Petrobrás some com atas de reuniões de 2006, o ano da decisão sobre Pasadena

Pode até ser mero acaso, mas a Petrobrás só oferece as atas das reuniões de diretoria e conselho de administração de 2007 para cá..

. Foi o que constatou esta tarde o editor, pesquisando os sites da estatal.

. A  reunião que decidiu a compra da refinaria Pasadena ocorreu em 2006.

- O que deu o grande passo para levar a Petrobrás à lona está escrito, -ipsis litteris- na a Ata 1.268, de 3 de fevereiro de 2006 da estatal quase falida. No item cinco do documento mostra a posição UNÂNIME do Conselho da Petrobrás, à época chefiado por Dilma Rousseff, consta que a refinaria de Pasadena era tida como obsoleta. Mesmo assim, a Petrobrás acabou desembolsando US$ 1,2 bilhão na compra - o polêmico negócio acabou revelado no ano seguinte pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. 

CLIQUE AQUI para examinar.

10 comentários:

  1. ESTA é a MÁFIA PTISTA!

    ResponderExcluir
  2. Foi preso, na manhã desta quinta-feira, Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras; ele vinha sendo investigado no âmbito da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal; segundo a PF, ele vinha tentando destruir provas; Costa, indicado pelo PP (partido da Ana Amélia)para o cargo, também está envolvido na compra da refinaria de Pasadena, no Texas; na residência de Costa, que recebeu carro de presente de um doleiro, foram encontrados R$ 700 mil e mais US$ 200 mil em espécie

    ResponderExcluir
  3. jaco do morro belo20 de março de 2014 14:17

    E pelo a jeito a turma petista se mantém mais 4 anos no comando do Brasil.
    Com oposição dormindo em berço esplêndido, o FHC cada vez que o LULLA se enrola sai em sua defesa, o Collor que foi defenestrado pelo LULLA hoje é seu grande aliado, o PMDB se vendendo por meia dúzia de cargos, o Sarney conselheiro do LULLA e Dilma, o que podemos esperar.

    ResponderExcluir
  4. Pagar 1,2 bilhão de dólares, com dinheiro do povo, por um negócio que estava à venda por 36 milhões de dólares? Só pode ser uma de duas coisas: são completamente incompetentes ou completamente safados. Pensando melhor, pode ser as duas junto.
    P.S. Aconteceu durante o governo de Lula, mas ele não sabia.

    ResponderExcluir
  5. O PT de LULA e DILMA já começou a esconder e deletar as provas das atas de reuniões!

    Ai está a prova de como eles agem, porque ATA tem que permanecer no livro original ad eternun, para ser verificada quando necessário.

    ResponderExcluir
  6. Isso é mais um escândalo deste governo PeTralha, que em qualquer país civilizado, levaria toda essa quadrilha para a cadeia, e derrubaria o presidente! Já na época, se sabia a respeito, e o congresso se calou, como está se calando com o programa mais escravos médicos cubanos, que na verdade, como no caso da refinaria, foi criado para desvio de dinheiro para o PT e ditadura cubana.

    ResponderExcluir
  7. Esses ladrões governistas, somem com as provas dessa roubalheira feitas por eles próprios, e depois ainda criticam os militares quando eles) os PaTifes) não encontram livros, anotações que lhes interessa, do tempo de excessão no Brasil, onde eles levaram cuturnaços nas canelas, pois se intitulavam os perseguidos, e santinhos. Eram comunistas, guerrilheiros, terroristas, assaltantes, sequestradores e queriam imnplantar o comunismo, como estão fazendo hoje.

    ResponderExcluir
  8. Sugestão: solicite à CVM ou Bovespa.

    ResponderExcluir
  9. Como dizia o Nelson Rodrigues:Toda unanimidade é burra.

    ResponderExcluir
  10. Pasadena
    MARIEL CUBA
    AFRICA DIVIDAS PERDOADAS
    MÉDICOS CUBANOS HAHAHA MÉDICOCÚUS
    O PT QUIMANDO OS DOLARES
    DOS TROUXAS DOS BRASILEIROS
    PT LADRÃO DO DINHEIRO PÚBLICO
    ERENTONA DE 1,99 ESTA É A GRANDE PIADA

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.