ENTREVISTA - Bancos estão muito seletivos nos créditos para caminhões

Luiz Carlos Paraguassu, vice-presidente Fenabrave do RS

Está difícil aprovar créditos para financiar o comprador de caminhões ?
O processo de seleção está muito restritivo. O problema maior é nos bancos privados.

E nos bancos públicos?
Há menos restrição, mas mais demora.

O que houve?
Com a queda dos juros, os bancos tiveram seus spreads reduzidos. Eles alegam que precisam ajustar dentro do cálculo o índice da inadimplência, que não mudou. Isto restringe a concessão do crédito.

Os juros melhoraram?
Sim, claro.

E o IPI reduzido para zero por cento no caso dos caminhões?
O IPI não é alto, 5%, mas este zero ajuda muito no mix do preço, porque o caminhão tem preço mais elevado. O benefício terminará no dia 31. Esperamos renovar.

As medidas tomadas pelo governo para beneficiar setores industriais e acelerar a economia não parecem ter dado muito resultado.
Bom, a economia, este ano, crescerá 1% ou menos. Sem as medidas, talvez fosse pior, mas precisamos de regras estáveis e duradouras. Isto é o principal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.