecer esse cenário nós não teremos nem energia para tratar e elevar essa água. A energia vai acabar antes da água, se esse cenário persistir", completou.

    Os vereadores haviam convidado a presidente da Sabesp, Dilma Pena, para explicar a redução da pressão da água na rede de distribuição da empresa no período noturno. A prática foi revelada pelo Estado em abril a partir de um documento da Prefeitura de São Paulo que classificou a medida como "racionamento noturno". Massato, que representou Dilma na audiência, negou. "Rodízio é quando não tem água na tubulação", disse.

    Para o vereador José Police Neto (PSD), a Sabesp deveria dar mais transparência de suas ações à população, já que medidas como a redução de pressão e a reversão de água dos sistemas Guarapiranga e Alto Tietê para bairros da capital antes atendidos pelo Cantareira tem causado corte no fornecimento de água.

    "A questão não é o quanto tem se debatido, o quanto tem se estudado e o quanto não se quer restringir o consumo por medida de força. Mas a informação. É princípio básico prestar informação ao cidadão. No caso aqui, não é nem princípio, é cláusula contratual que pode ter sido violada. Aí, erra a Sabesp ao não informar e erra o município ao não fiscalizar o que é essencial", disse Police Neto.

    PS: Na melhor das hipóteses a oposição em rede nacional, unida e cantando o hino nacional, pediria o impeachement da Presidenta e a prisão de todos os responsáveis por este descalabro, se um office boy do governo federal desse esse pronunciamento.

    ResponderExcluir
  3. O marchezan não tem que ceder dia nenhum mesmo, pois ele é o titular da cadeira 29 de maio de 2014 09:44. Quem tem q ceder e o PP quantos deputados eles tem tambem vão apoiar a Dirma pede um ministerio para ela ai um deputado asssume, ai o Lindão do DIAZ asume ...

    ResponderExcluir
  4. O marchezan não tem que ceder dia nenhum mesmo, pois ele é o titular da cadeira 29 de maio de 2014 09:44. Quem tem q ceder e o PP quantos deputados eles tem tambem vão apoiar a Dirma pede um ministerio para ela ai um deputado asssume, ai o Lindão do DIAZ asume ...

    ResponderExcluir
  5. Mas o petralha das 12:25 em nenhum momento ficou preocupado com a afirmação de a continuar o regime atual de chuvas, vai faltar energia antes de faltar água, né mesmo?
    Onde anda a transparência do governo federal na questão da energia?
    Só petralhas para contestar tudo dos outros, mas eles podem mentir a vontade?

    ResponderExcluir
  6. O Diaz foi eleito pelo PSDB e mudou a casaca para o PP, caso o Marchezan tenha que deixar a cadeira ele poderá ter o pedido de cassação feito na hora pelo PSDB.
    Ou não?

    ResponderExcluir
  7. E porque o Marchezan Jr deveria dispor de algum dia, de mandato, para o tal Diaz? Porque vc nao fez campanha pro tal Diaz, em 2010, editor? Se vc fizesse campanha pro tal Diaz, com certeza, ele seria DECIMO suplente. E ai, neste atuais dias, vc nao precisaria fazer o papel de papagaio do capitao, em nome do tal Diaz.

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente o PP em nível nacional é isso aí que nós vemos, como o PMDB também...
    POr isso, INFELIZMENTE, não votarei em ninguém do PP ou PMDB nestas eleições... não vou dar voto pra BASE ALIADA DA DILMA.
    NOtem que mesmo se os deputados do PP ou PMDB forem contra a Dilma na prática, nossos votos no PP ou PMDB depois são "apropriados" pela direçaõ nacional do partido, que ganha mais verba do fundo partidário (e deixa de lado nosso parlamentares) têm mais espaço nas comissões do concgresso (mas nem sempre nomeia os parlamentares daqui) e têm mais tempo de TV QUE DÃO PRA DILMA FALAR BOBAGEM NO HORÁRIO ELEITORAL.
    Me desculpem, mas não voto em ninguém pra deputado federal do PMDB e do PP. Pena, GRANDES NOMES.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.